Publicidade

Publicidade
11/01/2012 - 19:46

Eu Te Amo: filme de Arnaldo Jabor ganha montagem teatral

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone* (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Eu te Amo"

Os cineastas e diretores Rosane Svartman e Lírio Ferreira fazem sua estreia no teatro com texto que teve a primeira versão no cinema. Alexandre Borges e Juliana Martins vivem os personagens que buscam se reencontrar no amor

SÃO PAULO – Se pudesse definir numa única frase a nova montagem da peça de Arnaldo Jabor, Eu Te Amo, em cartaz no Teatro Folha, seria esta: do cinema para o palco e, no palco, a interação com a sétima arte. E não poderíamos esperar outra coisa, já que os diretores da peça, Rosane Svartman e Lírio Ferreira, são cineastas e estão debutando no teatro; por sua vez, o autor fez a primeira versão desta trama para o cinema, em 1981 com Sônia Braga e Paulo César Pereio nos papéis centrais. A trama pulou para o palco sete anos depois, com Bruna Lombardi e Paulo José.

Desta vez, Maria e Paulo, personagens frustrados emocionalmente, são vividos por Juliana Martins e Alexandre Borges. Para deixar a trama contemporânea, os diretores fizeram com que os dois se encontrassem numa sala de bate-papo da internet: Paulo é um cineasta em crise depois que sua mulher, a protagonista de seu filme, fugiu com o diretor de fotografia e Maria cansou da relação que mantém com um homem casado e resolve transar “com o primeiro homem que aparecer”.

Eles mentem e no primeiro encontro ela se passa por garota de programa e ele por um cineasta famoso e premiado. As máscaras caem logo depois da primeira transa entre eles.

"Eu te Amo"

Tudo acontece no estúdio onde Paulo trabalha e mora. Numa das primeiras cenas o público já é agraciado com a fusão teatro/cinema: a parede de fundo do cenário vira uma grande tela, em que os pensamentos do personagem são transpostos para a película. O filme (real e imaginário) de Paulo é projeto e os espectadores unem os dois planos.

Se o primeiro encontro entre Maria e Paulo tinha somente finalidade sexual, tudo se altera porque eles se apaixonam, em função da carência e solidão que estão vivendo. O que acontece a partir daí é uma discussão sobre o amor, paixão, encontros e desencontros afetivos, traição, frustração amorosa e papéis desempenhados por homem e mulher na relação a dois.

O que mais me cativou no espetáculo foi justamente a fusão da trama vivida no palco e sua transposição para a tela: a primeira relação sexual dos personagens é delicadíssima e o casal do palco interage com o interpretado no filme (numa tomada é Maria e na seguinte é a mulher de Paulo, vivida por Ana Markun). E a paixão pelo cinema — tanto do personagem como dos diretores e do próprio autor — fica evidenciada quando Paulo diz que seu filme preferido é Pickpocket, de Robert Bresson. Tanto que uma frase definitiva do clássico do cinema é repetida pelo personagem quando eles se reencontram: ‘percorri os mais estranhos caminhos para encontrá-la’. Cinema e teatro entrelaçados por intermédio do amor.

Roteiro:

Eu Te Amo.Texto: Arnaldo Jabor. Direção: Rosane Svartman e Lírio Ferreira. Elenco: Alexandre Borges e Juliana Martins. Iluminação: Rogério Emerson. Cenário: Fabiana Egrejas. Figurino: Márcia Tacsir. Fotos: Marcos Morteira. Idealização e coordenação: Juliana Martins. Realização: Bubu Produções Artísticas.

Serviço
Teatro Folha Shopping Pátio Higienópolis (305 lugares), Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel: (11) 3823-2323. Horários: sexta, 21h30, sábados 20h e 22h e domingo, 20h. Ingressos: Sexta e domingo – R$50 (setor 2) e R$60 (setor 1) / Sábado – R$60 (setor 2) e R$ 70 (setor 1). Horário de funcionamento da bilheteria: de terça a quinta, das 15h às 21h; sexta, das 13h às 24h, sábado, das 12h às 24h e domingo, 12h às 20h.Televendas: (11) 3823-2737 / Site: www.teatrofolha.com.br. Vendas por telefone e internet. Não aceita cheques. Aceita cartões de crédito. Estudantes e idosos têm os descontos legais / Clube Folha 25% desconto / Acesso para deficientes físicos, ar condicionado e  estacionamento do Shopping. Duração: 75 minutos. Classificação indicativa: 14 anos. Temporada: Até 19 de fevereiro

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , , , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo