Publicidade

Publicidade

Arquivo de julho 16th, 2010

16/07/2010 - 18:23

Abertura do FIT 2010 celebra a arte do palco

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes*, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Simone Mazzer em "Antes"

Mais de cinco mil pessoas estiveram ontem no auditório da represa municipal – que fica ao ar livre – para assistir Antes, da Armazém Cia. de Teatro, espetáculo produzido exclusivamente para a edição 2010 do FIT – Festival Internacional de São José do Rio Preto. Poético, sem negar a cruel realidade contemporânea, o espetáculo juntou uma multidão para celebrar a arte do palco.

Escrito por Maurício Arruda de Mendonça e Paulo Moraes (que também assina a direção),  Antes trata de um inusitado encontro entre pessoas em fuga das águas que caem em determinada cidade (claro que somos levados a associar o fato aos danos sofridos pelos cariocas – a trupe tem sede no Rio de Janeiro – com as torrenciais chuvas que os atacaram sem dó) e os fantasmas que habitam o velho teatro abandonado, cenário do encontro.

No enredo estão desde discussões sobre a relação entre o homem e a mulher, o uso desvirtuado das palavras (o monólogo em que Patricia Selonk fala que a publicidade estuprou as palavras e de como  o discurso dos políticos é a antítese do que realmente fazem é impagável), auto-avaliações sobre o fazer artístico, vida e morte, entre outros, utilizando recursos cênico-visuais surpreendentes como as diversas dimenções utilizadas para tratar de assuntos corriqueiros – em uma cena, por exemplo, os atores sobem pelas paredes alcançando o topo do cenário, como se fosse uma representação imagética de que a relação chegou a seu estopim;  noutra, Simone Mazzer canta lindamente etc.  

Assim, Antes se adequou plenamente ao conceito do festival,  A Conquista da Singularidade.

*Michel Fernandes viajou a convite do FIT – Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Matérias Tags: , ,
16/07/2010 - 13:40

Quando a tecnologia é a estrela da peça

Compartilhe: Twitter

Por Fernanda Teixeira do FIT 2010
 

Peça de cia. canadense explora experiência sensorial

Destaque do Festival Internacional de Teatro de Rio Preto, o espetáculo  Os Cegos – Fantasmagorias Tecnológicas, do canadense Denis Marleau, da Ube Cie Theatre, com aprentação no dia 22, às 17h, traz um fato inusitado: não tem atores em cena.

 Assim, utiliza efeitos tecnológicos, com projeções dos personagens no palco. O espectador permanece na escuridão, em uma experiência singular e pode experimentar os sentimentos vividos pelos personagens. A platéia, formada por 72 espectadores, fica acomodada numa caixa preta em cima do palco. Parceria do SESC-SP com secretaria de Cultura de Rio Preto, o evento faz 10 anos agora em 2010.

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , ,
Voltar ao topo