Publicidade

Publicidade
01/06/2011 - 19:28

Espectros: clássico de Ibsen revisitado por Bergman

Compartilhe: Twitter

Elenco de "Espectros"

Maurício Mellone, para o site Favo do Mellone, parceiro do Aplauso Brasil

Com direção de Francisco Medeiros, a peça está em cartaz no Sesc Consolação e é uma produção da Cia Mamba das Artes. No elenco, Clara Carvalho, Nelson Baskerville, Plínio Soares, Flavio Barollo e Patrícia Castilho

Montagens de clássicos do teatro são sempre muito louváveis. Quando o clássico recebe uma adaptação de outro mestre das artes, aí passa a ser um presente para o público. É o acontece com Espectros — com temporada até 12 de junho no Teatro Anchieta, SESC Consolação —, de Henrik Ibsen, adaptado por Ingmar Bergman. A peça original é de 1881 e em 2002 o cineasta e diretor teatral traduziu e trouxe para o século 21 o drama que escandalizou a Europa quando foi  encenada.

Com direção de Francisco Medeiros, a peça retrata a volta do filho (Flavio Barollo) para a cerimônia de inauguração de um orfanato em homenagem póstuma ao pai.

A mãe, vivida por Clara Carvalho, havia internado o filho num colégio e, com sua chegada, o passado da família vem à tona.

Nelson Baskerville e Clara Carvalho em "Espectros"

A verdadeira história daquela família vai se revelando no decorrer da trama, como num suspense. A cumplicidade do pastor (vivido por Nelson Baskerville) com a dona da casa, o mistério compartilhado com o carpinteiro da obra (Plínio Soares) e o envolvimento do garoto com a empregada da casa (Patrícia Castilho) culminam num final avassalador.

Os espectros que rondam aquela casa deixam o espectador ainda mais envolvido com a trama.

Por lidar com dramas familiares e de forma contundente, a peça é extremamente contemporânea.

Para o diretor “Ibsen foi um dos grandes retratistas de seu tempo e sua obra desnuda a sociedade da época, mostrando o lado obscuro da sociedade e da família, um dos pontos que torna Espectros muito atual”.

O criativo cenário de Marcio Medina e Cesar Santana (as pilastras que se movem alterando o fundo e frente da casa), a iluminação sensível de Wagner Freire e a interpretação marcante de Clara Carvalho e Flavio Barollo são os grandes destaques desse clássico revisitado.

Roteiro:
Espectros
.Texto original: Henrik Ibsen; adaptação: Ingmar Bergman; direção: Francisco Medeiros; elenco: Clara Carvalho, Nelson Baskerville, Plínio Soares, Flavio Barrollo, Patrícia Castilho; Tradução: Carlos Rabelo; dramaturgista: Tereza Menezes; direção musical: Eduardo Agni; iluminação: Wagner Freire ; cenografia: Marcio Medina e Cesar Resende Santana; figurinista: Marichilene Artiesevskis; dramaturgia corporal: Neide Neves;fotógrafo: Ronaldo Gutierrez; Produção executiva: Leandfro Viana e Jamil Kubruk

Serviço: Teatro Anchieta – Sesc Consolação Rua Dr. Vila Nova, 245, Tel. 3234.3000. Sexta e Sábado às 21h; domingo às 19h. Ingressos: R$ 32 e R$ 16 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 8 (trabalhador no comércio e serviço matriculado no SESC e dependentes). Capacidade: 320 lugares. Duração: 90 minutos. Recomendação: 14 anos. Informações da bilheteria: Você pode comprar os ingressos para os eventos do SESCSP em qualquer unidade. Formas de pagamento: Dinheiro e cheque (à vista); cartões: Visa, Visa Electron, Mastercard, Mastercard Electronic, Maestro, Redeshop e Diners Club International (crédito e débito). Temporada: até 19 de junho.

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags:

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo