Publicidade

Publicidade

Arquivo de setembro 29th, 2011

29/09/2011 - 23:55

Viúva de Northon Nascimento estreia peça sobre importância da doação de órgãos

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

"Segunda Chance"

SÃO PAULO – A doação de órgãos ganha relevo temático em Segunda Chance, peça protagonizada por Kely Nascimento e Robson Vellado que estreia nesta sexta-feira (30), 20h, no Teatro Ressurreição.

Quando recebeu a doação de um coração e foi transplantado em 2003, o ator Northon Nascimento mobilizou a sociedade, os artistas, a área da saúde e as entidades públicas e, com isso, o número de transplantes realizados no Brasil aumentou de maneira significativa.

Em função disso, o ator e sua esposa, a atriz Kely Nascimento, iniciaram em 2007 um espetáculo de teatro, Adão e Eva – O Clássico, levando a principal informação para ser um doador de órgãos: a necessidade de avisar a família, pois com a alteração da lei, hoje em dia não adianta mais estar na identidade “sou doador” ou “não sou doador”, pois é o familiar que vai autorizar ou não na hora necessária. É muito importante o diálogo, a relação familiar, um bate papo tranqüilo que vai ajudar salvar tantas vidas. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , ,
29/09/2011 - 21:28

Seleção de elenco para musical infantil

Compartilhe: Twitter

RIO DE JANEIRO – A produção do musical infantil A Galinha Pintadinha, cuja direção será de Ernesto Piccolo e coreografias de Márcia Rubin, recebe até o próximo dia 7 currículos e fotos de atores, atrizes, bailarinos, bailarinas, cantores e cantoras, para participar da seleção de elenco do espetáculo.

Os interessados devem enviar  currículo e foto_ATÉ o dia 7 de outubro
para o email cirandade3trupe@gmail.com

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags:
29/09/2011 - 21:11

Peça faz raio-X da tradicional família mineira

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone* (aplauso@gmail.com)

Xuxa Lopes e Pedro Henrique Moutinho em "Crônica da Casa Assassinada", direção de Gabriel Villela

Dib Carneiro Neto adaptou para o teatro a obra de Lúcio Cardoso a convite do diretor Gabriel Villela. O resultado é o sucesso da montagem que recebeu quatro indicações ao prêmio Shell no Rio e cumpre temporada no SESC Vila Mariana até 16 de outubro. Xuxa Lopes lidera um elenco de 10 atores

A cena inicial dá o tom do que se espera dos 90 minutos seguintes: na grande mesa da casa, mãe e filho fazem sexo, num misto de gozo, lágrima, paixão, dor, atração, repulsa, prazer e pecado. Impossível sair ileso da sala de espetáculo do SESC Vila Mariana depois de assistir à Crônica da Casa Assassinada, adaptação para o teatro de Dib Carneiro Neto do livro do mineiro Lúcio Cardoso, montagem do premiado diretor Gabriel Villela. O espetáculo é um olhar ácido e corrosivo para a tradicional família mineira, o que o aproxima muito da obra do sempre polêmico Nelson Rodrigues. Em diversos momentos da peça, lembrei-me de A Mulher Sem Pecado ou Álbum de Família, tal a radiografia que se faz dos Menezes, que poderia ser muito bem os Souza ou os Silva, pois a família brasileira é revisitada pelo autor:

“O livro do Lúcio Cardoso é um tratado psicológico, mais do que histórico, mas, claro, tem como pano de fundo a chamada história da vida privada brasileira, ao mostrar a crise financeira e moral de uma ex família abastada, em total decadência, no fim dos anos 1950, no interiorzão de Minas Gerais. Isso retrata um pouco da história de muitas famílias brasileiras”, explica Dib Carneiro Neto. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags:
Voltar ao topo