Publicidade

Publicidade

Arquivo de setembro 16th, 2011

16/09/2011 - 18:15

Plateia é coadjuvante da atriz Mariana Ximenes

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

"Os Altruístas", de Nicky Silver, ganha montagem dirigida por Guilherme Weber

Apesar de sua carreira de atestado valor na TV e no cinema, além de sua formação como atriz no Teatro-escola Célia Helena e de integrar o elenco de A Rosa Tatuada em montagem carioca (2000), a atriz Mariana Ximenes debuta, profissionalmente, no teatro paulistano sob direção do consagrado ator Guilherme Weber. Os Altruístas, de Nick Silver, ganha o palco do Teatro Augusta, às 21h30, de hoje. Segundo o diretor, “a platéia é o sexto personagem da peça”.

A trama do, nada politicamente correto, autor novaiorquino gira em torno da famosa atriz de televisão, Sidney (Mariana Ximenes), segundo a intérprete, “carente, bulímica e que acredita que fazer novelas é sua forma de prestar serviço social”, Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , ,
16/09/2011 - 16:36

O Anjo De Pedra de Inês Aranha mantém status de clássico

Compartilhe: Twitter

SÓ HOJE!

Afonso Gentil, especial para o Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

Peça clássica do mesmo autor de "Um Bonde Chamado Desejo"

É reconfortante  constatar que as atuais gerações teatrais  ainda estão sensíveis à poesia que emoldura e recobre as teias de despudorado melodrama do hoje clássico dramaturgo norte-americano Tennessee Williams, autor de tantos sucessos artísticos  a partir da  Broadway dos anos 40 do século passado e da Hollywood dos anos 50. É o que nos passa esta encenação de O Anjo de Pedra, de Inês Aranha, em fim de temporada no Teatro Coletivo.

Como em todas as tramas de Williams, a protagonista também é vitima da truculência  masculina em contraponto ao romantismo exacerbado que a norteia.

Aqui, em Anjo de Pedra, Alma Winemiller, vive sob a opressão religiosa do pai-pastor , obrigando-a a criar um mundo paralelo de afeições platônicas , diante dos assédios amorosos do jovem doutor com quem crescera. Se assim tranqüiliza o pai tirânico, a amargurada heroína cria para si um futuro que a confinará no beco sem saída do vazio existencial, além da moral. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags:
16/09/2011 - 15:24

Gabriel Villela mostra uma casa mineira que revela o que há por baixo dos panos

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

O romance de Lúcio Cardoso, Crônica da Casa Assassinada, considerado a obra-prima do autor mineiro, serve de base para que o diretor Gabriel Villela lance seu olhar sobre a hipocrisia família versus sociedade revelando o que há por debaixo dos panos em versão teatral homônima, com dramaturgia de Dib Carneiro Neto, que estreia hoje, 21h, no Teatro do SESC Vila Mariana.

“É um drama contemporâneo que tem dois pólos: o feudo familiar e o feudo externo – da sociedade”, sintetiza o encenador Gabriel Villela.

A trama gira em torno da família Menezes e dos que habitam o casarão da abastada família que vive do arrendamento do pasto de sua propriedade: três filhos, duas cunhadas e uma empregada. Como o livro de Lúcio Cardoso é composto por cartas de um personagem para o outro, o dramaturgo dividiu os personagens em dois nichos: o interno (aqueles que vivem no casarão) e o externo (as “vozes da sociedade”, formada por três narradores que representam diferentes, um Farmacêutico, um Padre e um Médico.

“O Dib (dramaturgo da peça) colocou uma lente de aumento na obra-prima de Lúcio Cardoso cuja casa é a protagonista. Ali, na casa, se escondem segredos, as loucuras e neuroses de uma família. Segredos que são comentados e narrados por três personagens de fora: um médico (que representa a ciência), um padre (que personaliza a religião) e um enfermeiro (o fofoqueiro que quer se aproveitar dessa família rica), e todos os fatos não seguem uma ordem cronológica. È como um quebra-cabeças que faz sentido aos poucos. Há uma polifonia – personagens situados em tempos diferentes da história falam em primeira pessoa e ao mesmo tempo, por exemplo”, explica Gabriel Villela. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
16/09/2011 - 15:02

Confira a galeria de fotos de Crônica da Casa Assassinada

Compartilhe: Twitter

[slideshow id=47]

Fotos de João Caldas

Crônica da Casa Assassinada – Estreia 16 de setembro, sexta-feira, às 21 horas, no Teatro SESC Vila Mariana. Texto: Dib Carneiro Neto, adaptado do livro de Lucio Cardoso. Direção – Gabriel Villela. Elenco – Xuxa Lopes, Sergio Rufino, Flavio Tolezani, Pedro Henrique Moutinho, Rogério Romera, Maria do Carmo Soares, Letícia Teixeira, Cacá Toledo, Helio Souto Jr., Marco Furlan.Cenários – Marcio Vinicius. Figurinos e Sonoplastia – Gabriel Villela. Iluminação – Domingos Quintiliano. Preparação Corporal – Rosely Fiorelli . Preparação Vocal – Babaya. Assistência de Direção – Cesar Augusto e Ivan Andrade.Costureira – Cleide Mezzacapa. Diretor de Palco – Alex Peixoto. Fotografia –João Caldas. Programação Visual – Ana Paula Grande . Ilustração – Carlinhos Muller. Direção de Produção – Claudio Fontana. Assessoria de Imprensa –Arteplural.  Classificação – 16 anos. Duração – 90 minutos. Temporada – sextas e sábados, às 21 horas e domingos às 18 horas. Ingressos – R$24,00 inteira. R$12,00 usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante. R$6,00 trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes.   Até 16 de outubro.

SESC Vila Mariana – Rua Pelotas, 141. Telefone – 5080-3000. Horário de funcionamento da bilheteria – Terça a sexta das 9h às 21h30, aos sábados das 10h às 21h30, domingos e feriados das 10h às 18h30. Informações – 0800 118220. Estacionamento – Veículos, motos e bicicletas – Terça a sexta, das 7h às 21h30; Sábado, domingo, feriado, das 9h às 18h30 – Taxas: R$ 3,00 a primeira hora e R$ 1,00 por hora adicional (matriculados); R$ 6,00 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional (não-matriculados). Acesso para pessoas com deficiências.Estacionamento: a partir de R$ 3,00. Site – www.sescsp.org.br

SESC Vila Mariana

Rua Pelotas, 141 – Informações: 5080-3000 e 0800-118220

Twitter@sescvilamariana –

Facebook – http://facebook.com/sescvilamariana

Autor: - Categoria(s): GALERIA DE FOTOS Tags:
Voltar ao topo