Publicidade

Publicidade
02/05/2012 - 17:09

Saudades da Grande Mãe Célia Helena

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

A atriz Célia Helena - foto acervo Lilian Herrerias

SÃO PAULO – Daqui a alguns dias celebraremos o Dia das Mães. Tenho a sorte de ter diversas mães: Sueli, Sonia, Noemia e por aí vai. Mães artísticas, também, tenho um sem número, mas certamente minha Grande Mãe das artes é Célia Helena. Abaixo segue o breve perfil que escrevi para o jornal da VII Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo.

A Grande Mãe

Atriz, professora, amiga… Podemos definir essa Grande Mãe Artística com os  mais doces e inequívocos adjetivos superlativos, porque privilegiados, como eu, receberam dela o legado do amor ao teatro.

Pioneira em lançar uma escola de teatro dirigida aos adolescentes, Célia ousou abrir mão de uma carreira prodigiosa – atriz premiada, foi uma das fundadoras do Teatro Oficina – em favor da preocupação em formar atores mais preparados, ou como dizia, “pelo menos formar espectadores mais conscientes”.

Célia Helena e Raul Cortez, mãe e pai de Lígia Cortez

Sua filha, Lígia Cortez, continua com afinco o desejo formador de sua mãe e conseguiu erguer a escola técnica profissionalizante ao patamar de escola superior de artes.

Célia foi embora rápido, mas anjos ficam nos olhando, protegendo e
inspirando de outros planos, não é Célia, meu anjo amado?

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas Tags: , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo