Publicidade

Publicidade

Arquivo de dezembro 19th, 2011

19/12/2011 - 22:11

Daniel Boaventura e Marisa Orth encabeçam nova superprodução musical do Teatro Abril

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do  Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Vem aí o musical "A Família Addams"

SÃO PAULO – Prepare seu “pretinho básico” e sua dose de alegria gótica para receber a nova superprodução musical do Teatro Abril: A Família Addams, cuja estreia está prevista para o dia 02 de março de 2012. Nos papeis dos chefes da família que dá título ao espetáculo estão Daniel Boaventura e Marisa Orth.

Wandinha Addams deixou de ser a esquista filha de Gomez (Boaventura) e Mortícia (Orth) e se transformou em uma jovem mulher. Para desespero dos Addams, a garota se apaixona por um doce e inteligente jovem de uma família tradicional, um acontecimento que irá virar de cabeça para baixo a casa da família quando eles são forçados a organizar um jantar para o jovem e seus pais Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , ,
19/12/2011 - 17:15

Uma Diva chamada Claudia Raia

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Claudia Raia vive Sally Bowles em"Cabaret"

SÃO PAULO – Sua carreira é laureada com marcantes trabalhos na televisão e no teatro, sobretudo os musicais que estão na gênese de sua carreira: ainda adolescente incursionou nos palcos como uma das protagonistas de A Chorus Line, um musical famoso na Broadway em versão brasileira. De lá para cá, Claudia Raia conquistou fama, glamour, sempre focada na árdua disciplina preparatória de seus empreendimentos profissionais – periódicas aulas de canto, rigoroso treinamento físico, incluindo aulas de dança. Não bastasse a retidão de sua trajetória, ela é extremamente carismática e atenciosa com seu público. Agora, em seu Cabaret, dirigida por José Possi Neto, ela atinge seu apogeu e se torna verdadeira Diva.

Ousar produzir e protagonizar Cabaret, obra-prima de Joe Masteroff, é para poucos. Para sorte do público brasileiro La Raia é corajosa e deu a sua Sally Bowles, a prostituta viciada em gim que estrela os números do decadente cabaré KitKat da Berlim de 1930, a comicidade patética e o peso dramático de uma alcoólatra que, feito Blanche Dubois (protagonista de Um Bonde Chamado Desejo, de Teneessee Williams), refugia-se num universo fictício que cria para si, objetivando fugir da cruel realidade.

Além da interpretação que revela o lado mais trágico de  Bowles e de como sua consciente alienação custou a nossa recente História, Claudia parece vocalmente amadurecida, alcançando notas dificílimas.

Aconselho aos paulistanos não perderem tempo, quando o espetáculo voltar de seu recesso, em conferir Cabaret que fica só até o final de fevereiro de 2012. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags: , ,
Voltar ao topo