Publicidade

Publicidade
31/05/2012 - 15:57

Tetê Espíndola e Miltinho abrem festival no CCBB

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Tetê Espíndola

SÃO PAULO – Com o propósito de difundir o cancioneiro popular e suas modas de viola, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo, lança amanhã, 16h, na Praça do Patriarca, o projeto Eta Nóis, Quando a Viola Bota as Coisas no Lugar. Na estreia do projeto, que vai até o dia 23 de junho, participam Tetê Espíndola e Miltinho.

O projeto prevê a apresentação de dois instrumentistas que utilizam a viola de foras diferenstes, caso da viola caipira e da viola de arco, e deve reunirr clássicos da canção popular, composições inéditas e obras de compositores eruditos, tais como Camargo Guarnieri, Guerra Peixe e Radamés Gnatalli, sobob direção musical de Ney Marques – que também assina os arranjos, ao lado de Ivan Vilela –, cada apresentação contará com duas violas: uma erudita (Paula Pi) e outra de 10 cordas. A percussão será conduzida por André Rass.

“A ideia deste projeto surgiu num festival em que fui jurada e vi a viola predominar em toda sua programação. Então decidi criar um evento que levasse ao público o cancioneiro popular por meio da viola caipira, mas complementada pela viola de arco e interpretada por reconhecidos nomes da MPB”, comenta Lucina, curadora do projeto.

A parceria entre cantoras de tessituras vocais e timbres de alcances extremos e músicos que carregam as raízes regionais do Brasil também norteia o restante da programação, com as parcerias entre Lucina Ivan VilelaNá Ozzetti Dú Gomide Alzira E Zé Helder. A violista Paula Pi, reconhecida por seus trabalhos que mesclam o popular e o erudito, também participa dos shows.

Miltinho

Lucina ressalta ainda a importância que o festival agrega à cidade de São Paulo. “Grande parte da população que mora em São Paulo é de origem nordestina e interiorana, portanto, muitas pessoas que estarão presentes aos shows se identificam com o espírito musical que nós vamos oferecer. Por outro lado, aqueles que não conhecem o cancioneiro brasileiro terão a oportunidade de ampliar o leque musical e cultural”.

FICHA TÉCNICA
Curadoria: Lucina
Pesquisa e texto: Daniel Caverna e Jussiê Caverna
Direção  Musical: Ney Marques
Arranjadores:  Ney Marques e Ivan Vilela
Direção Cênica: Marisa Avellar
Coordenação Geral: Patricia Ferraz
Produção Executiva: Baby Amorim
Assistência de Produção: Cyntia C
Sonorização: Rodrigo Costa e Fausto Filho
Lighting Designer e Iluminação: Patrícia Ferraz
Projeto Gráfico: Cyntia C e Luciane Nardi
Vídeo Registro: Rafael Saar e Adil Lepri
Fotos: Marcel Nascimento

PROGRAMAÇÃO – Eta Nóis, Quando a Viola Bota as Coisas no Lugar

02 de junho – Tetê Espíndola e Miltinho Edilberto

09 de junho – Lucina e Ivan Vilela

16 de junho – Ná Ozzetti e Dú Gomide

23 de junho – Alzira E e Zé Helder

Sábados, 16h

Entrada franca para todas as idades

Local: Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro (São Paulo)
Estacionamento conveniado: Rua da Consolação, 228 (Ed. Zarvos) com transporte gratuito até proximidades do CCBB.

O EVENTO OCORRE NA PRAÇA DO PATRIARCA AO LADO DO METRÔ ANHAGABAÚ

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema, DESTAQUE Tags: , , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo