Publicidade

Publicidade
03/05/2011 - 16:53

Um Édipo enxuto chega hoje ao Teatro Eva Herz

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Eucir de Souza é Édipo (na foto Tânia Bodenzan e Claudio Fontana

Primogênito dos suspenses policiais, Édipo Rei, tragédia grega de Sófocles, escrita há quase dois mil e quinhentos anos exerce fascínio desde tempos imemoriais. Freud, valeu-se do mito grego – o filho que mata o pai e desposa a mãe – para conceber o “Complexo de Édipo”, um dos alicerces da teoria da psicanálise, revolução que marca a virada do século 19 para o 20.

“A diferença entre um suspense policial e a tragédia de Sófocles (‘Édipo Rei’) é que nesta você sabe o final e você fica tentando imaginar como os personagens vão reagir. Essa descoberta que acho fabulosa”, afirma Elias Andreato quem assina a adaptação, Édipo, e direção da montagem que estréia na terça-feira (3), 21h, no simpático Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura.

Bastante enxuta -7 atores apenas (Eucir de Souza, Tânia Bondezan, Elias Andreato, Romis Ferreira, Daniel Maia e Clóvis Tôrres), sendo um deles, o ator Nilton Bicudo, representante do coro de cidadãos tebanos – e direta – sem cenários grandiosos e a opção por figurinos básicos e neutros –, Édipo fez sua estreia nacional no início de abril, durante o vigésimo Festival de Curitiba.

A concepção de Andreato, intérprete de Tirésias e que conta com a assistência de direção de André Acioli, deixa clara a equação em que o entendimento do que se fala e o cuidado em emitir claramente as palavras resulta na vocação popular da tradição oral.

“Trabalhei com os atores para darmos ao texto a naturalidade necessária à compreensão da fábula, sempre preocupados com a poética do texto que não tem nada de coloquial”, explica Andreato.

Ficha Técnica:

Autor: SÓFOCLES

Adaptação: ELIAS ANDREATO

Elenco: EUCIR DE SOUZA, TÂNIA BONDEZAN, ROMIS FERREIRA,

NILTON BICUDO, DANIEL MAIA, CLÓVYS TORRES e ELIAS ANDREATO

Música Composta: DANIEL MAIA

Desenho de Luz: WAGNER FREIRE

Figurino: LAURA HUZAK ANDREATO e MARC LAB

Cenário: ELIAS ANDREATO

Acordeons: DANIEL MAIA, NILTON BICUDO E CLÓVYS TORRES

Programação Visual: ELIFAS ANDREATO

Fotos: ÁGUEDA AMARAL

Direção de Produção: MARLENE SALGADO

Assistente de Direção: ANDRÉ ACIOLI

Direção Geral: ELIAS ANDREATO

ÉDIPO

Teatro Eva Herz (166 lugares)

Avenida Paulista, 2.073 – Livraria Cultura / Conjunto Nacional

Informações:             (11) 3170-4059       – www.teatroevaherz.com.br

Bilheteria: Terça a sábado, das 14h às 21h. Domingo, das 12h às 19h. Em feriado, sujeito à alteração. Aceita todos os cartões de crédito. Não aceita cheque.

Vendas pela internet: www.ingresso.com

Vendas por telefone: 4003-2330

Terças, às 21h

Ingressos: R$ 40

Duração: 70 minutos

Classificação Etária: 14 anos

Estreia dia 03 de maio

Temporada: até 21 de junho

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags:

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo