Publicidade

Publicidade

Arquivo de julho 15th, 2011

15/07/2011 - 21:18

Fábio Assunção e Norival Rizzo no mínimo surpreendentes

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Fábio Assunção surpreende como mendigo

Quem já admira muito os trabalhos de Fábio Assunção e Norival Rizzo como atores, vai ficar de queixo caído se e quando for assistir ao espetáculo Adultérios, de Woody Allen. O galã da Globo – que interpreta um morador de rua – abdica de seus olhos azuis com uma maquiagem que esconde muito de seu charme e consegue convencer à platéia de que é seu personagem. O mesmo pode ser dito de Norival. Seus personagens costumam aparentar ser extremamente inteligentes  e cheios de malícia, mas não é o caso. Convence a platéia interpretando um comportado pobre de espírito, se quiserem um “panaca” ou na linguagem jovem um “nerd”.

Essa leitura não parece criação do autor, mas ótima ideia do diretor Alexandre Heinecke, pois ambos são publicitários, um bem sucedido e outro sem emprego e por isso morador de rua. É fantástico, pois ambos assumem papéis opostos aos quais nos acostumamos a identificá-los, e colocam em xeque a imagem que fazíamos dele. Não citei Carol Moriottini que contracena com a dupla masculina, pois tem aparição rápida, mas ela está ótima, além de bonita como o papel exige. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags:
15/07/2011 - 18:47

Comédia de época ganha boa adaptação de Miguel Falabella

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, para o site Favo do Mellone, parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"A Escola do Escândalo"

Clássico de Richard Sheridan inédito no país traz no elenco 10 atores, entre eles Maria Padilha, Bruno Garcia, Tonico Pereira, Cristina Mutarelli, Rita Elmôr, Armando Babaioff e Jacqueline Laurence

Uma escola do escândalo! Digam lá! De vossa parte:
É preciso professor para ensinar tal arte?
Maledicência, meus caros, não se aprende na escola.
Mais difícil é ensinar um menino a jogar bola!
As línguas ferinas trabalham nas revistas, nos jornais,
Expondo as intimidades dos amantes, dos casais,
E se alguma maldade é ouvida, isso por certo é o que basta!

Em se tratando de Brasil, esse trecho do prólogo da comédia de Richard Scheridan A Escola do Escândalo , em cartaz no Teatro Raul Cortez, cai como uma luva! Somos o país dos escândalos: só nesse ano em Brasília quantos já não ouvimos falar pela mídia diariamente? Os vários da Casa Civil (no plural mesmo), o atual do Ministério dos Transportes e assim vamos! Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags:
15/07/2011 - 00:18

José Possi Neto dirige novo texto de Célia Forte

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso (Michel@aplausobrasil.com)

Conflito entre gerações marca "Ciranda"

Ano passado, Célia Regina Forte promoveu uma leitura dramática de Ciranda, seu segundo texto, no Teatro Eva Herz, sob direção de José Possi Neto e com Tânia Bondezan e Daniela Galli no elenco. Neste sábado (16), no mesmo teatro, com o mesmo diretor e as mesmas atrizes, o espetáculo estreia pra valer.

O texto coloca em cena três mulheres sendo duas delas apresentadas em duas fases, ou seja, Tânia interpreta o papel da mãe da personagem de Daniela, uma ex-hippie que teve um flerte com a ideologia comunista em pleno período da Ditadura Militar na sua juventude. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags:
Voltar ao topo