Publicidade

Publicidade

Arquivo de junho 26th, 2011

26/06/2011 - 04:01

O gay através dos tempos

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michelfernandes@superig.com.br)

André Fischer

Como bem coloca André Fischer no prefácio do livro”Frescos Trópicos”, “um garoto que chegou à adolescência em meados dos anos 1990 não é capaz de imaginar o que significaria assumir sua homossexualidade até a época em que nasceu”.

Conhecendo um pouco o fio da história podemos evitar que erros se perpetuem e, também, perceber que para conquistar um mínimo de dignidade, os homossexuais arregaçaram mangas, lutaram com serpentes terríveis e suaram suas camisas. Além do que já é conquista de fato, muito se tem que trabalhar para lapidar a liberdade. Não adianta achar que a vitória é nossa (sou gay assumido), que somos completos e bem-sucedidos, porque sucesso é que nem espuma de sabão, é só chover que desaparece. Só o trabalho continuado que sobrevive. Incansável e sólido.

LEIA TAMBÉM

Movimento gay tem bastante história pra contar

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas Tags:
26/06/2011 - 03:39

Movimento gay tem bastante história pra contar

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michelfernandes@superig.com.br)

Milhares de pessoas são esperadas na Parada Gay de São Paulo

A décima quinta edição da Parada do Orgulho LGBT, ou simplesmente a Parada Gay de São Paulo, um evento que reúne milhares de pessoas vindas de todas as regiões brasileiras, além de um público internacional que cresce a cada ano, começa logo mais e o momento festivo é bastante adequado para olharmos para trás e descobrir que o Movimento Gay já tem história para contar. Uma história marcada pela perene resistência. Mesmo hoje, quando a compreensão da diversidade parece maior,  não são poucos os casos em que a agressão aos homossexuais persiste. Por isso o tema desse ano é “Amai-vos Uns Aos Outros: Basta de Homofobia”.

Pensando em instrumentalizar-se para que nossa resistência tenha mais força, a leitura de alguns livros parece bastante oportuna.

Capa de "Frescos Trópicos"

A proposta de reunir textos de diferentes fontes como cartas, relatórios clínicos, matérias jornalísticas, entre outros documentos não formais, é o fio condutor da série Baú de Histórias, da editora José Olympio. Em “Frescos Trópicos”, organizado por James N. Green e Ronald Polito, textos reveladores sobre como a homossexualidade era encarada no Brasil entre 1870-1980 é o tema do pequeno livro que, por ser de fácil e deliciosa leitura (e num formato que se pode carregar no bolso do casaco).

Subdividido em quatro tópicos, em “Frescos Trópicos” temos um breve panorama de como as questões da homossexualidade evoluíram no Brasil desde o império, no final o século 19. Por exemplo, ser homossexual no império – no final do século 19 (1870) – era caso de polícia, com previsão penal e tudo o mais. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas Tags:
Voltar ao topo