Publicidade

Publicidade
04/08/2011 - 17:49

José Miguel Wisnik e Carlos Núñez: a mescla de sonoridades que embala o Grupo Corpo

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

JOSE MIGUEL WISNIK

Parceiro veterano do Grupo Corpo, José Miguel Wisnik juntou-se com o musicista espanhol, o galego Carlos Núñez, “especialista em instrumentos medievais”, conforme disse, e da mescla entre sonoridades surgiu a trilha composta para Sem Mim, nova coreografia do Grupo Corpo, companhia de dança de Belo Horizonte (MG).

"Sem Mim" - crédito José Luiz Pederneiras

Como meu parceiro de criação, Carlos Núñez,é espanhol, galego, trouxe as gravações das e partituras (do trovador medieval viguês,  Martín Codax) e propôs que gravássemos o material com músicos brasileiros. Ele é um instrumentista especialista nesses instrumentos galegos medievais, uma variedade de flautas, a gaita de fole – que ele é um virtuose (considerado o “Jimmy Hendrix as gaita de fole) -, enfim, trouxe uma porção de instrumentos medievais como a viola da camba que combinaram com instrumentos brasileiros como as violas caipiras instrumentos de percussão, o pandeiro. Da combinação das duas sonoridades nasceu a nossa trilha, da mescla de instrumentos antigos e atuais, das diferentes sonoridades, do mergulho para o interior como do jorro externo”, disse Wisnik.

A quarta vez compondo a trilha de um balé para o Grupo Corpo (são suas as trilhas de Nazareth; Parabelo, em parceria com Tom Zé, e Ongotô, em parceria com Caetano Veloso), José Miguel considera que é complicado fazer uma trilha só com canções já que as letras acabam por “chamar a atenção para elas, então procuramos colocar as letras entremeadas na parte musical, como se fossem camadas sobrepostas”.

CARLOS NÚNEZ

CARLOS NÚNEZ

Participam vocalmente da trilha de Sem Mim, além do próprio Wisnik, grandes nomes da nossa música como Ná Ozetti, Mônica Salmaso, Jussara Silveira, Rita Ribeiro, Milton Nascimento e Chico Buarque.

“Não é apenas a voz acompanhada da melodia e sim como se a voz fosse a extensão de um instrumento”, conclui.

Após a apresentação do Grupo Corpo, a Temporada de Dança 2011 do Teatro Alfa prossegue com: São Paulo Companhia de Dança, as coreografias Supernova, LegendInquieto Tchaikovsky Pas de Deux, em três datas, de 26 a 28 de agosto; Cia. de Dança Deborah Colker, dez apresentações da inédita coreografia Tathyana de 9 a 18 de setembro; Akram Kahn Company(Inglaterra) traz as coreografias Gnosis Vertical Road, em quatro noites, de 13 a 16 de outubro;Sasha Waltz and Guests (Alemanha) apresenta Travelogue I – Twenty to Eight, em dois dias, 29 e 30 de outubro.

Assista a um vídeo de O Corpo

Ministério da Cultura e Petrobras apresentam

GRUPO CORPO no TEATRO ALFA – SERVIÇO

local: Teatro Alfa (R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 – tel. 5693.4000)

datas: 4 a 14 de agosto, de quarta a segunda-feira

horários: quarta, quinta e sábado, 21h; sexta, 21h30; domingo, 18h

Preços: Setor I e II, R$ 100,00; Setor III, R$ 70,00 e Setor IV, R$ 40,00

Lotação: 1110 lugares

Duração: O Corpo (42m) – intervalo de 20m – Sem Mim (47m)

Classificação etária: livre

Estacionamento: Valet c/ manobrista = R$ 25,00 – Self = R$ 18,00

Como Comprar:

Por Telefone: 5693-4000 e 0300-789-3377 (Serviço exclusivo do Teatro Alfa)
Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, MasterCard e Diners Club), de segunda à sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 17h. Em dias de eventos até 1 (uma) hora antes do início dos mesmos. Os ingressos poderão ser retirados no próprio teatro no dia do espetáculo.

Ingresso Rápido – 4003.1212 – www.ingressorapido.com.br

Pessoalmente – Bilheteria do Teatro Alfa:

Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, MasterCard, Diners Club), cartões de débito (Visa Electron e Redeshop) ou dinheiro, de segunda à sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 18h. Em dias de eventos até o início dos mesmos.

Site: www.teatroalfa.com.br

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema Tags: , , , , , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo