Publicidade

Publicidade
13/08/2011 - 21:36

Provoque o Poeta começa com Grupo Corpo

Compartilhe: Twitter

Poeta do Twitter Eloy Nunes

SIGA @provoqueopoeta

"Sem Mim" - crédito José Luiz Pederneiras

Desde a semana passada, o Aplauso Brasil em parceria com Eloy Nunes, o Poeta do Twitter, começou a trabalhar com um diferente tipo de poesia que nomeamos de Provoque o Poeta, veiculada em tempo real pelo endereço @provoqueopoeta, em que Eloy posta poesias de uma linha estimulado, ou provocado, pelo espetáculo que vê. O primeiro Provoque o Poeta teve duas coreografias do Grupo Corpo, de Belo Horizonte (MG), que apresenta até esse domingo, no Teatro Alfa,  O Corpo (2000), trilha original de Arnaldo Antunes, seguido do novo trabalho de uma das principais companhias de balé brasileira, Sem Mim, trilha de Carlos Núñez e José Miguel Wisnik.

A nossos caros leitores, pedimos que deixem seus comentários sobre as poesias já postadas e, também, temas, frases e toda sorte de provocações que possam ser respondidas poeticamente.

Eloy Nunes, o Poeta do Twitter

Pé mão movimento. Vermelho pontos vermelhos. Preto homens mulheres de preto. Barulho de mar Corpo adentro. (Eloy Nunes | Grupo Corpo, O Corpo)

Quadrados e redondos, Arnaldo Antunes no ar, bailarinos a bailar. Eis O Corpo em cena, eis meu corpo na cena, Grupo Corpo. (Eloy Nunes | Grupo Corpo, O Corpo)

"O Corpo"


Balé dança popular luta marcial imitação de animal sarro virtuosismo movimento estranho dizem contemporâneo é o corpo, é O Corpo. (Eloy Nunes | Grupo Corpo, O Corpo)

Cenário neutro figurino preto rastejam balançam pulam e lá vem o samba maracatu eletrônico e o vermelho, o Corpo tão brasileiro. (Eloy Nunes | Grupo Corpo, O Corpo)

Desce sobe cai pula rigidez automatismo O Corpo mais do Corpo e fim. (Eloy Nunes | Grupo Corpo, O Corpo)

O amor é o mesmo medieval desejo igreja deus bendito e o casal dança a beleza do inaudito. (Eloy Nunes | Grupo Corpo, Sem Mim)

Verde Salmaso vermelho Wisnik terra Chico corpos Milton raízes segundas peles quinta feira frutas Sem Mim servido? (Eloy Nunes | Grupo Corpo, Sem Mim)

Uma grande rede de pesca segunda pele na pele desenhos gaitas de fole Milton Nascimento nasce Sem Mim. (Eloy Nunes | Grupo Corpo, Sem Mim)

Dançam danças em novas danças pé samba saia xadrez mar alvorada Sem Mim. Rede cheia. Fim. (Eloy Nunes | Grupo Corpo, Sem Mim)

A cortina abre o Corpo surge Sem Mim. A cortina fecha o Corpo me leva, enfim… (EloyNunes | Grupo Corpo, Sem Mim)

LEIA TAMBÉM

Autor: - Categoria(s): Colaboradores Tags:

Ver todas as notas

1 comentário para “Provoque o Poeta começa com Grupo Corpo

  1. Eloy Nunes disse:

    Vou em espetáculos prestigiados da cidade registrar minhas impressões poéticas e responder as “provocações” dos seguidores do Twitter. Sejam bem-vindos. =D

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo