Publicidade

Publicidade

Arquivo de junho, 2011

19/06/2011 - 22:20

As muitas faces de um só ator

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, crítica publicada no Diário de São Paulo dia 18 de junho de 2011 (Michel@aplausobrasil.com)

Edwin Luisi em "Eu Sou Minha Própria Mulher"

Em seu último solo no teatro, Eu Sou Minha Própria Mulher, de Douglas Wright, dirigida por Herson Capri e Susana Garcia, o ator Edwin Luisi deu vida a mais de duas dezenas de personagens – todos marcados por uma característica gestual e vocal que diferenciava cada um dos papéis – para dar vida à Charlotte von Mahlsdorf, uma alemã que nasceu homem, mas que resolveu travestir-se seguindo sua verdadeira orientação sexual. A personagem realmente existiu e sobreviveu numa Alemanha marcada pelas perseguições do nazismo e do regime comunista aos gays.

Edwin compôs cada um dos personagens com tamanho talento e habilidade que o resultado não poderia ser outro: ele ganhou todos os prêmios de Melhor Ator do Rio de Janeiro. O ator promete trazer o espetáculo em 2012 para São Paulo.

TANGO, BOLERO e CHA CHA CHA

TEATRO SHOPPING FREI CANECA (600 lugares)

Rua Frei Caneca, 569 – 6º andar – Consolação

Informações: (11) 3472-2229/ 2230

Bilheteria: Terça a domingo, das 13h às 19h. Em dias de espetáculo, até o início da apresentação.

Aceita os cartões de crédito Visa, Mastercard, Dinners e Amex. Débito: Redeshop e Visa Electron

Vendas pela internet: www.ingressorapido.com.br

Vendas pelo telefone: 4003.1212

www.tangoboleroechachacha.com.br | Twitter: @TangoBoleroCha

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags:
19/06/2011 - 22:05

Edwin Luisi celebra 40 anos de carreira revivendo Lana Lee

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, crítica publicada no Diário de São Paulo dia 18 de junho de 2011 (Michel@aplausobrasil.com)

Comédia é dirigida por Bibi FerreiraUma década depois de estrondoso sucesso com a comédia Tango, BmEloy Araújo, sob direção assertiva de Bibi Ferreira – veterana diretora de comédias bem-sucedidas como Procura-se um Tenor e Qualquer Gato Vira-lata Tem Uma Vida Sexual Mais Sadia Que a Nossa –, o ator Edwin Luisi volta à cena com a hilária transexual Lana Lee para celebrar 40 anos de uma pródiga carreira seja na televisão (quem se esquecerá de sua personagem em A Escrava Isaura?) ou no teatro (Amadeus, Com a Pulga Atrás da Orelha, Eu Sou Minha Própria Mulher, entre outros).

Em cartaz até 26 de junho no Teatro do Shopping Frei Caneca, a peça gira em torno de uma família em que Daniel, o pai (Edwin Luisi), após abandonar seu lar por mais de dez anos, envia uma carta a sua ex-esposa, Clarice, dizendo que fará uma visita a ela e a a seu filho, o agora adolescente, Denis (Johnny Massaro) que só conhece o pai por foto. Os dois reagem revoltosamente ao aviso da visita surpresa, mas Clarice não consegue esconder que, mesmo depois de uma década e do abandono, sua paixão por Daniel.

Eis que, na data marcada para a visita, toca a campainha e uma mulher espalhafatosa e à beira de um ataque de nervos é atendida por Denis que, depois de cantá-la, finge ser um motoboy e sai.

A mulher à espera é Lana Lee (Edwin Luisi) que, antes de submeter-se a uma cirurgia de mudança de sexo, foi Daniel. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags:
18/06/2011 - 17:38

Inscreva-se na Fundação das Artes

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Dança na Fundação das Artes

A Fundação das Artes, da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) da Prefeitura de São Caetano do Sul, recebem inscrições para os testes classificatórios dos cursos livres e profissionalizantes das escolas de Música, Artes Visuais, Dança, Música e Teatro. As inscrições podem ser feitas na Fundação das Artes (Rua Visconde de Inhaúma, 730, Bairro Nova Gerty), até 7 de julho, de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h, e aos sábados, das 9h às 12h.

Para se inscrever, os interessados devem efetuar o pagamento da taxa de R$ 15, apresentar cópias simples do documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF e de um comprovante de residência, além de 2 fotos 3×4. Os testes são classificatórios, ou seja, todos os candidatos são avaliados e encaminhados para cursos específicos, de acordo com o seu grau de conhecimento. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema, Notas e Oportunidades Tags:
18/06/2011 - 17:10

Trabalho para sósias

Compartilhe: Twitter

A cantora Shakira

A Núcleo S Produções seleciona sósias de cantores que irão se apresentar no Rock’n Rio, para trabalhar durante 6 dias, recebendo R$ 400 por dia.

Envie e-mail com foto para Suze Bauer suzebauer@yahoo.com.br com a máxima urgência.

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags:
17/06/2011 - 21:06

Confira galeria de fotos da versão de Hamlet dirigida por Cacá Carvalho

Compartilhe: Twitter

Fotos de Ensaiohamlet.com, direção e adaptação de Cacá Carvalho, com o Núcleo Experimental do SESI-SP. Até domingo. Entrada franca.

[slideshow id=36]

LEIA TAMBÉM

Peça gratuita encerra temporada neste domingo

Autor: - Categoria(s): GALERIA DE FOTOS Tags:
17/06/2011 - 19:39

Guilherme Weber e Natália Lage abrem Mostra Sutil 18 Anos

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Mostra Sutil -THOM PAIN LADY GRADY -foto Carol Sachs

Para celebrar a maioridade de uma das principais representantes da cena contemporânea, a Sutil Companhia de Teatro, nada melhor que a estreia de seu mais recente espetáculo, Trilhas Sonoras de Amor Perdidas, às 20h de amanhã no SESC Belenzinho.

Dirigida por Felipe Hirsch e protagonizada por Guilherme Weber e Natália Lage, os dois primeiros são fundadores da Sutil, a peça teve sua estreia nacional em abril passado, durante a vigésima edição do Festival de Curitiba, e traz a tocante história de um casal cuja trajetória é toda pontuada por músicas que a marcaram.

Esse set list está gravado em fitas cassete que são leitmotiv das lembranças desse amor que se perdeu, desde a morte da mulher.

Trilhas Sonoras de Amor Perdidas é a primeira atividade da Mostra Sutil Companhia de Teatro – 18 Anos que terá a re-estreia de Não Sobre o Amor e Thom Pain & Lady Grey e outras atividades paralelas como debates e mostra de cinema e vídeo.

MOSTRA SUTIL COMPANHIA DE TEATRO 18 ANOS Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags:
17/06/2011 - 15:58

ATENÇÃO: Corrigido serviço de peça

Compartilhe: Twitter

"Fio das Missangas" é encenado na Funarte

O serviço que passamos semana passada, da peça O Fio das Missangas, a partir de contos do moçambicano Mia Couto, concebido e dirigido por Bruna Bressani e Pedro Lopes, indicava que a peça estava em cartaz, até o dia 3 de julho, no Viga Espaço Cênico, entretanto, a peça segue em cartaz no Teatro da Funarte como segue abaixo.

LEIA AQUI

Texto baseado em contos de autor moçambicano estreia em São Paulo

SERVIÇO

O FIO DAS MISSANGAS

FUNARTE – Fundação Nacional de Artes

Alameda Nothmann, 1.058 – Santa Cecília. Tel.: (11) 3662-5177

ESTREIA: 10/06/2011

Horários: sextas e sábados às 21:30h e domingos às 20:30h

Temporada de 10 de junho a 03 de julho de 2011

Ingressos: R$ 20,00 (inteira), R$ 10,00 (meia-entrada)

55 LUGARES

Duração: 90 minutos

Recomendado para maiores de 14 anos

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags:
16/06/2011 - 20:05

Peça gratuita encerra temporada neste domingo

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

acá

"Estudohamlet.com" é dirigida por Cacá Carvalho

Você tem apenas até domingo (26) oportunidade de assistir a re-leitura que o ator Cacá Carvalho dirige da obra-prima Hamlet, de William Shakespeare. Estudohamlet.com tem no elenco os jovens atores do Núcleo Experimental de Artes Cênicas do SESI-SP e é apresentado no Mezanino do Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso.

Para o diretor Cacá Carvalho, trata-se de um grande desafio nesses novos tempos de bytes e banda larga. “Este Hamlet, relido pela linguagem digital, é um link que leva a discursos de diferentes épocas e visões de mundo — jovens e velhos que não se completam em tempos que chegam e passam, teatros onde se ensinam conceitos que não se renovam”, explica. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags:
16/06/2011 - 15:07

Seja Mestre em Artes Cênicas pela UNIRIO

Compartilhe: Twitter

A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PROPG) e a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC), do Centro de Letras e Artes da UNIRIO, informam a anulação do Edital nº 22 e a reabertura das inscrições para o processo seletivo discente do curso de Mestrado em Artes Cênicas, com oferta de até 15 vagas.

Para que não haja prejuízo a nenhum candidato, está assegurada a  confirmação das inscrições realizadas durante o período de vigência das inscrições do Edital nº 22. Assegura-se também a estes candidatos inscritos a possibilidade de retirarem sua documentação para efetuarem nova inscrição durante o período de vigência das inscrições deste Edital (número 23).

As inscrições devem ser feitas na Secretaria do PPGAC (no térreo da Escola de Teatro da UNIRIO – Av. Pasteur, 436, Urca), entre os dias 8 e 13 de julho, das 10h às 15h.

Candidatos que não puderem comparecer podem fazer a inscrição via Sedex, em correspondência enviada para a Secretaria da Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC) do Centro de Letras e Artes – Avenida Pasteur, 436, fundos, Urca, Rio de Janeiro, CEP 22.290-240.

A ficha de inscrição será fornecida pela Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , ,
15/06/2011 - 20:58

Finalmente um musical caipira

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Um Dia Ouvi a Lua", de Luís Alberto de Abreu

São Paulo agora virou o rei do musical internacional no país, mas não é que surge um musical caipira, com confissões de personagens em português paulista – o caipira – que são apresentadas em forma de quadrilhas e cantos de São João? O espetáculo chama-se Um Dia Ouvi a Lua e está em cartaz no Teatro Coletivo (ex-Fábrica), na rua da Consolação 1623, sextas e sábados às 21h e domingos às 20h.

O texto de Luiz Alberto Abreu privilegia a ponto de vista das mulheres e a ação se passa numa cidade pequena. Mas a brilhante direção de Eduardo Moreira (Grupo Galpão), com co-direção de Cláudio Mendel, é que confere leveza às histórias contadas com danças juninas e cantos. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags:
Voltar ao topo