Publicidade

Publicidade
12/11/2010 - 22:14

Nova casa para espetáculo imperdível

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Nelson Baskerville e Cristina Cavalcanti em "Blackbird"

Um dos espetáculos mais interessantes da temporada teatral desse ano é, sem reservas ufanistas, “Blackbird”, do escocês, inédito no Brasil, David Harrower. A peça que estreou, deixando impressa sua marca, no Espaço dos Parlapatões, fica em cartaz até dezembro no Viga Espaço Cênico, sextas e sábados às 21h e domingos, 19h.

Um ritmo pulsante que faz perder o fôlego é o desenho impresso pela destra direção de Alexandre, preocupado mais com o jogo entre os atores nessa coreografia, claustrofóbica e pungente, envolta no árido espaço hiperrealista.

Embora não seja possível revelar muito do enredo, pois é preciso preservar as surpresas que Blackbird nos apresenta no curso de seu desenvolvimento mas à grosso modo, podemos dizer que o enredo da peça é o acerto de contas entre um casal que viveu um amor proibido no passado. Mas não se iluda: a trama fica bem distante dos clichês comuns das peças que se valem da discussão da relação de um casal.

Aberta a fenda purulenta do passado, o embate entre as personagens exige a entrega visceral em suas atuações, alcançadas com plena entrega pela dupla Cristina Cavalcanti e Nelson Baskerville.

Toda a estrutura da peça – luz, cenário,figurino – segue, coerente, a linha mimética com marcações delicadas que até parecem ausentes, o que torna a performance ainda mais pulsante.

BLACKBIRD – Até 19 de dezembro de 2010.
VIGA ESPAÇO CÊNICO – Sala Piscina (74 lugares).   Tel. 3801 1843. Rua Capote Valente, 1323
Sexta e sábados às 21h, domingos às 19h. Ingressos R$ 40,00 (inteira) R$ 20,00  (meia-entrada para estudantes, classe artística e pessoas acima de 65 anos). Classificação 16 anos. Duração: 70 minutos.

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags: , , , , , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo