Publicidade

Publicidade
04/05/2010 - 15:17

Ocidente ou oriente: Eis a questão

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Pedofilia é um dos temas de POR QUE A CRIANÇA COZINHA NA POLENTA

Neste artigo, cujo objetivo é promover um diálogo com o leitor, a partir de algum tema provocativo oriundo das reflexões sobre algum espetáculo, convido você, leitor, a refletir comigo sobre a questão premente em dois espetáculos em cartaz, Por Que a Criança Cozinha na Polenta, dirigido por Nelson Baskerville, e O Rei e Eu, musical assinado por Jorge Takla: quais os méritos e deméritos das civilizações oriental e ocidental, de acordo com o enredo destes espetáculos?

O livro autobiográfico da romena Aglaja Veteranyi, Por Que a Criança Cozinha na Polenta, serve de base ao espetáculo homônimo, apresentado apenas às terças-feiras no Espaço dos Parlapatões, fala sobre uma família circense exilada no Ocidente, em busca de uma realidade diferente da miserável que assola o país de origem, em que impera o duro regime “stalinista” do ditador Ceaucescu.

Anna e o Rei

Aqui sentimos um certo sarcasmo em relação à democracia ocidental. Não que o regime totalitário da Romênia no período seja melhor que a democracia ocidental, mas porque as diferenças entre as classes sociais sejam parceiras em regimes diversos, países diversos, hemisférios diversos. Infelizmente a miséria, mãe da degradação, assim como a fome, extrapola os limites geográficos, os regimes políticos etc.

São muitos os problemas que assolam essa família circense – incesto, pedofilia, exílio, entre outros temas – mas seriam solucionados no ocidente? A resposta de Por Que a Criança Cozinha na Polenta parece ser claramente negativa, a sonhada democracia ocidental esperada por essa família de saltimbancos não a livra dos males que a assolam.

Já em O Rei e Eu, musical belíssimo assinado pelo diretor e produtor Jorge Takla, coloca questões de oposição entre as culturas ocidentais, representada na peça pela figura de Anna, professora inglesa responsável pela ocidentalização de costumes considerados “bárbaros” no oriental Sião (hoje, Tailândia).

A montagem de Takla evidencia o respeito ao cultivo da cultura oriental, sobretudo quando utiliza o recurso metateatral da representação de A Cabana do Pai Tomáscom a teatralidade vigorosa do oriente, mas propõe alianças para a modificação de determinados pontos da cultura tradicional, como abolir a escravidão e o servilismo.

Acredito que nenhuma tradição deva ser extinta, mas como propõe o rabino Nilton Bonder em seu livro A Alma Imoral, às vezes é preciso “trair a tradição”, transgredi-la, para dar continuidade à mesma sob a luz de um novo presente.

Dito isto, convido você a interagir, dialogando sobre o assunto.

Por Que a Criança Cozinha na Polenta
Terças-Feiras às 21h
Até dia 25
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (aposentados, estudantes, classe artística e professores da rede estadual)

Espaço dos Parlapatões

Praça Franklin Roosevelt, nº 158

Centro – São Paulo

Tel.: 11 3258 4449

Não recomendada p/ menores de 16 anos

O Rei e Eu

Local: Teatro Alfa

Endereço: Rua Bento Branco de Andrade Filho, nº 722, Santo Amaro

Temporada: Até maio

Dias e Horários: quinta, 21h | sextas, 21h30 | sábados, 17h e 21h | domingos, 16h e 20h.

Duração: 2h30 com 15 minutos de intervalo.

Capacidade: 1100 lugares. Classificação: livre.

Estacionamento: O teatro não possui estacionamento próprio

Assentos: O teatro conta com 16 assentos para deficientes físicos e 11 para pessoas obesas.

Site Oficial: www.oreieeu.com.br

Ingressos: Bilheteria do Teatro: 11 5693-4000 e 0300 789-3377 ou www.ingressorapido.com.br.

Preço único das sessões de quintas-feiras: R$ 60

Preços – Sexta-feira: SETOR VIP: R$170,00 | SETOR I: R$150 | SETOR II: R$ 80 | SETOR III: R$60

Preços – Sábado, 17h e 21h; Domingo, 16h: SETOR VIP: R$ 185 | SETOR I: R$ 175 | SETOR II: R$ 100 | SETOR III: R$ 70.

Preços – Domingo, 20h: SETOR VIP: R$150 | SETOR I: R$ 130 | SETOR II: R$ 70 | SETOR III: R$ 40
Venda a grupos:

Pelo telefone: 11 3437-5308 ou e-mail: grupos@takla.com.br

As vendas para grupos serão efetuadas somente para as sessões às sextas, sábados e domingos, a partir de 4 de março.

LEIA TAMBÉM:

O Rei e Eu, de Takla, transborda maturidade cênica

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Ver todas as notas

2 comentários para “Ocidente ou oriente: Eis a questão”

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo