Publicidade

Publicidade
23/11/2010 - 16:44

“O Pelicano”, clássico de Strindberg, em temporada popular

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, para o site Favo do Mellone parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

A  premiada atriz  Denise Weinberg assina a direção do texto do

"O Pelicano" (foto de Ronaldo Gutierrez)

dramaturgo sueco, que põe a nu as relações de uma tradicional família burguesa

Em sua terceira temporada, a Cia. Mamba de Artes traz, a preços populares, no Viga Espaço Cênico, até 19 de dezembro, o clássico “O Pelicano”, do dramaturgo sueco August Strindberg.

Sob a direção da premiada atriz Denise Weinberg, cofundadora do Grupo Tapa, a peça revela a característica mais marcante do autor: de desvendar e pôr a nu as relações do núcleo central da família. Suas peças discutem o drama intimista entre o casal e demais familiares.

Em “O Pelicano”, essa marca autoral é evidente: com a morte do pai, a família entra em decadência financeira e a matriarca, vivida por Sheila Gonçalves, resolve fazer com que todos voltem a morar juntos.

No entanto, os podres da família começam a vir à tona: ela força o casamento da filha, interpretada por Patricia

"O Pelicano" (foto de Ronaldo Gutierrez)

Castilho, com seu amante inescrupuloso, vivido por Flávio Baiocchi e o filho, interpretado por Flávio Barollo, descobre as artimanhas da mãe, mas sem forças o bastante para impedir tantos desmandos, apega-se ao álcool.

Já a governanta, numa participação magistral de Lilian Blanc, é testemunha da avareza e amoralidade impingidas pela patroa aos filhos e pouco pode fazer em benefício deles.

Na montagem proposta por Denise, o público, ao entrar na sala de espetáculo, já é introduzido ao enredo; os atores estão posicionados estrategicamente nos cantos do palco e até ser acionado o terceiro sinal para dar início à peça, cada personagem se movimenta e dá mostras do drama a ser brevemente encenado.

A iluminação criada por Wagner Pinto e os efeitos sonoros de Eduardo Agni complementam o tom denso e intimista do universo de Strindberg.

“Parte do elenco esteve em Estocolmo, na Suécia, onde visitou o teatro Íntimo, fundado pelo autor, bem como o Museu Strindberg. Pudemos sentir de perto a atmosfera e o clima sueco e conhecemos um pouco mais da história de Strindberg. Essa experiência certamente influenciou o trabalho nesta temporada”, conclui o ator Flávio Barollo.

Foto: Ronaldo Gutierrez

Roteiro:

O PELICANO” – Até 19 de dezembro no Viga Espaço Cênico. Temporada: Sábado, às 19h* e às 21h e domingo às 19h. Texto: August Strindberg. Direção: Denise Weinberg. Elenco: Sheila Gonçalves, Flávio Barollo, Patrícia Castilho, Flávio Baiocchi e Lilian Blanc (substituta Mari Nogueira). Duração: 70 minutos. Classificação etária: 14 anos. Ingressos: R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia). Capacidade: 74 lugares. *Sábado 19h gratuito para ONGs e escolas.

Serviço:

VIGA Espaço Cênico – Rua Capote Valente, 1323 – Pinheiros (ao lado do metrô Sumaré).Telefone: (11) 3801-1843. Capacidade – 74 lugares. Não aceita cheque. Não aceita cartão. Estacionamento próximo, na Rua Amália de Noronha, 137 Ao lado do metrô Sumaré . Site –www.viga.art.br

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo