Publicidade

Publicidade

Arquivo de julho 7th, 2011

07/07/2011 - 22:06

Refletir sobre a homossexualidade é objetivo de peça

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, para o site Favo do Mellone, parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Cena de espetáculo inspirado em livro de João Silvério Trevisan

Dizer e Não Pedir Segredo volta a ser apresentada, até o dia 18, sempre aos sábados e domingos o espetáculo é encenado no Teatro Ivo 60, na Rua Teodoro Baima, 78

Depois de pequena e bem sucedida temporada no final do ano passado, a peça Dizer e Não Pedir Segredo volta a ser apresentada em São Paulo, dessa vez no Teatro Ivo 60.

O espetáculo é o resultado de uma longa pesquisa cujo objetivo era refletir sobre a homossexualidade no Brasil, “de tentar entender o que seria a construção de uma identidade gay em paralelo à construção de uma identidade brasileira”, segundo Luiz Fernando Marques, que assina a direção. O livro Devassos no Paraíso – A homossexualidade no Brasil, da Colônia à Atualidade, de João Silvério Trevisan, foi o ponto de partida da montagem. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags:
07/07/2011 - 19:42

Sua Incelença, Ricardo III abre 11ª edição do FIT

Compartilhe: Twitter

Franklin Catan, especial para o Aplauso Brasil (Franklin@aplausobrasil.com)

"Sua Incelença, Ricardo III", direção de Gabriel Vilella para peça de Shakespeare

O grupo Clowns de Shakespeare, de Natal (RN), abre a programação do 11º Festival Internacional de Teatro (FIT) de São José do Rio Preto logo mais (às 20h) no Anfiteatro Nelson Castro, na Represa Municipal, com Sua Incelença, Ricardo III, uma releitura de Ricardo III, de William Shakespeare, com a expectativa de aproximadamente 4 mil pessoas na platéia.

Sua Incelença, Ricardo III faz parte da Mostra Petrobras, que destaca cinco espetáculos de grupos patrocinados pela estatal – também estão na lista O Grande Circo dos Irmãos Saúde, do Circo Teatro Artetude, de Brasília (DF), Ópera dos Vivos, da Companhia do Latão, de São Paulo, Oxigênio, da Companhia Brasileira de Teatro, de Curitiba (PR), e Till, A Saga de um Herói Torto, do Grupo Galpão, de Belo Horizonte (MG) (que encerra o FIT).

O título do espetáculo de abertura permite uma dupla leitura. Ao mesmo tempo em que “sua incelença” é uma expressão regional, que representa o pronome de tratamento sua excelência, é também o nome dado à cantigas típicas do Nordeste, geralmente atreladas a rituais fúnebres. Tais músicas, com ciclos de repetições de melodia e letra, mesclam-se a clássicos do pop inglês, incluindo Bohemian Rhapsody, da banda Queen.

Mas não é só a trilha sonora que cria pontes entre a cultura popular brasileira e o universo elisabetano. De um lado, cenografia, figurino e sotaque caracterizam o sertão. De outro, há a base da fábula britânica de William Shakespeare, Ricardo III. A trama se passa no final da Guerra das Rosas, conflito sucessório pelo trono da Inglaterra, que ocorreu entre 1455 e 1485. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , ,
Voltar ao topo