Publicidade

Publicidade

Arquivo de setembro 9th, 2011

09/09/2011 - 20:03

Walderez de Barros e Gabriel Villela juntos novamente

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

A atriz Walderez de Barros

As gravações da novela Morde & Assopra, de Walcyr Carrasco, felizmente não impedirão  o que, sem dúvida, deve se configurar como acontecimento teatral: a atriz Walderez de Barros volta a ser dirigida por Gabriel Villela em Hécuba, de Eurípedes.

Hécuba, considerada um libelo anti-bélico, se passa logo após a guerra de Troia, assim como As Troianas, e tem como tema a sujeição dos vencidos pelo vencedores.A previsão é que a tragédia do grego que, entre outras, escreveu As Bacantes, Medeia e As Troianas, deve estrear em novembro no Teatro Vivo.

Na entrevista coletiva realizada na ocasião da estreia de Calígula, de Albert Camus, em novembro de 2009, Villela falava sobre o intento de encenar Hécuba, protagonizada por Walderez. Pois que venha Hécuba!

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags:
09/09/2011 - 16:13

Teatro de graça no CIEE

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

"A Aurora da Minha Vida", de Naum Alves de Souza, dirigido por Bárbara Bruno tem apresentações gratuitas no Teatro da CIEE

O Teatro CIEE recebe, a partir de amanhã (10), a temporada, gratuita, de A Aurora da Minha Vida durante todos os sábados, 20h, e domingos, 19h. Com coreografia de Paulo Goulart Filho, a peça tem direção de Barbara Bruno, texto de Naum Alves de Souza, cenário e figurino de Marcello Jordan e Naum Alves de Souza e trilha originalmente composta e direção musical do Maestro Amalfi.

A Aurora da Minha Vida se passa dentro de uma sala de aula em uma escola dos anos 1970. É baseada na própria experiência do autor como aluno e professor.

“Dividida em vários quadros, a peça mostra as relações e conflitos entre alunos e professores e o sistema escolar repressor e antidemocrático de uma maneira leve e divertida. Tudo vem à tona nos personagens denominados por suas características ou funções: diretor, padre, professor e os alunos, num tempo de grandes revoluções, de desejo de liberdade e de muita palmatória para o próprio bem. É uma obra sobre a crueldade das relações, mas envolvida numa capa de poesia criada pelo humor muito singular de Naum e, sobretudo, pelo âgulo saudoso através do qual ele enfoca o passado”.

No elenco estão Clarissa Mayoral, Clóvis Gonçalves, Eliete Ciggarini, Gilmar Guido, Rafael Melo, Roberto Arduin, Salete Fracarolli e Vanessa Goulartt. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , ,
09/09/2011 - 14:51

Ajuste de contas entre mãe e filho em Conversando com Mamãe

Compartilhe: Twitter

Mauricio Mellone* (aplauso@gmail.com)

Beatriz Segall e Herson Capri vivem mãe e filho em "Conversando Com Mamãe"

Beatriz Segall e Herson Capri vivem mãe e filho em peça do argentino Santiago Carlos Oves, com direção de Susana Garcia. O espetáculo fica em cartaz até dezembro no Teatro Folha

Sempre se fala que nós brasileiros olhamos pouco para nossos vizinhos da América do Sul. No entanto, cada vez mais produções culturais dos países vizinhos chegam até nós e, invariavelmente, fazem muito sucesso. Filmes da Argentina e do Uruguai já são bem conhecidos dos brasileiros. E agora o teatro desses países também começa a ser encenado por aqui. É o caso de Conversando com Mamãe, peça do argentino Santiago Carlos Oves, que a diretora Susana Garcia tomou conhecimento primeiramente na versão cinematográfica e resolveu montá-la no Brasil. Com a versão do dramaturgo espanhol Jordí Galcerán e tradução de Pedro Freire, a peça chega a São Paulo (em cartaz no Teatro Folha até dezembro) depois de temporada de êxito entre os cariocas, com atuação brilhante de Beatriz Segall e Herson Capri.

Como uma mãe reage ao pedido do filho que quer vender o apartamento onde ela vive para resolver suas dificuldades financeiras? Esse é o mote inicial de Conversando com Mamãe, mas a trama proposta pelo autor é mais profunda. Em função da crise emocional e profissional em que se encontra — acaba de perder o emprego e seu casamento não anda bem das pernas — Jaime vê como solução de seus problemas a venda do apartamento em que sua mãe vive. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , , , , ,
09/09/2011 - 13:58

Shakespeare e Tiradentes são alguns dos personagens de Desconhecidos

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

"Desconhecidos" - foto de João Caldas

O excelente ator Gustavo Machado, traz aos palcos do Teatro Ruth Escobar mais de 20 personagens históricos que compõem o núcleo de personagens da comédia de Fábio Herford (também no elenco da montagem), Desconhecidos, em cartaz a partir de hoje, 23h30, no Teatro Ruth Escobar.

Enquanto o dramaturgo elisabetano, William Shakespeare escreve sua peça, a qual está sendo assistida pelo público, é vítima de crise existencial que lhe deixa sem inspiração Sem inspiração para escolher um protagonista, surgem personagens lendárias e das mais variadas épocas da história mundial.

Encontros inusitados em que Shakespeare conversa com Albert Einstein, dá conselhos para Moisés e faz terapia com Freud junto a Van Gogh, enquanto isso, Darwin se encontra com Adão e Eva e se questiona sobre a Teoria da Evolução, e Gandhi prega a paz por todo o território, são o sumo de Desconhecidos. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , ,
Voltar ao topo