Publicidade

Publicidade
06/04/2010 - 17:19

Prêmio Shell de Teatro do Rio de Janeiro entrega suas conchas sob chuva

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Eva Todor recebe a HOMENAGEM ESPECIAL

A chuva torrencial que escaldou a cidade do Rio de Janeiro na noite de segunda-feira (5) não impediu aos artistas cariocas de comparecerem ao Jockey Club para a entrega do Prêmio Shell de Teatro, simbolizado por uma estátua em formato de concha criada pelo artista plástico Domenico Calabroni.

Como não poderia deixar de ser, Enrique Diaz e Fernando Eiras, respectivamente Melhor Diretor e Melhor Ator, consagraram o espetáculo In On It, em cartaz, até o dia 11, no Teatro Faap.

IN ON IT

Já Beth Goulart faturou o prêmio de Melhor Atriz pela pulsante interpretação em Simplesmente Eu, Clarice Lispector que chega ao Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo sexta-feira (9), 19h30.

No Festival de Curitiba cruzei com a atriz Stella Miranda que prometeu que o musical protagonizado por ela,  Miranda Por Miranda, cujos arranjos e direção musical de Tim Rescalla levou a estatueta por Música, estreará em breve em São Paulo.

O pungente e atual musical O Despertar da Primavera, da dupla Charles Möeller e Cláudio Botelho, ganhou o prêmio de Melhor Iluminação para Paulo César Medeiros e cumpre temporada no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo.

De praxe em todas as edições do prêmio, um artista recebe a Homenagem Especial, por sua contribuição ao teatro brasileiro. Esse foi o ano da atriz Eva Todor.

A tarefa de escolher os vencedores entre tantos outros grandes nomes coube à Fabiana Valor (atriz e bailarina), Jorginho de Carvalho (iluminador), João Madeira (diretor do grupo AfroReggae), Sérgio Fonta (dramaturgo, diretor e ator) e Tania Brandão(pesquisadora e professora de História do Teatro Brasileiro).

Confira a lista completa dos vencedores do 22º Prêmio Shell de Teatro do Rio de Janeiro:

Música:

w        Tim Rescala pela direção musical e arranjos de “Miranda por Miranda”

Figurino:

w        Rodrigo Cohen por “Farsa da boa preguiça”

Iluminação:

w        Paulo César Medeiros por “O despertar da primavera”

Cenário:

w        Alberto Renault por “Dois irmãos”

Ator:

w        Fernando Eiras por “In on It”

Atriz:

w        Beth Goulart por “Simplesmente eu, Clarice Lispector”

Direção:

w        Enrique Diaz por “In on It”

Autor:

w        Gustavo Gasparani e Eduardo Rieche por “Oui oui… A França é aqui”

Categoria especial:

w        Claudio Botelho pela versão das músicas de “Avenida Q”

Homenagem:

w        Eva Todor por sua iluminada trajetória no cenário artístico brasileiro.

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo