Publicidade

Publicidade
21/11/2011 - 20:12

Cartas de Amor estreia no CCBB de SP

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

"Cartas de Amor - electropoprockoperamusical" - foto Guga Melgar

SÃO PAULO – Além de excelente ator, Emílio de Mello vem se destacando como um grande diretor. Seu mais recente trabalho como encenador foi a excelente montagem de Deus da Carnificina, de Yasmina Reza. Em Deus da Carnificina um dos destaques é a cenografia que Flavio Graff criou, colocando as quatro personagens em volta de uma mesa formada por peças do brinquedo Lego. Flavio e Emílio são os responsáveis pela montagem Cartas de Amor – ELECTROPOPROCKOPERAMUSICAL, que estreia nesta quarta-feira (23), no Centro Cultural Banco do Brasil. (CCBB) de São Paulo.

Mentor do projeto, Flavio Graff conta que tudo começou em 2003:

“Foi um processo longo de pensar a relação cênica entre música, artes visuais, o cinema e o vídeo clipe. Eu e Felipe Storino, que assina as composições musicais originais do espetáculo, fizemos um percurso de criação aberto chamado Site Specific for Love apresentado em festivais e eventos, como a Quadrienal de Praga de 2007, com a intenção de desenvolver e aprofundar o conceito do trabalho. Mas foi só quando saiu o patrocínio do Banco do Brasil que o espetáculo tomou a forma atual”, comemora ele.

O roteiro e as letras das músicas foram criados a partir de histórias encontradas em cartas de amigos, arquivos dos atores, feiras de antiguidades, poemas e referências pessoais de Graff.

Os vídeos são de Rodrigo Ponichi e Luan Baptista e as coreografias de Márcia Rubin, que também atua como vídeo performer. Em vídeo no espetáculo aparecem nomes como Solange Badim, Adriano Garib e Otto Jr., entre outros.

Graff afirma que “o espetáculo propõe o cruzamento de diversas áreas artísticas, para criar um vídeo clipe cênico onde o espectador é o autor da sua própria história juntando as imagens e relacionando-as. Usamos diversos tipos de narrativa que se acumulam na mesma cena ou vídeo. Estas imagens tomam o espaço e circundam o espectador que está sentado no centro da ação rodeado por pequenas instalações e situações performáticas que acontecem simultaneamente. Então, o espectador não vê a totalidade, e sim partes do trabalho, permitindo que ele seja o editor do seu filme”.

"Cartas de Amor - electropoprockoperamusical" - foto Guga Melgar

Emilio de Mello, convidado a participar do projeto, auxiliou Graff na direção das cenas e dos intérpretes:

“O trabalho multifacetado permite que cada um veja um espetáculo diferente. Não há moldura que determine o que se vai ver. E não se vê com os olhos, mas com os sentidos. Não se trata de uma apreensão racional. Alguns podem se envolver com os vídeos, outros com as interpretações. O termo electropoprockoperamusical dá a noção das várias linhas que cruzam o espetáculo, não só musicais, mas estéticas”, afirma Emílio.

Ficha Técnica:

Intérpretes:

Dedina Bernardelli, Felipe Storino, Fernando Alves Pinto e Flavio Graff

Roteiro, letras e direção: Flavio Graff

Co-direção: Emilio de Mello

Direção musical e música original: Felipe Storino

Coreografias, direção de movimento: Marcia Rubin

Direção de arte e cenografia: Ronald Teixeira e Flavio Graff

Vídeoarte: Rodrigo Ponichi e Luan Baptista – Plano Geral

Produção de vídeo: July Ferré

Figurinos: Ronald Teixeira

Iluminação: Renato Machado

Projeto gráfico: Ruth Freihof / Passaredo Design Christiane Krämer

Preparação vocal: Marcelo Nogueira

Filme Rose Hanie – a partir da obra de Kahlil Gibran – Intérpretes – Adriano Garib e Otto Jr.

Fotografia: Filme Rose Hanie: Daniel Neves e Rodrigo Ponichi

Vídeo – performers:

Procurando por mim e Pequenos instantes – Solange Badim

Casa Vazia – Adriana Seiffert, Alessandra de Oliveira, Amanda Ribeiro, America Cupello, Lia Sarno, Liza Machado e Regina Rangel

Em Neshat como rose hanie – a partir da obra de Kahlil Gibran – em neshat – Marcia Rubin

Fotos: Rodrigo Ponichi, Guga Melgar, Dedina Bernardelli e Flavio Graff

Produção: Carlos Grum e Fernando do Val

Produção Local SP: Roberta Koyama

Direção de produção: Flavio Graff

Realização: Pow Produções e Eventos

A&G Produções Artísticas

CARTAS DE AMOR ELECTROPOPROCKOPERAMUSICAL

Centro Cultural Banco do Brasil (65 lugares)

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro

Informações: (11) 3113-3651

www.bb.com.br/cultura / www.twitter.com/ccbb_sp / www.facebook.com/ccbbsp

Bilheteria: de terça a domingo das 9h às 21h.

Acesso e facilidades para pessoas com deficiência física // Ar-condicionado // Café Cafezal

Estacionamento conveniado: Estapar – Rua da Consolação, 228 – Edifício Zarvos

(R$ 15 por 5 horas. Necessário carimbar o ticket na bilheteria do CCBB). Infos: (11) 3256-8935

Transporte gratuito (Van) até as proximidades do CCBB. Embarque e desembarque na Rua da Consolação, 228 (Ed. Zarvos) e na rua XV de novembro, esq. com a rua da Quitanda.

Quartas e Quintas, às 19h e 21h

Ingressos: R$ 6

Duração: 75 minutos

Recomendação: 14 anos

Estreia dia 23 de novembro, às 21h

Curta Temporada: até 15 de dezembro

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags:

Ver todas as notas

1 comentário para “Cartas de Amor estreia no CCBB de SP”

  1. A anos q tenho o conteudo da mesma musica; ao ver o programa do Jô sores hj fiquei plasmo em perceber ainda mais q vc caiu magnifica bem ao representar judi parabêns linda uma representaçao magnifia e espetacular da mesma pena q os minutos sao poucos para representar seu papel a nós q distante fica imprópio a vela um grande bjo em seu coraçao mais uma vez parabêns…

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo