Publicidade

Publicidade

Arquivo de janeiro 10th, 2011

10/01/2011 - 18:33

Audição para o Núcleo Artérias

Compartilhe: Twitter

Espetáculo do Núcleo Artérias

O Núcleo Artérias, dirigido pela coreógrafa Adriana Grechi, realizará nos dias 28 e 29 de janeiro de 2011 uma oficina de criação em dança. Nesta oficina um integranteserá selecionado para participar do grupo, em projeto que terá a duração inicial de 2 anos.

Pré-requisitos: formação e experiência profissional em dança contemporânea, dançarino ou dançarina com interesse em processos colaborativos. Dedicação integral ao projeto (ensaios, aulas e apresentações). Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema Tags: , , ,
10/01/2011 - 18:24

Henrique Stroeter e Fábio Espósito juntos em peça de Bortolotto

Compartilhe: Twitter

Os atores Henrique Stroeter e Fábio Espósito dividem a cena

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"À Meia-noite um Solo de Sax na Minha Cabeça", escrita e dirigida por Mário Bortolotto estreia no Espaço dos Parlapatões

Henrique Stroeter começa o ano acumulando papéis no teatro. Atualmente em cartaz na peça Os 39 Degraus, ele estreia ao lado do ator Fábio Espósito, o palhaço brasileiro do espetáculo Quidam do Cirque Du Soleil, o espetáculo À Meia-Noite Um Solo de Sax na Minha Cabeça, nesta terça-feira (11), no Espaço Parlapatões.

Os dois atores são amigos de longa data e por anos compartilharam o desejo de encenar o texto de Mário Bortolotto, que também é o diretor da montagem.

“É um sonho antigo, mas nossas agendas não coincidiam. Agora deu certo”, sorri Henrique. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
10/01/2011 - 14:49

Direção que vem da escola

Compartilhe: Twitter

Célia Helena e Raul Cortez, mãe e pai de Lígia Cortez

Artigo de Michel Fernandes para o jornal Diário de São Paulo publicado na edição impressa de 09/01/2011

Em 1977, a atriz Célia Helena notou certa dificuldade em encontrar um curso especializado em teatro para jovens. Buscava um caminho para que Lígia Cortez, sua filha com o ator Raul Cortez, iniciasse sua trajetória investigativa nas Artes Cênicas. Nascia o embrião do Teatro-escola Célia Helena que alguns anos depois se tornaria curso profissionalizante pioneiro, responsável pela profissionalização de grande número de artistas do teatro brasileiro (Carolina Kasting, Jay Vaquer, Antonio Caloni, Eric Nowinski, Hugo Picchi, Fabiano Augusto, Jiddú Pinheiro, são alguns exemplos) ou, no mínimo, grandes apaixonados pelo teatro, conforme desejo da atriz.

A morte prematura de Célia, com seu sorriso maternal afagando os jovens ansiosos pelo futuro que é tão incerto, ao mesmo tempo exigente feito mãe zelosa a incitar seu filho na entrega vertical do conhecimento, para que ele domine os instrumentais que tornam mais eloquente seu desempenho

Lígia Cortez

profissional, permanecem inalterados graças a competência de Lígia Cortez, atriz de qualidade insuspeita, que tomou a missão da mãe na formação de novos artistas com tal zelo e competência, que obteve a nota máxima do MEC garantindo que a escola ampliasse seu espectro educacional.

Agora, além do curso técnico profissionalizante, há a Escola Superior de Artes Célia Helena que, agora, oferece um curso de pós-graduação, Lato Sensu, em direção, com profissionais do mais alto gabarito (Cida Moreira, Denise Weinberg, Flávio Desgranges, Marco Antonio Rodrigues, Ulisses Cohn, Antonio Araújo, Marcelo Lazzaratto, entre outros). As aulas são das 9h ao meio-dia e das 13 às 18 horas, sempre aos sábados, durante um ano e meio. As inscrições vão até o dia 13 de janeiro e são apenas 30 vagas. A aula inaugural, com o prof. Dr. Márcio Aurélio (Unicamp), será no dia 29 de janeiro de 2011.

Em entrevista exclusiva a Michel Fernandes, Lígia Cortez falou mais sobre o curso e projetos da Escola Superior de Artes Célia Helena (ESCH). Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , ,
10/01/2011 - 12:41

“Mambo Italiano” diverte o público

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Comédia está em cartaz no Teatro Nair Belo

A platéia morre de rir com a peça Mambo Italiano, de Steve Galluccio, que acabou de estrear no Teatro Nair Bello, no Shopping Frei Caneca. E não é pra menos, já que a direção de Clarice Abujamra ocupa o espaço teatral com grande habilidade, a ponto de, mesmo sendo um palco bastante amplo, sente-se muita proximidade com as personagens e suas falas.

Afinal é um elenco de primeira linha, visto que inclui Antonio Petrin, Cláudia Mello, Tânia Bondezan. Isso, além dos mais jovens e talentosos como Carla Fioroni, Jarbas Homem de Mello, Luciano Andrey e Lára Córdula. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo