Publicidade

Publicidade
21/06/2012 - 01:53

Grande Auditório do MASP lança programação cultural com Camille e Rodin

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Leonardo Pacheco e Melissa Vettore protagonizam "Camille e Rodin"

SÃO PAULO – O espetáculo Camille e Rodin tem direção de Elias Andreato e traz aos palcos paulistanos os atores Leopoldo Pacheco e Melissa Vettore. O texto, assinado por Franz Keppler, apresenta a história de amor entre escultores franceses Camille Claudel e Auguste Rodin. A estreia é nesta sexta-feira (22).

Por meio dessa peça, o público entrará em contato com detalhes da vida pessoal desses artistas de renome mundial e com aspectos da arte e da sociedade do século 19.

Camille é uma jovem ávida por liberdade. Quebrou dogmas para se dedicar à produção artística numa época em que as mulheres eram educadas para a vida doméstica. Além de ter que enfrentar barreiras devido a sua profissão, seu relacionamento com Rodin, homem mais velho e experiente, quefoi um choque para a sociedade moralista da época.

Leonardo Pacheco e Melissa Vettore protagonizam "Camille e Rodin"

Camille foi assistente e amante de Rodin, que vivia com Rose Beuret e nunca a abandonou para ficar com a escultora.  O rompimento aconteceu após 15 anos de um relacionamento intenso e conturbado.  Desde então, Camille conviveu com a loucura e a solidão, até ser internada num hospício por seu irmão e de lá nunca mais sair.

A montagem é baseada em texto original de Keppler que fez uma pesquisa, juntamente com a atriz Melissa Vettore, das principais biografias dos escultores, especialmente as obras de Reine Maire Paris (sobrinha neta de Camille), a Liliana Wahba e Paul Claudel (irmão de Camille).

Não há, no entanto, a preocupação com a fidelidade dos fatos. O diretor Elias Andreato não criou cenas cronológicas. O objetivo é apresentar a alma desses artistas que revolucionaram o modo de se fazer e pensar a arte.

Franz Keppler declara que não fez julgamentos sobre uma época ou sobre os dois artistas.

¨Antes de tudo, quis propor uma reflexão (atemporal) sobre os caminhos nebulosos da arte, do amor, da inadequação e da loucura por meio de dois grandes gênios criativos ávidos por compreensão e liberdade¨, diz o dramaturgo.

O auditório recebe às segundas-feiras o Letras em Cena, projeto de leituras dramáticas idealizado por Clovys Torres e Marina Mesquita, mas não existia um projeto de ocupação do local.

A estreia de Camille e Rodin promove o lançamento de uma programação teatral que terá a curadoria do Vivo EnCena e apresentará espetáculos que dialoguem com o museu.

Ficha Técnica:

Texto: Franz Keppler

Direção:Elias Andreato

Elenco: Leopoldo Pacheco e Melissa Vettore

Assistente de direção: LeandroGoddinho

Pesquisa:Melissa Vettore e Franz Keppler

Desenho de Luz:Wagner Freire

Cenografia: Marco Lima

Trilha sonora:JonatanHarold

Figurino:MarichileneArtisevskis

Visagismo:Leopoldo Pacheco

Fotografia: Alexandre Catan

Projeto: Dramática Produções Artísticas

Direção de Produção:Ed Júlio

Produção Executiva: Gabriel de Souza

Realização:Baobá Produções Artísticas a:

Serviço:

Camille e Rodin

Grande Auditóriodo MASP(374 lugares)

Avenida Paulista, 1578. São Paulo/SP.

Informações: 11 3171.3267

Bilheteria: Terça e quarta (11h às17h30). Quinta (11h às 19h30). Sexta a domingo, a partir das 11. EstacionamentoEstapar (Av. Paulista, 1776) R$ 15,00

Vendas: 4003.1212- www.ingressorapido.com.br

Sexta e Sábado21h. Domingo 19h30.

Ingressos: SextaR$ 20. Sábado e Domingo R$ 30.

Duração: 75 minutos

Recomendação: 12 anos

Temporada: até 26 de agosto

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, DESTAQUE, Matérias Tags: , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo