Publicidade

Publicidade

Arquivo de fevereiro 14th, 2011

14/02/2011 - 20:15

Seleção de atores RJ

Compartilhe: Twitter

A produção da comédia Metendo a Colher, seleciona atores de 29 a 40 anos, ou que aparentem ter, em testes que serão realizados na Unirio Urca, no próximo dia 21, das 14 às 18 horas.

Local: Unirio Urca – Salão do Centro Acadêmico (em cima da cantina)
dia 21/02 das 14 às 18h
Agendar horario.
e-mail: producaometendoacolher2011@hotmail.com

O diretor Marcio Dias trabalha há sete anos com o método de ações físicas, baseado nos ensinamentos teóricos de Constatin Stanislavski e dos ensinametos práticos do diretor Gilles Gwizdek. Visando uma disponibilidade de trabalho do ator, o teste será feito para avaliar os possíveis conhecimentos que o ator tem sobre o método das ações físicas no ambito da prática.

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags:
14/02/2011 - 19:26

Duas peças exóticas

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, colunista e crítica teatral do Aplauso Brasil

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Em cartaz no Miniteatro da praça Roosevelt Decifra-te ou me Devora mistura vídeo e poesia. Claro que de

"Decrifra-te ou me Devora" - foto de João Caldas

teatro mantém a presença dos atores que declamam, ou melhor, dizem versos calmamente. O tema é lindíssimo: a paixão cega e incontrolável, dessas que não possibilita conhecer o outro porque a emoção é forte demais.

O roteiro é dos dois ótimos atores (Helô Cintra e João Paulo Lorenzon) e do diretor como sempre competente Elias Andreato.

O cenário é também de Elias, os belos figurinos de Laura Andreato, e a iluminação eficiente de Marcelo Lazzaratto.

É um mínimo teatro e uma peça curta, mas vale ver.

AíPod, em cartaz no Teatro Nair Bello (Shopping Frei Caneca), Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , ,
14/02/2011 - 17:06

Seleção de elenco para grupo de Niterói

Compartilhe: Twitter

Grupo teatral de Niterói realizando seleção de elenco para atuar em seus espetáculos, a princípio produções dirigidas ao publico infantil, para apresentações nos teatros de Niterói e, também, projeto escola.

Os candidatos devem ter experiência, mesmo sem necessitar de DRT.

Envie seu material (Foto e curriculum) para e-mail sergiodipaulla@hotmail.com ou sergiodipaulla@yahoo.com.br.

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags:
14/02/2011 - 14:23

Veja entrevista exclusiva de Jum Nakao ao Manga Cenográfica

Compartilhe: Twitter

Alexandre D' Angeli é colunista-parceiro do Aplauso Brasil

Por Alexandre D’ Angeli do site Manga Cenográfica parceiro do Aplauso Brasil

Jum Nakao é um artista que é capaz de conciliar em suas produções desde os recursos da tecnologia digital à sofisticação de peças únicas confeccionadas à mão. Graduado em Artes Plásticas pela FAAP, cursou extensão em História da Vestimenta pelo SENAC, foi a grande revelação da 6a Edição do Phytoervas Fashion em 1996, trabalhou como diretor de estilo da ZOOMP e uma infinidade mais de projetos. Recomendo visitar o bio do artista.  Em 2004, no São Paulo Fashion Week, durante uma performance em que, ao final do desfile, modelos rasgaram elaboradas roupas feitas de papel vegetal, é que acontece o grande “bum” em torno do trabalho deste artista brasileiro, neto de japoneses, lançando-o mundo à fora.

Entrei em contato com Jum Nakao no final do ano passado para tentar marcar uma entrevista, achando que teria que disputar um horário bem apertado para conversarmos, mas

Jum Nakao

graças a uma brecha entre um projeto e outro Jum me recebeu no seu espaço, na zona sul da capital paulista.

Confesso que fiquei um pouco ansioso com o fato de entrevistá-lo, pois além da admiração que tenho pelo seu trabalho, é inegável o quanto Jum nos afeta com a forma com que cria e elabora seus projetos – uma lista enorme, pois atualmente ele transita em várias áreas e está envolvido em diversas ações.

É fato que não houve jeito de não passar por “A Costura do Invisível”, memorável projeto que repercute até hoje. O próprio Jum, numa parte da conversa citou que há um Jum Nakao antes e depois deste trabalho e completa: “ Há pessoas que dizem – lembra aquele que fez as roupas de papel? Pois é… é ele.”  O que gera um momento de descontração na nossa conversa.

Assim, meu maior interesse foi saber como Jum pensa as etapas do fazer, o que possibilitou contemplar na entrevista desde a afinidade pelas artes visuais quando se pensa num vetor para um novo  projeto, a importância da qualificação técnica e a crença em plataformas colaborativas de trabalho.

Mais informações a respeito do artista: www.jumnakao.com.br
<a href="“>

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Dança, Música e Cinema, Multimídia Tags:
Voltar ao topo