Publicidade

Publicidade
11/05/2010 - 20:41

Prêmio FEMSA de Teatro Infantil e Jovem elege os melhores de 2009

Compartilhe: Twitter

Redação (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Nydia Lícia foi a Homenageada Especial

Em sua 17ª edição, o Prêmio FEMSA de Teatro Infantil e Jovem (que, em seus primórdios, chamava-se Prêmio Coca-Cola) reuniu mais de 300 profissionais de teatro para a  cerimônia de entrega que teve como homenageada a atriz e diretora Nydia Lícia, que, nesta quinta-feira (13), lança biografia da atriz Célia Helena.

O elenco da peça O Colecionador de Crepúsculos subiu ao palco recebeu o troféu de melhor espetáculo jovem. Já a montagem Odisséia de Arlequino foi agraciada como melhor espetáculo infantil.

Confira a lista completa dos ganhadores:

AUTOR DE TEXTO ORIGINAL
– Ilo Krugli – O Mistério do Fundo do Pote

AUTOR DE TEXTO ADAPTADO
– Amauri Falseti – Com o Rei na Barriga

DIREÇÃO
– Kleber Montanheiro – A Odisséia de Arlequino

CENOGRAFIA
– Marcia Abujamra e Marco Lima – A Bruxinha Atrapalhada

FIGURINO
– J.C.Serroni e Telumi Hellen – O Colecionador de Crepúsculos

ILUMINAÇÃO
– Davi de Brito e Vânia Jaconis – O Colecionador de Crepúsculos

MÚSICA  ORIGINALMENTE COMPOSTA
– André Abujamra – A Bruxinha Atrapalhada

TRILHA SONORA
– Marcelo Gianini – Esperando Gordô

ATOR
– Rodrigo Mercadante – O Mistério do Fundo do Pote

ATOR COADJUVANTE
– Giovani Tozi – O Colecionador de Crepúsculos

ATRIZ

– Veridiana Toledo – A Odisséia de Arlequino

ATRIZ COADJUVANTE
– Greta Antoine – A Odisséia de Arlequino

REVELAÇÃO
– Ivan Ribeiro – autor – A Incrível Batalha do Tesouro de Laduê

CATEGORIA ESPECIAL
– Beto Lima, Dino Soto e Sidnei Caria – pela criação dos bonecos –Filhotes da Amazônia

PRODUÇÃO
– Solução Arte Produções Artísticas e Culturais – A Tragédia de Romeu e Julieta

ESPETÁCULO INFANTIL
– A Odisséia de Arlequino

ESPETÁCULO JOVEM
O Colecionador de Crepúsculos

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , ,

Ver todas as notas

1 comentário para “Prêmio FEMSA de Teatro Infantil e Jovem elege os melhores de 2009”

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo