Publicidade

Publicidade
19/07/2012 - 07:05

Comédia romântica revela o talento da jovem atriz Julia Gomes

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"A Garota do Adeus"

SÃO PAULO   – A Garota do Adeus apresenta o dia-a-dia de uma bailarina que é obrigada a dividir o seu apartamento com  Hélio, um desconhecido, depois que é abandonada pelo namorado.

Paula (Gabriela Duarte) vive com a filha Luci (Julia Gomes), de dez anos, e não tem sorte nos seus relacionamentos. Como o título da peça sugere, ela é sempre deixada pelas pessoas que ama.

Num primeiro momento, Hélio e Paula não conseguem se entender devido às diferenças de personalidade, mas aos poucos os dois personagens vão se aproximando e o amor é inevitável. São duas pessoas sozinhas, em busca do sucesso profissional e que apesar das diferenças começam se encantar um pelo outro.

O texto é a primeira adaptação para o teatro do filme Goodbye Girl, do americano Neil Simon, e traz aos palcos do Teatro Reinaissance, em São Paulo, o ator e produtor Edson Fieschi como Hélio.

No elenco, escolhido a dedo por Fieschi também estão os atores: Clara Garcia e Nilton Bicudo, com participações pontuais.

Edson Fiesch e Gabriela Duarte dividem o palco em peça de Niel Simon

A ideia do diretor Elias Andreato é contar a história nos moldes dos filmes da Sessão da Tarde, com romantismo e humor. De maneira simples e com delicadeza, A Garota do Adeus aborda temas como o amor, a cumplicidade, as perdas no decorrer da vida e o fazer artístico.

Gabriela Duarte tem o tipo físico ideal para viver Paula. É esforçada e consegue transmitir um misto de docilidade e bravura que a personagem exige. Edson Fieschi também cumpre bem o seu papel.

Os destaques quanto à interpretação, no entanto, ficam para Julia Gomes, Nilton Bicudo e Clara Garcia. Julia com apenas 10 anos apresenta um talento ímpar. É divertida, esperta e com uma maturidade atípica para a sua idade. Assim como Luci, Julia encanta a todos com a sua inteligência e vivacidade.

Nilton Bicudo faz um diretor que vê em Ricardo III uma homossexualidade enrustida. Ator experiente, dá um show em cena. Clara Garcia, por sua vez, vive vários personagens e se destaca como Lady Anne, da obra de Shakespeare.

O cenário grandioso de José Dias ressalta o caráter realista da montagem e apresenta os cômodos do apartamento, com a divisão dos quartos, sala e cozinha.

A trilha e o desenho de luz contribuem para o clima romântico das cenas, merecendo atenção especial o encontro entre Paula e Hélio na cobertura do prédio em que residem.

A Garota do Adeus é um espetáculo para assistir com a família e para esquecer um pouco o stress do cotidiano.

Ficha técnica:

Texto: Neil Simon.

Adaptação: Edson Fieschi.

Direção: Elias Andreato.

Elenco: Gabriela Duarte, Edson Fieschi, Nilton Bicudo, Clara Garcia e Julia Gomes.

Iluminação: Mário Martini.

Cenário: José Dias.

Figurino: Fábio Namatame.

Produção Geral: Luciano Borges.

Serviço:

A Garota do Adeus

Teatro Renaissance.

Alameda Santos, 2233 – Jardins – São Paulo. Temporada: sextas, às 21h30, sábados, às 21h e domingos, às 18h. Classificação: 10 anos.

Preços: sextas R$ 70, sábados e domingos R$ 80. Capacidade do teatro: 462 lugares. Duração: 90 minutos. Até 5 de agosto. Vendas por telefone e internet: Ingresso Rápido.

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas, DESTAQUE Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo