Publicidade

Publicidade
17/10/2011 - 17:06

A Troca entre Grupo e Comunidade

Compartilhe: Twitter

Tatiana Rehder

Diretora do Grupo Arte Simples de Teatro que realiza um projeto de residência artística na Comunidade de Heliópolis  na cidade de São Paulo.

www.artesimples.com.br

Arte Simples de Teatro comanda festival com jovens da comunidade de Heliópolis

Tenho imenso prazer em inaugurar o Espaço Grupos & Cias. Com um artigo tão interessante quanto esse da Tatiana Rehder, diretora do grupo Arte Simples de Teatro, que desenvolve um transformador trabalho com a comunidade do bairro Heliópolis, na periferia de São Paulo. Notável a consciência do trabalho contínuo, mesmo com verba escassa, conforme discorre Tatiana no artigo abaixo. Devemos atentar sobre a ética na conduta de trabalhos artísticos que envolvam comunidades e cobrar, SEMPRE, para que os órgãos públicos e, por que não?, privados entendam, de uma vez por todas, o poder transformador da a arte junto a uma comunidade e viabilizem, assim, sua continuidade.

(Michel Fernandes)

A Troca entre Grupo e Comunidade

Tatiana Rehder

Ao iniciar esse texto onde o tema é a troca entre grupo de teatro e comunidade, dei-me conta que, antes mesmo de começarmos nosso projeto de residência artística na comunidade de Heliópolis, a palavra “Troca” foi o que nos moveu até esse encontro.

Fomos em busca da real troca que todo teatro precisa e que para darmos continuidade na nossa pesquisa de linguagem era vital: O encontro entre atores e público.

Essa “troca” foi o que nos moveu. Depois com o decorrer do tempo fomos descobrindo outras trocas que seriam necessárias e iniciamos as oficinas de teatro para as crianças e adolescentes assim, dessa vez, a “troca” seria ensinarmos teatro, eles aprenderem teatro e assim estreitaríamos nossas relações dentro da comunidade.

Muitas vezes as pessoas confundem a palavra social e tentam separar de uma forma errônea: Teatro e Trabalho social. Acreditamos que todo trabalho com teatro, seja ele em comunidade ou não, já é um trabalho social por natureza, pois o compromisso com a sociedade é o que move o teatro, isso faz parte da ética teatral .

Quando se tem um projeto de residência artística dentro de uma comunidade esse compromisso é enorme porque a pesquisa do grupo é alimentada a cada dia, alí vivemos com o ‘humano” diariamente e a quantidade de possibilidades que nos é ofertada,a quantidade de elementos para o aprofundamento de pesquisa aumenta diariamente e isso para um grupo de teatro é valiosíssimo.

Hoje em dia já não sabemos diferenciar quantas trocas são feitas diariamente entre nós e a Comunidade, o que sabemos é que o teatro quando está inserido dentro de uma comunidade é benéfico para ambas as partes.

Quando um grupo trabalha dentro de uma comunidade, ele tem que ter consciência que a responsabilidade é muito grande, você não tem a possibilidade de parar o trabalho por não ter verba, a responsabilidade com a ética e com a formação de público passa a ser enorme, um grupo que tem um trabalho como esse não pode parar.

Por isso a falta de verba é preocupante, já que não afeta apenas um grupo de teatro, mas várias ações que fazem parte de um projeto maior.

SITE DA CIA. ARTE SIMPLES

Paralelo ao trabalho com a comunidade de Heliópolis, o grupo apresenta Arte Simples Conta Tchekhov, no Teatro Zanoni Ferrite, até 06 de novembro.

Onde: Teatro Zanoni Ferrite: av. Renata, 163, Vila Formosa, São Paulo – SP
Quando: de 14 de outubro a 6 de novembro, sexta e sábado às 20h e domingo às 19h
Quanto: R$10
Informações: (11) 2216-1520
<a href="“>

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, ESPAÇO GRUPOS & CIAS. Tags: , , , , , , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo