Publicidade

Publicidade
14/03/2012 - 23:45

Gianecchini emociona em sua volta ao teatro

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (Michel@aplausobrasil.com)

Reynaldo Gianecchini. Maria Manoella e Erik Marmo em "Cruel"

SÃO PAULO – Ontem o ator Reinaldo Gianecchini retomou a temporada de Cruel, texto de Strinbeg, adpatado e dirigido por Elias Andreato, no teatro Faap, após mais de nove meses de interrupção por conta do tratamento de um linfoma. Um retorno absolutamente emocionante. Já no inicio da cena, quando só estão no palco os personagens Adolfo ( Erik Marmo ) Gustavo ( Gianechhini) o público ovacionou, em pé, o ator como se desse boas vindas, revelando seu extremo carinho por Gianecchini.

O desempenho do ator seguiu além da comoção, o “galã cruel” desenvolveu com segurança e talento a personagem que destila seu veneno acarretando a dissolução do relacionamento entre Adolfo e Tekla ( Maria Manoella ) , sua ex esposa. Marmo, apesar de seu tímido desempenho, não compromete o papel.  Maria Manoella, por sua vez, é grande destaque da montagem que tem uma direção preciosa de Andreato.

O cenários e figurinos assinados por Fabio Namatame, bem como a música criada por Daniel Maia contribui para o prazer em assistir esse instigante desvelamento das relações humanas.

Ao final do espetáculo Gianecchini  o dedicou  a sua mãe, agradeceu a sua equipe médica, e seus amigos, e ao público que sempre torceu por sua recuperação. Não faltaram lágrimas, emoção e sorrisos. Realmente trata-se de uma esperada e feliz retomada à carreira.

Ficha Técnica:

Cruel, de August Strindberg

Direção e Adaptação: ELIAS ANDREATO

Elenco: REYNALDO GIANECCHINI, MARIA MANOELLA e ERIK MARMO

Cenário e Figurino: FÁBIO NAMATAME

Iluminação: WAGNER FREIRE

Trilha Sonora Composta: DANIEL MAIA

Direção de Arte: LAURA ANDREATO

Assistente de direção: ALINE MEYER

Preparação Corporal: VIVIEN BUCKUP

Preparação Vocal: EDI MONTECCHI

Fotos: JOÃO CALDAS

Programação Visual: VICKA SUAREZ

Produção Executiva: MAGALI LOPES

Coordenação de Produção: EGBERTO SIMÕES

Produtoras: SELMA MORENTE e CÉLIA FORTE

CRUEL

Teatro FAAP (400 lugares)

Rua Alagoas, 903 – Higienópolis.

Informações e Vendas: 3662.7233 e 3662.7234.

Bilheteria: de quarta à sábado, das 14h às 20h. Domingo das 14h às 17h.

Aceita cartão de débito e crédito: Visa, Máster ou Dinners. Não aceita cheque.

Estacionamento gratuito, com vagas limitadas. Acesso para deficiente. Ar-condicionado.

Segundas e Terças, às 21h.

Ingressos: R$ 60

Duração: 70 minutos

Recomendação: 14 anos

Até 15 de maio de 2012

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags: , , , , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo