Publicidade

Publicidade
05/11/2010 - 17:41

As bodas da primeira década do Teatro Abril celebradas com “Mamma Mia!”

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

"Mamma Mia!"

Em clima de casamento, a produção do novo musical do Teatro Abril, “Mamma Mia!”, com letras e músicas de Bernard Anderson e Björn Ulvaeus (dois dos fundadores do quarteto canadense ABBA), recebeu a imprensa ontem para apresentar o espetáculo que estreia dia 11, próxima quinta-feira. Além da performance de quatro números musicais, os diretores americanos e os brasileiros residentes, além dos atores Saulo Vasconcelos e Kiara Sasso, receberam numa réplica de altar os jornalistas, sentados em duas fileiras lado a lado com uma passarela azul ao meio, feito entrada da noiva.

A estreia de Mamma Mia! marca também o início das celebrações das bodas de 10 anos do Teatro Abril com as superproduções originais do circuito Broadway que começou em 2001 com a estreia de Les Miserábles, montagem inaugural do Teatro Abril.

Sophie (a inesquecível poodle de Bark – Um Latido Musical, Pati Amoroso) vai casar, mas quem é o pai da noiva? Proprietária de uma pousada nas ilhas Gregas, Donna (a veterana dos mais importantes musicais da última década, Kiara Sasso) é sua mãe, ela representa a geração feminina dona de mais autonomia, da geração das mulheres que romperam as barreiras sexistas.

O desejo de sua filha Sophie em saber quem é seu pai, convidando os três possíveis responsáveis por seu nascimento – Sam (Saulo Vasconcelos), Harry Bright (Cleto Baccic), Bill Austin (Carlos Arruza). Eis a espinha dorsal da trama que utiliza como matéria-prima para composição musical, as canções do quarteto canadense, ABBA, formado em 1970 que imortalizou hits como “Dancing Queen”, “Mamma Mia”, “Money, Money, Money”, “The Winner Takes It All”, todos presentes no espetáculos com versões para o português de Cláudio Botelho.

Quem é o pai de Sophie?

O norte-americano David Holcenberg, diretor musical associado, ressaltou a importância da tradução das músicas no espetáculo, vez que elas funcionam como material dramático, desenvolvendo a cena e não apenas como ilustração de sucessos musicais do ABBA.

“Senão seria um show de covers do ABBA, não um musical”, completa Holcenberg.

ELENCO • BRASIL

KIARA SASSO – Donna Sheridan

É atualmente considerada, pelo público e pela crítica, o nome de maior peso no teatro musical brasileiro, tendo protagonizado

os mais importantes musicais do país. Interpretou os papéis títulos em “A Noviça Rebelde” e “A Bela e a Fera”, da

Disney. Foi a protagonista em “O Fantasma da Ópera”, em “Jekyll & Hyde – O Médico e o Monstro” e teve grande destaque

como Ellen, em “Miss Saigon”. Ainda criança, na Califórnia, Kiara descobriu os musicais e sua própria voz. Desde adolescente,

estrelou vários espetáculos da dupla Moeller e Botelho, dentre eles “Os Fantástikos” e “Cole Porter – Ele nunca disse

que me amava”. Nos EU A, cursou teatro musical na Faculdade de Santa Monica, foi Polly em “The Threepenny Opera” e

Thea no primeiríssimo workshop do musical da Broadway “Spring Awakening”. Seu talento também pode ser apreciado nas

Pati Amoroso

Priscila Ma rques

Ra quel Paulin

Andrezza Ma ssei

Ra chel Ripa ni

Kiara Sa sso

Th iago Ma cha do

Felipp e Moraes

Guilherme Ma gon

Cleto Baccic

Ca rlos Arruza

Sa ulo Vasconcelos

leo diniz

Arízio Ma galhães

Bruno Na rchi

Cesar Moura

Cleo

Fernando Ma rianno

Giulia Na druz

Heloísa de Palma

Ma ria Bia Ma rtins

Ma riana Hidemi

Myra Ruiz

Ricardo Vieira

Paula Cap ovilla

Vinicius de Loiola

Ca rol Costa

Guilherme Pereira

Milena Lopes

Rodrigo Vicente

Andréia Vitfer

Beto sargentelli

Sophie Sheridan

Ali l Sophie cover

Lisa

Rosie

Tanya

Donna Sheridan

Sky

Pepper

Eddie

Harry Bright

Bill Austin

Sam Carmichael

Padre Alexandrios | Sam/Bill cover

Ensemble | Harry/Sam cover

Ensemble | Pepper cover

Ensemble | Pepper cover

Ensemble | Ali/Lisa cover

Ensemble | Eddie cover

Ensemble | Ali cover

Ensemble | Donna/Tanya cover

Ensemble | Tanya cover

Ensemble | Lisa cover

Ensemble | Sophie cover

Ensemble | Bill/Harry cover

Ensemble l Donna/Rosie cover

Ensemble | Sky/Eddie cover

Swing

Swing

Swing

Swing | Dance captain

Pit singer | Rosie cover

Pit Singer | Sky cover

diversas dublagens que fez para a Disney Brasil, onde emprestou a voz para Ariel de “A Pequena Sereia”, Aurora de “A Bela

Adormecida” e para a Cinderela, dentre outras. Esse ano, Kiara também estreia nas telinhas americanas e telonas brasileiras.

Ela será Gloria, o grande pivô do primeiro episódio da série americana “Rio”, ao lado do ator Jason Lewis, e fará Júlia,

protagonista do filme “Dores e Amores”.

PATI AMOROSO – Sophie Sheridan

Concluiu seu IBTheaterHL tendo como diretor Bruce McDonald. Obteve o diploma de teatro musical no curso intensivo do

NYFA e o de coaching com VP Boyle. Estudou jazz, ballet, sapateado americano e irlandês no Brasil e no BDC -NY, com profissionais

da Broadway. Recentemente atuou no musical “Bark, um latido musical!” com direção de José Possi Neto.

SAULO VAS CON CELOS – Sam Carmichael

Aclamado pela crítica como a maior referência do teatro musical brasileiro, Saulo Vasconcelos comemora 10 anos de carreira

com o lançamento do CD Single intitulado “Pretty Words”. Em 1999, fez sua primeira incursão pelo teatro musical após ter sido

escolhido entre centenas de candidatos de toda a América Latina, Estados Unidos e Europa, como protagonista do mais famoso

espetáculo de Andrew Lloyd Webber, “O Fantasma da Ópera”. O musical ficou em cartaz na Cidade do México, onde foi visto por

mais de 880 mil pessoas em 400 apresentações. Em 2005, de volta ao Brasil, interpretou novamente o personagem titulo do

musical, com o qual obteve grande reconhecimento da critica especializada. Também foi destaque em “Les Misérables”, “A Bela

e a Fera”, “Aida”, “As Travessuras do Barbeiro” e “A Noviça Rebelde”. No início de 2009, participou como convidado especial do

seriado “A Lei e o Crime”, da TV Record. Seu último trabalho em teatro foi no musical “Cats”, onde viveu o Old Deuteronomy.

RA CHEL RIPANI – Tanya

Em 1989, formou-se no CPT e, em 1996, foi bolsista CAPES na Cygnet, Inglaterra. Em sua carreira destacam-se os espetáculos:

“Inimigo do Povo”, de Henrik Ibsen, e “Rei Lear”, de Shakespeare. Na TV , participou da novela “Caras & Bocas” na Rede

Globo. Como produtora realizou e traduziu “Closer”, de Patrick Marber, e “Anatomia Frozen”, de Bryony Lavery. Em musicais,

atuou em “Grease”, “Alô Alô Terezinha”, “Gota D’Água”. Seu primeiro salário em teatro foi investido em aula de canto, que

ela faz desde 1992. Quando está no palco, procura sempre participar da trilha sonora, como nos espetáculos teatrais “Vamos?”

e “Closer”. Canta, ainda, na trilha sonora das séries “Alice”, da HBO; e “Tamo Frito”, da MTV . Tem formação em canto

lírico e musical, na Inglaterra.

ANDRE ZZA MASSEI – Rosie

Em 1994, iniciou sua carreira profissional como cantora de jazz e blues. Em 2000, passou a trabalhar também como

atriz, sempre envolvida com o teatro musical. Entre seus últimos trabalhos destacam-se: “Cats”, de Andrew Lloyd

Webber; as duas montagens do musical da Disney “A Bela e a Fera”, como Dona Cômoda; “Os Reis do Riso”, com

Parlapatões e a Banda Sinfônica do Estado de São Paulo; o musical “Cole Porter – Ele nunca disse que me amava” e

“Les Misérables”, como Factory Girl. Também atuou como preparadora vocal dos espetáculos “Aida”, “Peter Pan – Todos

Podemos Voar”, “Baobá” e “Sweet Charity”, com Cláudia Raia e Marcelo Medici. Foi professora auxiliar do Maestro Abel

Rocha nas aulas de ópera studio na FAAM. Na Casa de Artes OperAria, realizou montagens acadêmicas como diretora

musical dos espetáculos “The Lion King”, “Wicked” e “Rent”, entre outros. Atua em vários jingles e dublagens e também

é vocal coach.

CLETO BA CCIC – Harry Bright

Depois de surpreender com sua interpretação do personagem Rum Tum Tugger em “Cats”, agora Bacic dá vida a Harry Bright

em “Mamma Mia!”. Graduado pelo GLO BE-SP , protagonizou “Os Dois Cavalheiros de Verona” de W. Shakespeare, dirigido por

Ulysses Cruz e Ricardo Rizzo. Integrou o elenco de “Rosencrantz e Guildenstern Estão Mortos”, “Sangue no Pescoço do Gato”

e “Tieta do Agreste – O Musical”, sob direção de Christina Trevisan e Pedro Paulo Bogossian. Na Casa de Artes OperAria, foi

aluno de Ana Taglianetti, Kátia Barros e Saulo Vasconcelos, onde participou das montagens acadêmicas de “Sweeney Todd”

e “South American Way”. Atualmente trabalha sua voz com Vitor Philomeno. Em teledramaturgia, participou da primeira

temporada do seriado “Tô Frito”, de Letícia Wierzchowski e Marcelo Pires, com direção de Flávia Moraes.

CARLOS ARRU ZA – Bill Austin

Formou-se profissionalmente como ator pela CAL – Casa das Artes de Laranjeiras e, como cantor, pelo Ars Acadêmica Chorus.

Participou de musicais como “Império”, de Miguel Falabella; “Cristal Bacharach”, de Charles Moeller e Claudio Botelho; e

“Comunità”, de Claudio Magnavita. Também atuou em “25 Homens”, de Cacá Carvalho; “Nostradamus”, de Doc Comparato;

e “Morte Sobre a Lama”, de Ricardo Torres.

THIA GO MA CHADO – Sky

Começou seus estudos artísticos aos nove anos de idade. Em 2007, fez sua estreia no teatro musical com o espetáculo “Os

Produtores”, ao lado de Miguel Falabella. Participou de outras grandes produções como “A Noviça Rebelde” e “Meu amigo Charlie

Brown”. Integrou o elenco dos shows “ ‘Twas the Night Before Christmas” e “Disney’s Parade”, ambos da Walt Disney Company.

Também atuou em filmes publicitários e no cinema. Atualmente estuda teatro musical e canto lírico com Amélia Gumes.

EQUI PE CRI ATI VA • BRASIL

FLORIANO NO GUEIRA – Diretor e Coreógrafo Residente

Ator, bailarino e cantor, iniciou sua trajetória artística através da dança, trabalhando com vários coreógrafos renomados. Atuou em

algumas peças infantis e estudou canto com Vera do Canto e Mello, no Rio de Janeiro, e Caio Ferraz, em São Paulo. Na TV , participou

de programas como “A Turma do Didi”, “AngelMix”, “Sai de Baixo” e fez a abertura da novela “O Clone”, todos na Globo.

Trabalhou como professor de dança na Casa de Artes OperAria e como coreógrafo nas montagens de “South American Way”,

em conjunto com Kátia Barros; “A Bela e a Fera”; e em alguns números de musicais como “Chicago” e “Cats”. Na Hebraica,

ministrou aulas de dança e corpo e participou da montagem de “O Corcunda de Notre-Dame”. No colégio Ábacco, participou da

montagem de “A Bela e a Fera”. Também graduado em educação física, atuou na área durante alguns anos. Estreou no musical

“The Power of Imagination”, da Disney Productions. Em seguida, fez parte do elenco de “O Beijo da Mulher Aranha”, “A Bela e a

Fera” e “Sweet Charity”, no qual também foi cover do personagem Harry. Atuou como cantor e bailarino em “100 Anos de Magia

Disney”, onde também deu vida ao personagem Clopin, e “Naked Boys Singing”. Em “Chicago”, foi swing e dance captain.

Nas audições de “Miss Saigon”, trabalhou como assistente coreográfico e, quando o espetáculo entrou em cartaz, atuou como

swing, dance captain e cover do personagem John. Também foi assistente coreográfico nas audições de “Tarzan” e supervisor de

coreografia nas audições da segunda montagem brasileira de “A Bela e a Fera”, tornando-se Coreógrafo Residente do espetáculo.

Ainda em 2009, foi a Londres pela The Really Useful Theater e T4F para participar de um encontro com os criativos originais do

musical “Cats”, espetáculo no qual é Diretor e Coreógrafo Residente em São Paulo e no Rio de Janeiro.

PAULO NO GUEIRA – Diretor Musical Residente

Paulistano, bacharelou-se em direito e música, iniciando sua carreira como pianista e, posteriormente, firmando-se como

professor e maestro. Aperfeiçoou-se com grandes profissionais brasileiros e estrangeiros. Vencedor de vários prêmios, atuou

no campo operístico como regente e diretor musical em diversas montagens e através do Projeto Almanaque Musical do Theatro

Municipal de São Paulo. Regente-coral desde 1989, desenvolveu junto à terceira idade um importante trabalho de cunho

sócio-cultural, reconhecido pela sociedade artística através de honrarias e CD ´s. Assumiu as funções de regente e assistente

de direção na Orquestra Sinfônica Municipal, Orquestra Experimental de Repertório e nos musicais “O Fantasma da Ópera”,

“Miss Saigon”, “A Bela e Fera” e “Cats”. Realizou trabalho constante com as cameratas da OSM , OER e Fukuda. Conduziu

outras orquestras brasileiras em concertos, récitas de óperas, apresentações com solistas renomados e o Balé da Cidade de São

Paulo. Foi Diretor Musical e Regente dos musicais “Pernas pro Ar” e “Jekyll & Hyde”. Atualmente é Diretor Musical e Maestro

de “Mamma Mia”.

THIA GO RODRI GUES – Assistente de Direção Musical e Regente Associado

Graduou-se bacharel em música pela Universidade de São Paulo, onde integrou a classe dos pianistas Gilberto Tinetti e Eduardo

Monteiro. Ao mesmo tempo, focalizou seus estudos de técnica junto ao pianista Daniel Matos e realizou diversas master

classes. Participou como pianista da estreia brasileira da ópera “Ça Ira”, de Roger Waters, e atuou como pianista preparador

de “Hänsel und Gretel” e “Dido e Enéas”, sob a regência dos maestros Luiz Fernando Malheiro, Jamil Maluf e Tiago Pinheiro.

Entre outros trabalhos, participou como Stage Manager nas óperas “Ariadne auf Naxos” e “Maria Golovin”, no XII Festival

Amazonas de Ópera. Nessa ocasião, teve a oportunidade de trabalhar com renomados cantores, entre os quais destacam-se

Nuccia Focile, Michael Hendricks e Carmen Monarca. Fez parte do elenco da peça “Geração Trianon” como pianista, sob a

direção de Marco Antônio Braz. Vale destacar, também, sua participação nos musicais “Single Singers Bar” e “Naked Boys

Singing”. Colaborou com reconhecidos nomes do teatro musical, entre eles Stephen Schwartz e David Caddick. Atualmente,

estuda canto com Andréia Vitfer e piano popular com Celinha Carmona. Desde 2004, vem trabalhando nas orquestras dos

musicais “Chicago”, “O Fantasma da Ópera”, “Miss Saigon”, “A Bela e a Fera” e “Cats”, junto aos maestros Miguel Briamonte,

Paulo Nogueira e Juliano Suzuki.

ORQUESTR A

MAESTRO E TECL ADO 1

TECL ADO 2

TECL ADO 3

TECL ADO 4

PIANIST A CO -RE PETIDOR E SU BSTITUTO

PERCUSSÃO

BATERI A

CASACIO

BAIXO ELÉTRICO

GUIT ARR A 1

GUIT ARR A 2

PAULO NO GUEIR A

JOÃO CANDELORO

THI AGO RODRI GUES

ABELIT A BRANDÃO

CRISTI ANO VO GAS

NELTON ESSI

LUC AS BAPTIST A

LUC AS BAPTIST A

MAURO DOMENECH

FERN ANDO PREST A

JOR GE ERVOLINO

Sobre ROBERT McQUEEN – Diretor Associado

Seus créditos mais recentes incluem “The Light in The Piazza”, que ficou em cartaz no Berkley Street Tháâtre, em Toronto, e

foi indicado ao Dora Mavor Moore Award como melhor produção musical em 2010. Na última temporada, sua produção para o

novo musical “Where Elephants Weep” teve estreia mundial em Phnom Penh. O projeto contou com atores, cantores e bailarinos

dos EU A e do Camboja e foi filmado para TV . Depois disso, Robert dirigiu “Carousel”, musical de Rogers e Hammerstein,

no Galaxy Théâtre em Tóquio. Seus trabalhos em ópera incluem “Capriccio” de Strauss, para a Pacific Opera; “La Boème”,

para Canadian Opera Company; “Il Barbiere di Siviglia”, para Arizona Opera; e uma produção de “The Magic Flute”, para

Vancouver Opera , que contou com uma equipe de mais de 80 artistas e conselheiros integrantes das Primeiras Nações Indígenas

e Não-aborígenes. Robert fez a adaptação do libreto para inglês, ressaltando as especificidades dessa produção única

e incluindo palavras e frases em Hul q umi num, o idioma do povo Musqueam. Esse espetáculo vai ser reapresentado em

Vancouver durante a temporada de 2013 da companhia. Robert foi diretor associado da Broadway e de companhias norteamericanas

no “MAMM A MI A!” e, no verão passado, dirigiu a produção no México. Ele também foi o diretor residente na

montagem de Harold Prince e Susan Stroman de “Show Boat”.

Sobre DAVID HOL CENBER G – Diretor Musical Associado

Seus créditos incluem produções da Broadway como “Show Boat”, “Titanic”, “Seussical”, “Mamma Mia!”, “The Story of My

Life” e “Bye Bye Birdie”. David também foi diretor musical da estreia nos Estados Unidos de “Ragtime”, pela qual ganhou

o prêmio do Los Angeles Drama Critics Circle de melhor realizador em direção musical. Dirigiu “Dessa Rose” e “The Glorious

Ones”, no Lincoln Center Theater, e a produção de Toronto de “The Phantom of the Opera”. David é o maestro do tenor

irlandês Ciaran Sheehan em concerto (no Carnegie Hall, na televisão e nas gravações). Também conduziu The Cleveland Pops,

a turnê de Theodore Bikel e vários programas de TV , incluindo “PBS Great Performances”, “The Tony Awards”, “The Today

Show”, “The Early Show”, “Letterman”, “Leno”, “The Jerry Lewis Telethon” e muitos outros. David fez os arranjos musicais

para Marvin Hamlisch e para a Filarmônica de Nova York. O espetáculo “Bingo”, que ele escreveu com Michael Heitzman e

Ilene Reid, está em temporada pelo mundo.

Sobre JANET ROT HERMEL – Coreógrafa Associada

Janet é a supervisora de dança/coreógrafa associada das companhias norte-americanas de “MAMM A MI A!”. Um dos seus

momentos favoritos foi estar ao lado de Meryl Streep, preparando-a para a filmagem de “MAMM A MI A! – O filme”. Janet

foi a supervisora de dança/coreógrafa associada para as produções da Broadway e as turnês de “Joseph and the Amazing

Technicolor Dreamcoat”. Antes de mudar-se para Nova York, ela passou um bom tempo na frente e atrás das câmeras. Teve a

incrível oportunidade de atuar ao lado de gente como Bob Hope, Lucille Ball e Sammy Davis Jr. Atrás das câmeras, Janet foi

assistente de coreografia dos concursos de Miss EU A e Miss Universo. Ela também exerceu a função no último show de Carol

Burnett. Janet se considera uma mulher de sorte por poder trazer esse maravilhoso espetáculo a esta cidade incrível.

SERVIÇO : MAMMA MIA !

REALI ZAÇÃO : TIME FOR FUN

APRESENTAÇÃO : BRADES CO SE GUROS

CO-PATRO CÍNIO : CIELO E TELE FONI CA

Site oficial: www.mammamia.com.br

Local: Teatro Abril – Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411 – Bela Vista.

Estreia dia 11 de novembro de 2010 (para público), dia 10 para convidados

Dias e Horários: Quartas, Quintas e Sextas, às 21h; Sábados às 17h e 21h; Domingos, às 16h e 20h.

Duração do espetáculo: 2h40 (com intervalo de 20 minutos)

Capacidade: 1.530 lugares

Estacionamento: O teatro não possui estacionamento próprio

Assentos: O teatro conta com 16 assentos para deficientes físicos e 11 para pessoas obesas.

Classificação etária indicativa: Livre – Menores de 12 anos acompanhados dos pais/ responsável legal.

Meio de Pagamento Preferencial: American Express® Membership Cards e Bradesco Cartões

• Meia-entrada: obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição de beneficiário.

• Clientes American Express® Membership Cards e do Bradesco Cartões possuem descontos e pagam em até 3 vezes sem

juros no cartão. Contaram também com pré-venda exclusiva entre 10 de agosto e 25 de setembro.

• Clientes do cartão de crédito MasterCard podem optar pela tecnologia MasterCard ShowPass, pela qual o cartão vira ingresso.

Mais informações no site: www.mastercardshowpass.com.br.

BIL HETERI A OFICI AL • SEM TAXA DE CON VENI ÊNCI A

Teatro Abril – 2ª a Sáb, 12h às 20h; Dom, 14h às 20h; – Av. Brigadeiro Luís Antônio, 411 – Bela Vista

LOC AIS DE VEND A • COM TAXA DE CON VENI ÊNCI A

Pontos de venda no link: premier.ticketsforfun.com.br/content/outlets/agency.aspx

Central Tickets For Fun: por telefone, entrega em domicílio (taxas de conveniência e de entrega) – 4003-5588 (válido para

todo o país), das 9h às 21h – segunda a sábado.

Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br (entrega em domicílio – taxas de conveniência e de entrega)

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , ,

Ver todas as notas

1 comentário para “As bodas da primeira década do Teatro Abril celebradas com “Mamma Mia!””

  1. Nilço disse:

    O Grupo ABBA é sueco e não canadense…

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo