Publicidade

Publicidade
08/07/2010 - 16:11

Mulheres Alteradas vira espetáculo teatral

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Peça é inspirada em quadrinhos de Maitena

Quando surgiu, a autora de quadrinhos Maitena transformou-se em um fenômeno com as suas tiras Mulheres Alteradas. Agora, o universo da autora argentina serviu como base para um espetáculo teatral. As atrizes Luiza Tomé, Mel Lisboa e Daniele Valente estreiam, dia 16 de julho, no Teatro Procópio Ferreira, a comédia Mulheres Alteradas a partir dos quadrinhos de Maitena. Como convidado especial, o ator André Bankoff completa o elenco, fazendo parte dessa leitura do universo feminino, composta por três amigas.

Elas representam as figuras femininas que, em geral, não são nomeadas pela quadrinista. Essas personagens adoram falar sobre corpo, moda, homens, amores, família, filhos, trabalho.

Porém, na adaptação brasileira, elas receberam nomes e personalidades. Lisa (Mel Lisboa) é separada do marido, mãe de um único filho, e está em crise por causa de um nódulo que apareceu em um dos seios. Alice (Daniele Valente) é uma mulher rica, solteira, um tanto “avoada”, mas não desiste de encontrar o seu grande amor. Por último, Norma (Luiza Tomé), uma executiva pragmática, casada, com dois filhos que se depara com uma terceira gravidez.

A personagem Norma também marca a volta de Luiza Tomé ao teatro após um hiato de 12 anos.

Já André Bankoff funciona como uma espécie de “coringa”. Interpreta vários personagens masculinos sem nomes definidos.

No palco, além dos atores, a peça Mulheres Alteradas conta com a “Banda Alteradas”: um trio feminino, formado por musicistas que executam canções instrumentais, ao vivo, compostas especialmente para a montagem.

Outro destaque da encenação é a coreografia. Foi criada por Henrique Rodovalho, um dos coreógrafos mais premiados do Brasil, fundador da Quasar Cia. de Dança.

Já a direção musical leva o nome da  pianista Elaine Giacomelli

O texto do espetáculo foi criado por Andrea Maltarolli, novelista da TV Globo – que faleceu no ano passado, após o sucesso de sua novela Beleza Pura. Em Mulheres Alteradas ela teve a colaboração de Bernardo Jablonski, autor de peças como Advocacia segundo os Irmãos Marx.

Quem dirige o espetáculo é Eduardo Figueiredo, responsável por montagens como A Soma de Nós e Só os Doentes do Coração Deveriam ser Atores.

O Brasil é o primeiro país a exibir uma adaptação da obra de

Mulheres Alteradas para o teatro, visto que os direitos para a encenação foram cedidos à produtora Manhas & Manias de evento, que tem como produtor e sócio, o ator Maurício Machado. Maitena negou os direitos à adaptação teatral de seus quadrinhos pedidos em outros países como Argentina, Espanha e o México.

O próximo projeto da Manhas & Manias é a encenação de Solidão, A Comédia, de Vicente Pereira, com Mauricio Machado representando o monólogo.

MULHERES ALTERADAS

Teatro Procópio Ferreira (670 lugares)

Rua Augusta, 2.823 – Cerqueira César

Informações: 3083-4475

Vendas: www.ingressorapido.com.br e tel.: 4003-1212.

Reservas e grupos: (11) 3885-5056 begin_of_the_skype_highlighting              (11) 3885-5056      end_of_the_skype_highlighting

Bilheteria: de terça à quinta, das 14h às 19h; de sexta a domingo, das 14h até o início do espetáculo. Acesso a deficientes físicos, ar condicionado e entrega de ingressos a domicílio.

Estacionamento conveniado na Rua Augusta, 2.673 – R$ 10,00 (período de 4 horas. Retirada de selo do estacionamento na bilheteria).

Sexta e sábado, às 21h30. Domingo, às 19h

Sexta, R$ 50 – Sábado, R$ 70 – Domingo, R$ 60

Duração: 80 minutos

Classificação: 12 anos

Gênero: Comédia

De 16 de julho a 03 de outubro

Ficha Técnica:

Título Original: “Mujeres Alteradas”

Autora: Maitena

Dramaturgia: Andrea Maltarolli

Colaboração: Bernardo Jablosnki

Direção: Eduardo Figueiredo

Assistência de Direção: Maíra Knox

Elenco: Luiza Tomé, Mel Lisboa, Daniele Valente e André Bankoff

Participação especial: Banda Alteradas (ao vivo), com Elaine Giacomelli

Anne Stercussa e Clara Bass.

Direção Musical: Elaine Giacomelli e Eduardo Contrera

Direção de Arte e Figurinos: Maíra Knox

Coreografias: Henrique Rodovalho–quasar Cia. de dança

Preparação do Elenco: Daniela Biancardi

Criação de Luz: Guilherme Bonfanti

Cenário e Figurinos: Maíra Knox

Fotografia: Lenise Pinheiro

Programação Visual: HXR Concepto Visual

Estágio de Direção: Eric Mourão

Produção Executiva e Administração: Renata Silva, João Roncatto e Francine Storino

Secretária: Isabel Perez

Leis de Incentivo: Carlos Ferraz

Direção de Produção: Maurício Machado

Realização e produção: Manhas & Manias de Eventos

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo