Publicidade

Publicidade

Arquivo de abril, 2010

29/04/2010 - 16:46

A história da stripper Gypsy em mega-produção da dupla Möeller & Botelho (RJ)

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Adriana Garambone é a stripper Gypsy Rose Lee em GYPSY

Um musical assinado pela dupla Möeller & Botelho, os Reis do Musical (título da biografia escrita por Tânia Brandão para a Coleção Aplauso), gera grandes expectativas aos fãs do gênero, vez que sua trajetória é, até aqui, exemplar. E nesta sexta-feira (30), no Teatro Villa-Lobos, será a vez de Gypsy, patrocinado pelo Bradesco Seguros e Previdência, ganhar a cena.

O texto de Arthur Laurents conta a trajetória de Louise (Adriana Garambone que surpreendeu como Roxie em Chicago) desde sua infância até tornar-se a stripper Gypsy Rose Lee.

Mamma Rose (Totia Meirelles) é a típica mãe que deseja fazer das filhas estrelas do show business. Viaja com as filhas para apresentações aos shows de variedades em busca do sucesso. O problema é que o gênero está em franca decadência. Nas suas andanças, Mamma conhece Herbie (Eduardo Galvão) que, além de seu amante, torna-se uma espécie de empresário que, também, não consegue emplacar a dupla. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
29/04/2010 - 10:48

Zé Celso e Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona esquentam os motores para o Festival Dionisíacas em Viagem

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

TANIKO abre o FESTIVAL DIONISÍACAS EM VIAGEM

Com espetáculos e oficinas, o grupo Oficina Uzyna Uzona, liderado por José Celso Martinez Corrêa, o Zé Celso, esquenta os motores a partir de hoje com apresentações – apenas duas semanas – das peças que compõe o repertório do Festival Dionisíacas em Viagem que percorrerá oito estados brasileiros, sendo a primeira delas Taniko, um clássico do nô japonês, com abela interferência “bossa-nova”, dada por Zé Celso.

Será a primeira turnê, em mais de 50 anos de Oficina, em viagem com quatro espetáculos de seu recente repertório – Taniko, Bacantes, Cacilda!! – Estrela Brazyleira à Vagar e O Banquete de Platão – em que o Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona e oficinas de troca. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , ,
28/04/2010 - 17:29

Ghetto luta pelo respeito às diferenças

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

GHETTO Foto João Caldas

Infelizmente é preciso recordar crimes hediondos praticados pela intolerância às diferenças, caso do Holocausto que dizimou e humilhou milhões de judeus, para que não os esqueçamos. O que nos conforta é que, mesmo face a esse terror, brotaram obras de arte como Yossel Rakover Dirige-se a Deus, de Zvi Kolitz, base ao roteiro do monólogo Ghetto, escrito e dirigido por Elias Andreato, cuja estreia é hoje, 21h, no Teatro Eva Herz, dentro da Livraria Cultura.

Fábio Herford dá vida a Yossel Rakover, um judeu-polonês, que momentos antes da destruição completa do Gueto de Varsóvia dedica-se a escrever sua história dirigindo-se, ora revoltado, ora resignado, a Deus, como um Jó que mesmo diante de tanto horror não perde a fé.

Embora quando do seu lançamento no Ídiche Zeitung, em 1946, um periódico judaico de Buenos Aires, Yossel Rakover Dirige-se a Deus foi confundido como um relato autobiográfico tão intenso e pungente é. Depois do mal entendido, a escritura transformou-se em livro, que certo dia chegou às mãos do ator judeu Fábio Herford.

“Foi o próprio Elias Andreato, diretor desse espetáculo, quem me apresentou a obra”, revela o ator. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , ,
27/04/2010 - 01:06

Edital de setores de estudo

Compartilhe: Twitter

Repasso um email que recebi. quem quiser o anexo envie um email pra aplausobrasil@aplausobrasil.com

Gente,

Peço a ajuda de todos vocês, inclusive aqueles que tem acesso ao site do Idança, para divulgar o edital e os setores de estudo, em anexo, do concurso para professor de dança na Universidade Federal do Ceará.

Por favor, gostaria mesmo do empenho de todos.
Trata-se da qualidade do curso que teremos em dança na UFC.

Passem a todos que conhecem, a todas as listas, etc…

Obrigada
Abraço
Rosa Primo

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags:
26/04/2010 - 17:50

Peça escrita por Antunes Filho arrebata multidões

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

LAMARTINE BABO homenageia compositor de marchinas

Que ele é um dos diretores teatrais do Brasil que serve de referência ao que de melhor se passa nos palcos brasileiros não há dúvida, Antunes Filho, agora, causa filas em sua primeira incursão pela dramaturgia. Trata-se do musical Lamartine Babo, homenagem singela ao compositor das eternas marchinhas de carnaval como Linda Morena, O Teu Cabelo Não Nega, entre outras, dirigida por Emerson Danese, em cartaz apenas às quintas-feiras, 19 e 21h, no sétimo andar do SESC Consolação.

ABAIXO SEGUE CRÍTICA PUBLICADA EM FEVEREIRO DE 2010 Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags: , , , , , ,
26/04/2010 - 15:56

Clarice, Ainda uma Pergunta

Compartilhe: Twitter

Luis Fabiano Teixeira, especial para Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Homenagem de Luis Fabiano Teixeira a Clarice Lispector

Homenagem de Luis Fabiano Teixeira a Clarice Lispector

Ao longo da vida, a escritora Clarice Lispector colecionou diversos adjetivos, a maioria enfatizando um lado mítico seu que, aparentemente, a incomodava: “Sou uma mulher simples. Não tenho sofisticação. Parece que me mitificaram” – costumava reivindicar, mas sem revolta. Depois da sua morte, em dezembro de 1977, no auge da popularidade, muitos se lançaram, às escuras, na tentativa de desvendar os seus mistérios e iluminar episódios da sua vida particular, mas poucos foram tão bem-sucedidos quanto o norte-americano Benjamin Moser, o autor da gigante Clarice,, biografia publicada nos Estados Unidos, no ano passado, e que chegou ao Brasil cheia de expectativa.

Desde o seu lançamento, Moser tem sido bastante incensado pela imprensa brasileira: jovem (32 anos), estrangeiro, “apaixonado” por Clarice e falando um bom português, logo chamou atenção. E todos estavam certos em reconhecer o seu talento. Ele investiu cinco anos de sua vida no projeto e correu mundo em busca de informações que refizessem a trajetória de Clarice e ainda revelassem alguns fatos, até então, obscuros. Com uma rica personagem nas mãos, um texto envolvente e uma ótima tradução de José Geraldo Couto, chegar à lista dos mais vendidos por aqui não foi tão difícil. Existe até uma torcida animada para consagrá-lo “o livro do ano”, mas é aconselhável também não exagerar. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , ,
23/04/2010 - 18:02

Riso na certa com Midnight Clowns

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Doutores da Alegria em MIDNIGHT CLOWNS

A profissão dos Doutores da Alegria, criado por Wellington Nogueira, não poderia ser mais dignificante aos profissionais que a executam: levar a alegria a quem está bem distante dela, as crianças que ocupam os leitos de hospital. E hoje e amanhã eles aplicam uma dose cavalar de humor com o Midnight Clowns, à meia-noite, no Teatro da União Cultural.

Wellington Nogueira é o apresentador das esquetes cômicas que são avaliadas pelo público e pela rigorosa, e mau-humorada, crítica Elizabeth De Quenn (clown da atriz Beth Dorgan.

Seguindo um formato que satiriza os programas de auditório, o Midnight Clows tem duas patéticas e atrapalhadas ajudantes de palco, as Midnight Girls, interpretadas, com louvor, pelas atrizes Soraya Saide e Thaïs Ferrara, além da Bandinha Midnight Clowns, com seus instrumentos pouco convencionais. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , ,
22/04/2010 - 21:49

V Festival Palco Giratório é destaque no Rio Grande do Sul

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

AQUELES DOIS com a Cia.Luna Lunera

Já está no calendário cultural da capital gaúcha: Maio é o mês dedicado para as artes cênicas. Entre os dias 1º e 31, acontece o V Festival Palco Giratório Sesc/POA. Ao todo, 38 espetáculos de 35 grupos de 11 estados brasileiros, assim como alguns estrangeiros, sobem aos palcos gaúchos em uma promoção do Arte Sesc – Cultura por toda parte. Além disso, a agenda conta com lançamentos de livros, atividades formativas como oficinas que marcam ainda mais a diversidade cultural que o evento apresenta nesses cinco de anos de realização na região sul do país.

“Chegamos à quinta edição do nosso Festival. Esse fato representa uma longa caminhada em busca de produções locais e nacionais de todos os cantos do Brasil, com o objetivo de disponibilizar para os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e para a comunidade em geral acesso aos bens culturais”, enfatiza Everton Dalla Vecchia, diretor regional do Sesc/RS.

No país, ao longo de 2010, acontecerão 11 Festivais, sendo que todos os estados brasileiros recebem apresentações do Circuito Palco Giratório. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , ,
22/04/2010 - 06:06

Cartas de um profundo olhar

Compartilhe: Twitter

Ruy Jobim Neto, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

“Procure o fundo das coisas: ali a ironia nunca chega”,

Poesia de Rilke no Viga Espaço Cênico

disse em determinado momento o escritor austro-húngaro Rainer Maria Rilke, em uma de suas cartas ao jovem poeta Franz Kappus, com o conhecimento consciente e doloroso das dúvidas do novato, com quem se correspondia, uma vez que Rilke, nascido em Praga, é considerado pela crítica e pelos fãs como o maior poeta a escrever em língua alemã.

O trecho pertence a Cartas a um Jovem Poeta, um exemplar raro e belo de um teatro epistolar, cujo processo começou em janeiro de 2008, e cuja montagem  chega ao Espaço Viga depois de uma temporada no SESC Avenida Paulista, antes da reforma do prédio.

A montagem é um trunfo triplo: da direção sensível de Claudio Cabral, da produção detalhista de Domingas Person e da arte maior do ator e co-diretor Ivo Müller, que interpreta Rilke no palco. Simplesmente brilhante.

A sensibilidade do público é colocada à flor da pele. Como arte teatral, as cartas formam um mosaico de discussões, pensamentos, lembranças e dores lancinantes da alma que Rilke nos deságua de forma magistral. As cartas foram publicadas pelo próprio correspondente, Franz Kappus, três anos após a morte de Rilke, mas o espetáculo não fica apenas nessa coleção de missivas ao novato. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , ,
21/04/2010 - 23:40

Um musical para celebrar as diferenças

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Elenco principal do musical HAIRSPRAY, dirigido por Miguel FallabelaHá muitos anos li uma entrevista de Miguel Falabella para a extinta revista Interview em que ele assumia gostar do universo que circunda “as gordas americanas”. Talvez esse seja um dos motivos pelo qual ele traduziu, adaptou e dirigiu Hairspray, o delicioso musical que agora se encontra em cartaz em São Paulo.

A matriz de Hairspray está no filme que o cultuado cineasta John Waters dirigiu em 1988 com a célebre travesti Divine. A história gira em torno de Tracy Turnblad, uma jovem baixinha e gordinha que sonha em ser a Miss Hairspray. A ação do espetáculo tem como pano de fundo a segregação racial norte-americana da época, no caso, o começo dos anos 60.

Falabella mais uma vez foi feliz na transposição deste universo para os palcos, fez uma bela tradução das letras de Scott Wittman e Marc Shaiman, que junto com Marc O’Donnell e Thomas Meehan levaram a história de Warters para o palco. E Falabella soube escolher uma equipe excelente para cercá-lo na montagem. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo