Publicidade

Publicidade
27/06/2012 - 20:57

Marco Ricca e Maria Luisa Mendonça estreiam peças de Nelson Rodrigues

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Marco Ricca protagoniza "Boca de Ouro"

SÃO PAULO -O SESI SP promove a estreia de duas peças: Boca de Ouro, a partir desta sexta-feira (29), e A Falecida, com estreia prevista para  o dia 06 de julho, ambas sob dieção de Marco Antonio Braz. Elas estão agendadas para serem apresentadas simultaneamente e em datas alternadas, no Teatro do SESI-SP, e têm como protagonistas Marco Ricca e Maria Luísa Mendonça, respectivamente. O restante do elenco participa das duas montagens: Alessandro Hernandez, Claudinei Brandão, Jackie Obrigon, Jady Forte, Lara Córdulla, Leo Stefanini, Livia Ziotti, Luciana Caruso, Rafael Boese, Rodrigo Fregnan, Tatiana de Marca, Willians Mezzacapa e participação especial de Gésio Amadeu.

As estreias fazem parte do projeto Nelson Rodrigues 100 Anos que comemora o centenário do artista abordando a obra rodriguiana através de um olhar pedagógico e contemporâneo, além de buscar avaliar o que o Nelson Rodrigues deixou de legado nesse centenário.

Com atividades acontecendo em todo o estado de São Paulo, o objetivo é realizar um diálogo orgânico por meio do teatro e de debates, os quais serão futuramente registrados e disponibilizados para o público em geral.

As duas montagens têm como pano de fundo uma realidade brasileira e popular. Além disso, elas apresentam personagens que tentam superar a mediocridade de suas vidas, mas acabam morrendo precocemente.

Boca de Ouro tem o carnaval como elemento de destaque. Drácula de Madureira, bicheiro temido, nasceu numa gafieira e tem implantes de dentes de ouro; por isso, o apelido. O público conhece a sua história através de três versões, todas contadas por sua ex-amante, Guigui (Lara Córdulla), após a sua morte. Não se sabe quem era realmente Boca de Ouro, mas é evidente que cometeu crimes e tinha obsessão pela morte, tanto que construíra um caixão de ouro.

O futebol está presente na peça A Falecida. Zulmira tem um sonho:  um enterro suntuoso.  Vai a uma cartomante e esta lhe diz que a sua vida será destruída por uma mulher loira. A partir desse momento, vive atormentada e com a certeza que irá morrer.  É casada com Tuninho (Rodrigo Fregnan), fanático pelo Vasco da Gama.

A concepção da encenação leva em conta a vocação do público do SESI “popular e exigente quanto à qualidade do que assiste”, nas palavras do diretor Marco Antônio Braz, especialista na obra de Nelson Rodrigues.

Braz encara esse trabalho como uma parceria com o autor.

“É como se fosse uma antologia teatral. Toda a minha experiência com o universo rodrigueano desagua nessas montagens atuais”, ressalta o diretor que já assinou diversas encenações dos textos do autor: Perdoa-me Por Me Traíres,Bonitinha, Mas Ordinária, Viúva, Porém Honesta, Valsa nº 6 e O Beijo no Asfalto.

Maria Luísa Mendonça protagoniza "A Falecida"

O destaque fica para a presença de Nelson Rodrigues no palco: é ele quem dita as rubricas e permanece em cena na sua máquina de escrever. Em Boca de Ouro,  Rodrigo Fregnan é Nelson Rodrigues, enquanto Alessandro Hernandez dá vida ao dramaturgo em A Falecida.

Depois de quatro anos sem atuar no teatro, Marco Ricca recebeo o convite  do diretor Marco Antonio Braz para protagonizar Boca de Ouro, seu primeiro personagem rodrigueano.

“O SESI faz parte da história cultural de São Paulo. Fui criado vendo peças nesse espaço”, diz o ator.

Maria Luísa Mendonça já teve a oportunidade de participar de projetos baseados na obra do dramaturgo: Valsa nº 6, no teatro, e Engraçadinha, minissérie da TV Globo. Assim como Ricca, também diz estar muito feliz com esse trabalho.

“Estou encantada com o grupo, com o SESI, com o Braz. Me sinto respeitada e agradecida por interpretar a Zulmira”, afirma.”O elenco está integrado e com foco nas duas peças”, complementa a atriz.

Apesar de não contracenarem, os protagonistas consideram a estreia de Boca de Ouro e A Falecida um re-encontro profissional, visto que trabalharam juntos na novela Renascer, da Globo, em 1993.

Entre os atores, somente Gésio Amadeu conheceu Nelson Rodrigues. O ator conta que conheceu o dramaturgo através de Sonia Oiticica.

“Disse ao Nelson que um dia iria participar de uma peça sua e hoje estou fazendo duas”, conta Amadeu.

Elenco de Boca de Ouro

Marco Ricca – Boca de Ouro

Rodrigo Fregnan – Nelson Rodrigues / Secretário / Locutor

Léo Stefanini – Dentista

Rafael Boese – Capanga / Fotógrafo

Alessandro Hernadez – Caveirinha

Lara Córdulla – Dona Guigui

Claudinei Brandão – Agenor

Willians Mezzacapa – Leleco

Lívia Ziotti – Celeste

Gésio Amadeu – Preto

Luciana Caruso – Primeira Grã-fina

Jackie Obrigon – Segunda Grã-fina / Primeira criança

Tatiana de Marca – Terceira Grã-fina / Maria Luiza

Jady Forte – Segunda criança / Outros

Elenco de A Falecida

Maria Luisa Mendonça (de 6 de julho a 2 de setembro) –  Zulmira

Lucélia Santos (de 8 de setembro a 2 de dezembro) – Zulmira

Lívia Ziotti – Sobrenatural de Almeida

Lara Córdulla – Madame Crisálida

Gésio Amadeu – Oromar / Segundo cunhado / Doutor Borborema

Rodrigo Fregnan – Tuninho

Luciana Caruso – Primeiro parceiro / Segunda vizinha

Tatiana de Marca – Segundo parceiro / Outro fulano

Claudinei Brandão – Primeiro funcionário

Willians Mezzacapa – Timbira

Rafael Boese – Segundo funcionário / Fulano / Contra regra

Jady Forte – Criança / Primeira vizinha

Léo Stefanini – Pai / Pimentel

Jackie Obrigon – Mãe

Alessandro Hernandez – Chofer / Nelson Rodrigues

Ficha técnica:

Direção geral e artística – Marco Antônio Braz

Assistente de direção –  Leo Stefanini

Cenário e adereços – J. C. Serroni

Figurino –  Telumi Hellen

Iluminação –  Wagner Freire

Trilha – Tunica Teixeira

Imagens e projeção – Andre Hã

Fotos –  João Caldas

Produção executiva – Egberto Simões

Direção e coordenação de produção: Selma Morente e Celia Forte

Uma produção de Morente Forte Produções Teatrais

Serviço:

A Falecida e Boca de Ouro

BOCA DE OURO (100 minutos)

Datas e horários:

Junho: 29 e 30 (sexta e sábado), às 20h30.

Julho: 1º de julho (domingo), às 20h; em julho (exceto dias 5, 6, 19 e 20) – quintas e sextas, às 20h30; 21 e 22 (sábado e domingo), às 17h (para compensar as não sessões dos dias 19e 20).

Agosto e Outubro – sábados, às 20h30, e domingos, às 20h;

Setembro e Novembro (exceto dias 29 e 30) – quintas e sextas, às 20h30; 24 e 25/11 (sábado, às 20h30 e domingo, às 20h).

Entrada:

Quintas e Sextas – gratuito.

Sábados e domingos – R$ 10 (inteira)

(exceto nos dias 21 e 22 de julho (sábado e domingo), às 17h – gratuito).

Temporada: 29 de junho a 25 de novembro

A FALECIDA (90 minutos)

Datas e horários: 6/7 – sexta, às 20h30; em julho, setembro, novembro (exceto dias 24 e 25/11) e dezembro – sábados, às 20h30, e domingos, às 20h; 29 e 30/11 – quinta e sexta, às 20h30; em agosto e outubro – quintas e sextas, às 20h30

Entrada:

Quintas e Sextas – gratuito.

Sábados e Domingos – R$ 10 (inteira)

Temporada:6 de julho a 2 de dezembro

Local: Teatro do SESI-SP

Av.Paulista, 1.313 (Metrô Trianon-Masp) – Informações: (11) 3146-7405 / 7406

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo