Publicidade

Publicidade

Arquivo de janeiro 20th, 2011

20/01/2011 - 02:10

Hitchcock sobe os degraus da comédia burlesca

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes (michel@aplausobrasil.com)

"Os 39 Degraus", de Patrick Barlow

Crítica publicada na edição impressa do jornal Diário de São Paulo do dia 17 e janeiro de 2011

Clássico do mestre do suspense, Alfred Hitchcock, o filme “Os 39 Degraus” (1935) recebeu versão burlesca que arrebatou diversos prêmios em sua estreia londrina, do ator e autor inglês Patrick Barlow, logo chegando à Broadway (Nova Iorque). Em cartaz pela primeira vez no Brasil, a peça é um fenômeno de público.

A receita do sucesso é simples: um diretor que consegue extrair toda a teatralidade exigida pelo texto de Barlow – como o teatro de sombras, as gags que remontam ao singelo palhaço circense, entre outros recursos – e um elenco afiado que nem parece se cansar com as diversas trocas de personagens e com o ritmo frenético, condição imprescindível para que a engrenagem do espetáculo faça do público parte viva da representação.

Seguindo a mesma trama do filme de Hitchcok, “Os 39 Degraus” narra a saga de Richard Hannay (Dan Stulbach estreando na comédia com talento e inteligência que lhe são característicos), típico sedutor bon-vivant, que conhece Annabela Schmit (Fabiana Gugli, em deliciosa concepção), uma agente secreta que é assassinada durante a noite que passa no apartamento de Hannay. O crime é o estopim para que Richard seja indiciado pela morte de Annabela e fuja da polícia.

Seguindo pistas deixadas por Schmit, Richard Hannay toma o trem rumo à Escócia. Começa, então, a viver uma série de aventuras em que cruza as mais de 30 personagens, femininos e masculinos, vividos pelos atores Danton Mello e Henrique Stroeter, com fôlego e talento indiscutíveis, além de Pámela e Margaret, vividas por Fabiana Gugli. Já na cena introdutória do trem, quando uma miniatura de trem elétrico cruza a cena, o contrato com o público é estabelecido e a convenção torna-se aliada à verossimilhança. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags: , , , , , , ,
20/01/2011 - 01:25

Filipe Catto em única apresentação no Tom Jazz

Compartilhe: Twitter

Edson Júnior, especial para o Aplauso Brasil (edson@aplausobrasil.com)

O cantor e compositor gaúcho Filipe Catto

A charmosa casa de shows de Higienópolis, o Tom Jazz, recebe hoje em única apresentação o cantor e compositor porto-alegrense Filipe Catto.

O jovem contratenor entregue ao cancioneiro popular, visita  diversos gêneros, mostrando que a pouca idade não quer dizer nada quando o assunto é saber escolher bom repertório e ter sensibilidade para interpretar a canção do jeito exato. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Dança, Música e Cinema Tags: , , ,
Voltar ao topo