Publicidade

Publicidade
03/06/2011 - 21:51

Cia. O Grito estreia 1001 Fantasmas no Teatro Eva Herz

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Alessandro Hernandez e Teca Spera em "1001 Fantasmas"

Dirigidos por Roberto Morettho, os atores Alessandro Hernandez, Léia Rapozo, Pedro Schwarcz e Teca Spera, dão vida às personagens do livro  1001 Fantasmas, de Heloísa Prieto (Cia. das Letras),que dá nome ao espetáculo que estreia neste sábado (4), 17h30, no Teatro Eva Herz.

Na montagem, um grupo de crianças se une para enfrentar dois caça-fantasmas que querem sugar a boa energia dos seres do mundo visível e invisível. Para combatê-los, elas recorrem à força da Sociedade Secreta 1001 Fantasmas, formada por crianças e adultos que ainda conseguem enxergar os mistérios e as belezas da vida.

Vitor Aligheri é um menino que vive numa cidade grande e mora com os pais. Um dia, chega à sua casa o Tio Ademar e fatos inexplicáveis começam a acontecer. De um momento para o outro, o garoto se vê sozinho e em apuros. É então que ele encontra um anúncio de jornal sobre a Sociedade Secreta 1001 Fantasmas e decide escrever uma carta pedindo ajuda. Quando chega a resposta, Vitor descobre um novo mundo, cheio de mistérios e segredos.

O ator Pedro Schwarcz

A música, criada por Mariane Mattoso, além de pretender acionar os mistérios invisíveis, torna palpáveis os sentidos das personagens. O som  busca evocar e criar um encontro entre o real e o metafísico em cena.

Os figurinos-cenográficos e os figurinos-objetos criados por Telumi Hellen vêm ao encontro das propostas do grupo e da dramaturgia. Eles revelam outros tempos e lugares contidos nas histórias e nas personagens. São a representação das camadas visíveis e invisíveis que compõem a história apresentada e que, ao mesclar ambientes e roupas, proporcionam a elaboração de variados signos e significados. As histórias contadas através da atuação da imaginação, da invenção e da brincadeira inspiraram a criação dos figurinos base, dos figurinos cenográficos e dos figurinos objetos.

Marisa Bentivegna cria um cenário lúdico e flexível. Em estruturas com rodas, uma casa se transforma de acordo com o jogo dos atores/personagens, ambientando esteticamente os mistérios contidos na “casa fábula fantasmagórica”.

Ficha Técnica:

Direção: ROBERTO MORETTHO

Dramaturgia: ALESSANDRO HERNANDEZ e ROBERTO MORETTHO

Elenco: ALESSANDRO HERNANDEZ, LÉIA RAPOZO, PEDRO SCHWARCZ e

TECA SPERA

Cenário e iluminação: MARISA BENTIVEGNA

Figurinos: TELUMI HELLEN

Adereços: TELUMI HELLEN  e CIA O GRITO

Trilha Sonora original: MARIANE MATTOSO

Maquiagem: TELUMI HELLEN e TECA SPERA

Produção Geral: CIA O GRITO DA COOPERATIVA PAULISTA DE TEATRO

1001 FANTASMAS

Teatro Eva Herz (166 lugares)

Avenida Paulista, 2.073 – Livraria Cultura / Conjunto Nacional

Informações: (11) 3170-4059 – www.teatroevaherz.com.br

Bilheteria: Terça a sábado, das 14h às 21h. Domingo, das 12h às 19h. Em feriado, sujeito à alteração. Aceita todos os cartões de crédito. Não aceita cheque.

Vendas pela internet: www.ingresso.com

Vendas por telefone: 4003-2330

Sábados, às 17h30

Ingressos: R$ 30

Duração: 60 minutos

Classificação Etária: 5 anos

Estreia dia 04 de junho

Temporada: até 30 de julho

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo