Publicidade

Publicidade
26/03/2012 - 20:32

Paulo Goulart Filho protagoniza ótima montagem

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Quarto 77" - em cena - Paulo G.Filho e Maria Laura - foto de Demian Golovat

SÃO PAULO – Quarto 77, de Leonardo Alkmim, é um texto interessante, na linha expressionista, enfocando um personagem recém separado da esposa e, talvez, em surto, cuja temporada, de sexta-feira à domingo, segue em cartaz no Teatro Augusta até o próximo dia 8.

Roberto Lage, quem assina a direção, cria um espetáculo extremamente convincente, com pouquíssimos recursos cênicos e acerta também no elenco.

Paulo Goulart Filho está arrasando, envolvendo a plateia o tempo todo. Um sério candidato a melhores do ano. Contracena com ele, Maria Laura Nogueira que também convence o público. Em papel menos extenso há Gisa Guttervil.

A cenografia, simples e adequadíssima, é de Heron Medeiros, os figurinos, bons e discretos, são de Milton Fucci, a iluminação de Wagner Freire, assistido por Alessandra Marques, e a ótima trilha é assinada por Henrique Mello. Aline Meyer que costuma se encarregar da música está como assistente de direção.

"Quarto 77" - em cena - Paulo G.Filho e Maria Laura - foto de Demian Golovat

Se você gosta de teatro bem feito, seja dramático ou não, não perca.

QUARTO 77 – Teatro Augusta – Rua Augusta, 943, Consolação. / 302 lugares / fone 3151-4141 / 6ª. 21h30, sábado 2lh, domingo 19h ; R$ 50,00 / 70 minutos /14 anos / até 8 de abril

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo