Publicidade

Publicidade

Arquivo de setembro, 2010

30/09/2010 - 19:14

Cleto Baccic, Kiara Sasso, Rachel Ripani e Saulo Vasconcelos estão confirmados em Mamma Mia!

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Versão brasileira de "Mamma Mia!" estreia dia 11 de novembro no Teatro Alfa

Divulgada para a imprensa a lista dos 32 atores/ cantores/ bailarinos que estarão no novo musical que o Teatro Abril apresenta a partir de 11 de novembro. Mamma Mia! É mais uma superprodução que segue os padrões de seu original que ocupa, atualmente, sete salas de espetáculos em diferentes lugares do mundo. A versão brasileira é assinada por Claudio Botelho, sem dúvida o melhor versionista dos últimos anos, e, no elenco, estão Cleto Baccic, Kiara Sasso, Rachel Ripani e Saulo Vasconcelos, atores que alcançaram destaque em seus ofícios. Cleto vem de temporada de Cats em que ele alcançou seu quinhão de destaque Harry Bright. Saulo e Kiara nos encantaram, como par romântico, na primeira montagem, do próprio Teatro Abril, de A Bela e a Fera e, recentemente, em A Noviça Rebelde. Rachel Ripani além de sua marcante Alma de Gota d’ Água, em montagem dirigida por Gabriel Vilella, pode ter seu talento cômico conferido na montagem da irregular Vamos?, de Mário Viana. No elenco de protagonistas estão Pati Amoroso,  Carlos Arruza, Andrezza Massei  e Thiago Machado, os dois últimos “grandes atores”, segundo a jornalista Juliana Benevides. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
29/09/2010 - 23:52

Monólogos, porém, imperdíveis

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Pagu: uma mulher bem à frente de seu tempo

O que mais me encantou foi Dos Escombros de Pagu, porque embora já tivesse ouvido falar em Patrícia Galvão – a musa do movimento modernista de 1922- não conhecia direito sua história. Sabia que tinha sido esposa de Oswald de Andrade e que seu filho (criado pelo pai) foi professor da USP por dez anos e cineasta premiado. Mas o que mais encanta na peça não é tanto o enredo (autoria de Tereza Freire) e sim a delicada e inesquecível interpretação de Renata Zhaneta (melhor atriz pela APCA 2007).

Sempre de branco (figurino excelente de Gilda Bandeira de Mello), ela desliza pelo palco, falando com tanta singeleza de si própria que às vezes parece uma personagem, uma visão. É claro que a direção do conhecido Roberto Lage contribui muito para esses acertos assim como a iluminação, como sempre, competente de Wagner Freire. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , ,
28/09/2010 - 14:35

Teatro paulistano perde Petrônio Nascimento

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Petronio Nascimento em "O ó da Viagem"

A cortina caiu definitivamente para Petrônio Nascimento na manhã desta segunda-feira (27). Ator, diretor, cenógrafo, professor, enfim, um homem de teatro ele soube dosar doçura com pragmatismo profissional, talentoso, sensível, generoso, ético, qualidades raras em nossos dias em que o simulacro e a espetacularização social mascaram o real.

Petrônio foi uma das pérolas que colhi como amigo ainda nos meus tempos de Teatro-escola Célia Helena, onde lecionou de 1993 a 1997. Além dos workshops com Rubens Corrêa e Hamilton Vaz Pereira, a participação no coral de professores regido por Roberto Anzai, dividimos a assistência de direção de alunos de interpretação em 1995.

Licenciado em Artes Cênicas pela Faculdade Santa Marcelina em 1979, de 1984 a 1986, integrou o corpo docente do Teatro Escola Macunaíma, dirigindo diversos textos de autores brasileiros como Martins Pena, França Júnior, Arthur Azevedo, dentre outros. Ainda com os alunos da escola, dirigiu o espetáculo Farrambamba, colagem de diversos autores, com temporada no Teatro de Arena Eugênio Kusnet e participação em diversos festivais, recebendo vários prêmios de melhor diretor, cenógrafo e de melhor espetáculo.

Dirigiu a peça Vamos Jogar o Jogo do Jogo, de Fernando Bezerra, que lhe valeu a indicação para o prêmio Mambembe de Melhor diretor de 1986, na categoria Teatro Infantil.

Para o III Festival de Mímica de São Paulo, promovido pelo SESC Pompéia em 1988, dirigiu o espetáculo de Comédia Dell’arte Os Amores de Isabella, texto coletivo, com o Grupo Le Maschere.

Assisti, no Teatro-escola Célia Helena os espetáculos A Inquilina de Botafogo, de Gastão Tojeiro, com os formandos de 1994; A Dama da Madrugada, de Alejandro Casona, com os formandos de 1996; O Apocalipse ou O Capeta de Caruaru, de Aldomar Conrado, com os formandos de 1997 (que teve temporada no Teatro Célia Helena, dividindo o palco com meu musical infantil, Uma Aventura no Planeta Boca), e fui apresentado a outras dramaturgias brasileira e latino-americanos. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas Tags: ,
27/09/2010 - 16:03

Cloud Gate Dance Theatre se apresenta no Teatro Alfa

Compartilhe: Twitter

Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Coreografia teve como ponto de partida "O Jardim das Cerejeiras", de Tchekhov

Reconhecida internacionalmente como uma das melhores companhias do mundo, a Cloud Gate Dance Theatre, retorna com a estreia no Brasil da coreografia Whisper of Flowers, no próximo sábado (2) na Temporada de Dança do Teatro Alfa 2010.

Whisper of Flowers, espetáculo especialmente criado para o Festival Tchekhov desse ano, em Moscou, na edição dedicada aos 150 anos do nascimento do grande escritor russo, é baseado em O Jardim das Cerejeiras, texto importante da dramaturgia de Tchekhov.

A coreografia deixa de lado personagens e enredo da peça original para explorar o tema da exuberância da juventude que acaba por ceder lugar aos tons mais sombrios do amadurecimento. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Dança, Música e Cinema Tags: , , , ,
24/09/2010 - 22:37

Espetáculo de autor escocês coloca espectador dentro da adrenalina explosiva das personagens

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Cristina Cavalcanti e Nelson Baskerville

Impossível desviar a atenção do flamejante jogo de atores que o espetáculo Blackbird, do autor escocês David Harrower, coloca no centro do palco do Espaço dos Parlapatões. As duas personagens, magistralmente interpretadas por Cristina Cavalcanti e Nelson Baskerville, tem potencia explosiva e, graças à vigorosa direção de Alexandre Tenório, dinâmica pulsante, capaz de se infiltrar no  espectador.

Não é possível revelar muito do enredo, pois é preciso preservar as incontáveis surpresas que Blackbird nos apresenta no curso de seu desenvolvimento.

À grosso modo, podemos dizer que o enredo da peça é o acerto de contas entre um casal que viveu um amor proibido no passado. Entretanto a trama fica bem distante dos clichês comuns das peças que se valem da discussão da relação de um casal.

Aberta a fenda purulenta do passado, o embate entre as personagens exige a entrega visceral em suas atuações. Com bisturi preciso, Alexandre Tenório conduziu os atores pela senda do hiperrealismo, caminho exigido pelo texto. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags: , , , , , , , , , , ,
24/09/2010 - 18:22

Lulu Pavarin faz rir e chorar em solo que escancara a solidão

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Atriz celebra 25 anos em excelente espetáculo solo

Classificar o excelente solo de Lulu Pavarin, Como Ser Uma Pessoa Pior, de comédia que satiriza o universo da auto-ajuda é reduzir um trabalho que ultrapassa os limites singelos da generalização. O solo, primorosamente dirigido por Mário Bortolotto, ridiculariza e emociona ao escancarar a única verdade absoluta da humanidade: sim, nascemos e morremos sós.

Germano Melo, ótimo ator, e Michelle Ferreira revelam-se autores de grande competência e antenados aos modismos contemporâneos como a crença ingênua na dissolução de problemas de auto-estima, por exemplo, com a simples repetição de mantras-frases-de-efeito que só funcionam realmente se a fé cega nas palavras colocar a razão em segundo plano. E não é o que ocorre com Amabile, a personagem interpretada com esmero técnico e sensibilidade por Lulu Pavarin, que a permite passear tranquilamente entre as vias da comédia e do drama. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags: , , , ,
23/09/2010 - 22:33

Cariocas não percam Gatomaquia

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

"Gatomaquia" - Foto gcastagnello@gmail.com

Aderbal Freire-Filho, diretor artístico do charmoso Teatro Poeira (em Botafogo/ RJ), assistiu ao espetáculo uruguaio Gatomaquia num festival de teatro no Brasil e não perdeu tempo em convidar a peça para apenas três apresentações – de sexta (24) a domingo (26) – no teatro que dirigige.

A partir de uma novela de Lope de Veja, Gatomaquia traz à cena a história de dois gatos, Marraquiz e Micifuf, que passam por diversas peripécias no encalço de Zapaquilda.

Assisti ao espetáculo no FILO – Festival Internacional de Londrina, em junho deste ano e, apesar da dificuldade da diferença de línguas, Héctor Manuel Vidal, diretor de Gatomaquia, propõe em cena um delicioso e dinâmico jogo, em que diferentes formas teatrais são utilizadas pelos atores-saltimbancos para contar a trama. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , ,
23/09/2010 - 13:40

Instituto Muito Especial do Rio de Janeiro abre vaga para produtor

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Vaga para produtor

O Instituto Muito Especial, cujos objetivos principais são  inserir socialmente e no mercado de trabalho as pessoas com deficiência, além de oferecer respaldo a empresas e instituições que desejam lidar com a diversidade, oferece aos cariocas vaga para produtor.

É exigido ao candidato formação superior completa ou em curso nas áreas de produção de eventos, relações públicas, marketing ou comunicação, além de ser “desejável” inglês intermediário. Também é necessário dominar o pacote Office, disponibilidade de horários, entre outros.

Durante o período de experiência, o salário é de R$ 1,2 mil e, uma vez efetivado, salário sobe para R$ 1,4 mil. Além do fixo há o beneficio do Vale Refeição e Vale Transporte.

Currículos devem ser enviados para klever@muitoespecial.com.br,
produtora@muitoespecial.com.br

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags: , , , ,
21/09/2010 - 23:42

Prepare-se: A Gaiola das Loucas em São Paulo

Compartilhe: Twitter

<a href="“>Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Diogo Villela e Miguel Falabella protagonizam "A Gaiola das Loucas"

Essa breve nota é para avisar que a versão brasileira, assinada por Miguel Fallabela, protagonizada por ele e Diogo Villela, estreia em outubro no Teatro Bradesco.

Falabella divide a direção do espetáculo com Cininha de Paula e deve substituir o musical Jekyl & Hyde – O Médico e o Monstro que deixa a sala no próximo dia 26.


Autor: - Categoria(s): Multimídia, Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , , ,
21/09/2010 - 20:51

Audição para Companhia de Danças de Diadema

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

"Baque", da Companhia de Danças de Diadema

Bailarinos e bailarinas atentem para esta breve nota: a Prefeitura Municipal de Diadema, e sua respectiva secretaria de cultura em parceria com a Associação Projeto Brasileiro de Dança, recebe, até o próximo dia 27, inscrições para as audições em que serão escolhidos os artistas da Companhia de Danças de Diadema.

Para participar basta ter, no mínimo, 18 anos e DRT.

SAIBA MAIS AQUI.

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags: , , , , , ,
Voltar ao topo