Publicidade

Publicidade

Arquivo de janeiro 26th, 2011

26/01/2011 - 17:17

A possibilidade abala veredicto de “Doze Homens…”

Compartilhe: Twitter

Crítica de Michel Fernandes para O Diário de São Paulo publicada dia 22 de janeiro de 2011

“12 Homens e Uma Sentença”, crédito Zineb Benchekchou

Em 1957, pelas mãos de Sidney Lumet, “Doze Homens e Uma Sentença”, de Reginald Rose, chegava às telas para perpertuar-se como clássico cinematográfico. Mais de 50 anos se passaram e, espantosamente, a crise ética impulsionada pelo texto de Rose parece ecoar velhas crises em novos tempos.

“É possível”, essa singela frase disparada por um dos personagens da peça, dirigida por Eduardo Tolentino de Araújo (notório diretor do Grupo TAPA), detona a ambiguidade do veredicto.

Doze componentes do corpo de jurados de um parricídio estão numa sala para efetivar a sentença. Num primeiro momento, Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags: , , , ,
26/01/2011 - 16:22

Festival de Teatro “1,99” de Rio Preto é sucesso total

Compartilhe: Twitter

Franklin Catan, especial para o Aplauso Brasil

Cia. Girassonhos apresentou o espetáculo "Dooutrolado" - Foto Juliana Merengue

A 8ª edição do “Em janeiro teatro para criança é o maior barato – apenas 1,99”, realizado de 8 a 18 de janeiro, foi uma das opções de lazer para as crianças neste mês de férias.  A programação contou com 12 espetáculos, entre eles, dois de rua, totalizando 22 apresentações teatrais.  Também foram realizadas quatro atividades formativas, destinadas à classe teatral e pessoas com interesse na área cênica.

Esta edição atingiu um público de 12 mil pessoas, entre espectadores e participantes dos workshops.

“Esse acontecimento contempla o que nós imaginamos para o evento. A quantidade de público é resultado positivo de um festival que visa o interesse popular, possibilitando o acesso democrático à cultura, além de fomentar a produção teatral local”, comenta Drica Sanches, produtora da Cia. Fábrica de Sonhos.

Além disso, toda apresentação tinha um debate entre os atores, plateia e os debatedores, atriz Juliana Calligaris e o ator Fabiano Amigucci.

Venho acompanhando este festival há 3 anos e sempre me surpreendo com as novidades e os espetáculos apresentados. Todos são de altíssima qualidade.

Após o debate Juliana Calligaris falou comigo e respondeu algumas perguntas, veja: Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , ,
26/01/2011 - 11:55

Estreia de Mika Lins na direção fica até o final de fevereiro no Tucarena

Compartilhe: Twitter

Bel Kowarick em "Dueto Para Um", direçã‹o de Mika Lins. (foto: Caio Guatelli)

Maurício Mellone, para o site Favo do Melloneparceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Peça de Tom Kempinski, que levou o prêmio APCA/2010 de Melhor Atriz para Bel Kowarick,também indicada ao 23º Prêmio Shell de Teatro,  fica no Tucarena  até o dia 27 de fevereiro

Primeira direção da atriz Mika Lins, a peça Dueto Para Um, do inglês Tom Kempinski, voltou ao Tucarena e permanece em cartaz até o dia 27 de fevereiro. E o sucesso é mais do que merecido: Bel Kowarick, graças a sua interpretação da violinista que é obrigada a abandonar a carreira por ser portadora de esclerose múltipla, recebeu o prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte)/ 2010 de melhor atriz, além de estar entre as atrizes indicadas ao Prêmio Shell de Teatro de São Paulo pelo segundo semestre  (VEJA AQUI A LISTA COMPLETA DOS INDICADOS).

A peça inicia com a primeira sessão de análise de Stephanie

Bel Kowarick em "Dueto Para Um", direçã‹o de Mika Lins. (foto: Caio Guatelli)

Abrahams com o renomado psiquiatra Dr. Feldman, vivido por Marcos Suchara. Serão seis encontros entre eles, em que o público vai se inteirando da doença da musicista, do processo terapêutico e, principalmente, do embate que se estabelece entre médico e paciente. Stephanie passa por diversos processos internos, desde a euforia com planos novos como professora, a negação de sua depressão, a tomada de consciência do real estágio da doença, a fuga total com sua ausência das terapias até o reconhecimento de que o psiquiatra só deseja auxiliá-la a vislumbrar nova perspectiva de vida. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , , , , , ,
Voltar ao topo