Publicidade

Publicidade
03/03/2012 - 17:41

Prêmio Portugal Telecom comemora 10 anos com reformulação das categorias e aumento do Prêmio

Compartilhe: Twitter

Inscrições para a edição deste ano entre 3 e 25 de Março

Chico Buarque um dos vencedores do Prêmio Portugal Telecom

O Prêmio Portugal Telecom de Literatura em Língua Portuguesa comemora 10 anos em 2012 e reformulou o seu regulamento, passando a premiar três categorias: Romance, Poesia e Conto/Crônica. A avaliação dos livros concorrentes por categorias privilegia e promove a diversidade dos gêneros literários já que, ressaltando as modalidades textuais pertencentes a cada um deles, valoriza suas características singulares e amplia a visão comum a respeito da literatura lusófona. Nem por isso, deixa de distinguir um grande vencedor, com a escolha, simultânea e entre os três ganhadores, do Grande Prêmio de 2012.

O Valor distribuído em prêmios também aumentou passando do total de R$ 150 mil para R$ 200 mil, dividido da seguinte forma:

Premiação
Prêmio Portugal Telecom Romance = R$ 50 mil reais
Prêmio Portugal Telecom Poesia = R$ 50 mil reais
Prêmio Portugal Telecom Conto ou Crônica = R$ 50 mil reais
Grande Prêmio Portugal Telecom 2012 = + R$ 50 mil reais

As inscrições começam dia 3 de Março, terminam no dia 25 do mesmo mês e serão feitas no site www.premioportugaltelecom.com.br. Editores e/ou escritores poderão inscrever livros brasileiros com primeira edição no Brasil entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2011. Os livros de outros países lusófonos devem ter a 1ª edição publicada no país de origem entre 1º de janeiro de 2008 e 31 de dezembro de 2011 e terem sido publicados no Brasil em 2011.

Prêmio Portugal Telecom

Para se inscrever editores e/ou escritores devem preencher todos os campos da ficha de inscrição que se encontra no site e enviar quatro exemplares  do(s) livro(s) inscrito(s) para Portugal Telecom Brasil. A inscrição só se completa com o recebimento dos quatro exemplares.
Portugal Telecom Brasil: Rua Cubatão, nº 320, 4º andar, CEP 04013-001, Cidade de São Paulo – Estado de São Paulo.

Os quatro exemplares dos livros enviados serão recebidos pelos quatro curadores do Prêmio que avaliam a pertinência da inscrição.

A nova estrutura por categorias atende a inúmeros pedidos de curadores e jurados que preferem avaliar e votar nas categorias separadamente, trazendo mais qualidade ao voto.

1ª etapa: Cada jurado do Júri Inicial indicará 3 (três) livros de cada categoria entre os livros inscritos para compor a lista das 60 obras que serão avaliadas pelo próximo júri: 20 livros de cada categoria.

2ª etapa: O Júri Intermediário elegerá os 12 finalistas entre os 60 classificados na etapa anterior: elegendo 4 livros de cada categoria;

3º etapa: O Júri Final escolherá o vencedor de cada categoria e, depois de votar nos três vencedores, o Júri Final apurará o Grande Prêmio Portugal Telecom 2012, entre os três vencedores.

CURADORIA
A Curadoria 2012 é formada pela curadora-coordenadora e consultora literária da Portugal Telecom, Selma Caetano, pelo especialista em literatura brasileira, José Castello, pela especialista em literatura portuguesa, Madalena Vaz Pinto, e pela especialista em literatura africana, Tania Celestino de Macedo.

A curadoria responde também pelos resultados de todas as etapas do Prêmio e participa da composição de todos os júris.

Selma Caetano, curadora-coordenadora  – dupla cidadania, brasileira por solo e portuguesa por sangue, é produtora cultural. Bacharel em Língua e Literatura Portuguesa e Brasileira pela PUC-SP, mestre em Gestão Cultural pela Universidade de Girona (Espanha).

José Castello, curador de literatura brasileira – carioca, mestre em Comunicação pela UFRJ, é escritor, ensaísta e colunista do suplemento Prosa & Verso, de O Globo, e do suplemento EU&, do jornal Valor Econômico. Curador do laboratório Rumos Jornalismo Cultural, do Itau Cultural. Desde 2011, mantém no Globo On Line o blog  “A literatura na poltrona”.

Madalena Vaz Pinto, curadora de literatura portuguesa – portuguesa, doutora em Literatura Portuguesa pela  Puc do Rio de Janeiro,  é crítica literária, professora adjunta da Universidade Estadual do Rio de Janeiro e diretora do Centro de Estudos do Real Gabinete Português de Leitura.

Tania Celestino de Macedo, curadora de literaturas africanas – paulista, doutora em Literatura Portuguesa pela USP, é ensaísta, professora de Literaturas Africanas  do Departamento de Letras e Estudos Comparados de Literaturas de Línguas Portuguesa, USP, e professora visitante da Universidade Agostinho Neto – UAN, Angola.

Mais Informações

Portugal Telecom
Adriano Araujo
adriano.araujo@sapo.pt

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo