Publicidade

Publicidade

Arquivo de maio 15th, 2011

15/05/2011 - 13:06

Realismo sem culpa em Sem Pensar

Compartilhe: Twitter

A atriz Denise Fraga

Michel Fernandes, especial para o Diário de São Paulo (Michel@aplausobrasil.com)

Texto publicado na edição impressa de 14/05/2011

Há uma vertente dos artistas e pensadores de teatro que repudiam a cena realista/ naturalista como se o realismo fosse um modelo que nega a potência da teatralidade. O novo espetáculo de Denise Fraga filia-se ao teatro realista, o oposto de seu último trabalho, A Alma Boa de Setsuan, em que, diz a atriz, “a teatralidade é elevada à máxima potência”, o que, em lujgar de intimidar, deixa a atriz mais estimulada.

“O mais importante é  encontrar a verdade. A teatralidade independe da mínima ou da máxima potencia, porque quando você isola uma realidade numa caixa teatral ela  ganha uma verdade outra dentro da peça”, conclui.

VEJA TAMBÉM  Making of de Sem Pensar em seis episódios

CLIQUE AQUI para saber mais.

Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas Tags:
15/05/2011 - 13:01

Denise Fraga volta ao TUCA em peça de adolescente

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, especial para o Diário de São Paulo (Michel@aplausobrasil.com)

Texto publicado na edição impressa de 14/05/2011

Ano passado, a atriz Denise Fraga encabeçava o elenco do premiado espetáculo A Alma Boa de Setsuan, de Bertolt Brecht, que cumpriu quase um ano de temporada popular na sala principal do TUCA, Teatro da Universidade Católica (a PUC). Na última sexta-feira (13) ela subiu ao mesmo palco com sua nova peça: Sem Pensar, da adolescente (ela tinha 17 anos quando sua peça de estreia, em 2010, chamou a atenção do público e da crítica que lotou o Royal Court Theatre) inglesa Anya Reiss, dirigida pelo cineasta Luiz Villaça, com quem é casada.

Apesar das pessoas imaginarem que a peça é autobiográfica, ela explica que não, “são apenas situações pelas quais ela passou”, conta a atriz Denise Fraga quem vive Vickie, a mãe. Fraga credita à idade da autora o recorte da adolescência com propriedade.

“Ela sabe o que fala com conhecimento de causa total”, afirma.

A trama gira em torno do cotidiano de uma família com os típicos problemas do dia-a-dia. Vickie (Denise) e Nick (Kiko Marques) são os pais de Delilah (Julia Novaes), às vésperas de completar 13 anos, que cai de amores por Daniel (Kauê Telolli), rapaz de 20 e poucos anos, inquilino do casal. Os pais de Delilah vivem em “constante crise”, adianta a atriz, e no dia em que Delilah completará 13 anos de idade, os dois levam um susto quando a filha conta que tem um namorado.

“Quando isso acontece Vickie não acredita, porque seu primeiro beijo foi só quando tinha 14 anos”, diz Denise Fraga. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas Tags:
Voltar ao topo