Publicidade

Publicidade
02/08/2011 - 18:05

Uma Comédia que é uma obra-prima

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Crítica de "Mais Respeito Que Sou Tua Mãe"

Cláudia Jimenez e Miguel Falabella, juntos, já nos legaram grandes momentos da comédia brasileira. Quem, como eu, assistiu à Como Encher um Biquíni Selvagem, texto de Miguel, onde a atriz em um monólogo interpretava com maestria dez personagens, sabe do que estou falando. Agora, esta maravilhosa dupla nos apresenta outra comédia deliciosa. Mais Respeito que sou Tua Mãe, texto de Hernán Casciari, cuja versão teatral foi realizada pelo ator Antônio Gasalla. O segundo ficou conhecido recentemente, no Brasil, por sua atuação no filme argentino Dois Irmãos. E coube a Miguel a adaptação e direção do original argentino, o que resultou em mais um feliz encontro teatral da dupla Falabella/ Jimenez.

A trama da peça gravita em torno de Nalva, uma dona de casa que vive às voltas com os problemas cotidianos tão comuns entre as famílias latino-americanas. A falta de dinheiro, a ausência de uma perspectiva de melhora financeira, os problemas com os filhos são alguns dos dramas vivenciados pela protagonista. Claudia vivendo Nalva hipnotiza a plateia. Não é exagero afirmar isso. Seu total domínio da cena, seu tempo de comédia único, a ruptura com a quarta parede- traço esse que a faz uma de nossas melhores intérpretes brechtianas- são algumas das diversas qualidades de seu trabalho como atriz na montagem.

Elenco de "Mais Respeito Que Sou Tua Mãe!"

Coube a Miguel criar o veículo certo para que o talento natural da atriz aparecesse. Sua adaptação para o original argentino é excelente, com ótimas piadas e mostra que ele continua com a mesma verve de grande comediógrafo. Miguel não tem pudor em brincar com a patrulha do “politicamente correto” e sabe muito bem que desde Aristófanes a escatologia é um grande recurso da comédia ocidental. Além disso, ele tem a consciência, como ninguém, que ao criar uma peça deve escolher o intérprete certo para o papel. È só lembrar que em tempos pretéritos, ele escreveu comédias para artistas como Arlete Salles, Zezé Polessa, Miguel Magno, Cláudia Raia, Luís Salém. Todos os citados tiveram interpretações históricas representando peças de Falabella.

O elenco que cerca Jimenez em Mais Respeito… também é de primeira grandeza. A começar com Ernani Moraes que já há bastante tempo, efetuou uma parceria artística com a atriz e que cria bem o típico malandro que peca pela indolência. O grande Henrique César faz o divertido velho maconheiro e o elenco de jovens composto por Gabriel Borges, Frank Borges, Séfora Rangel e Sara Freitas cria na medida certa as outras personagens.

Também merece destaque a cenografia do mestre José Dias, que cria com perfeição a ambientação de uma casa suburbana e a trilha sonora de Leandro Lapagesse com belos momentos, como a utilização da La Traviata de Puccini.

Mais Respeito que sou Tua Mãe é um dos melhores espetáculos da atualidade. Diversão da melhor qualidade e mais uma bela página na história teatral de Cláudia Jimenez e Miguel Falabella.

Ficha Técnica:

Texto: HERNÁN CASCIARI

Versão Teatral de ANTÔNIO GASALLA

Adaptação e Direção: MIGUEL FALABELLA

Elenco:

CLÁUDIA JIMENEZ

ERNANI MORAES

FRANK BORGES

GABRIEL BORGES

SARA FREITAS

SÉFORA RANGEL

HENRIQUE CÉSAR

Cenografia: JOSÉ DIAS

Figurinos: SÔNIA SOARES

Iluminação: CARLOS LAFERT

Trilha Sonora: LEANDRO LAPAGESSE

Mais Respeito Que Sou Tua Mãe!

Teatro Procópio Ferreira (670 lugares)

Rua Augusta, 2.823 – Cerqueira César

Informações: 3083-4475

Vendas: www.ingressorapido.com.br e tel.: 4003-1212.

Reservas e grupos:             (11) 3885-5056

Bilheteria: de terça à quinta, das 14h às 19h; de sexta a domingo, das 14h até o início do espetáculo. Acesso a deficientes físicos, ar condicionado e entrega de ingressos a domicílio.

Estacionamento conveniado na Rua Augusta, 2.673 – R$ 10,00 (período de 4 horas. Retirada de selo do estacionamento na bilheteria).

Sexta e sábado, às 21h30. Domingo, às 19h.

Ingressos: Sexta R$ 70 / Sábado R$ 90 / Domingo R$ 80

Duração: 90 minutos

Classificação: 18 anos

Gênero: Comédia

Temporada até 25 de setembro.

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo