Publicidade

Publicidade

Arquivo da Categoria MICHEL FERNANDES RECOMENDA

11/08/2012 - 18:25

Projeto Satyros Satyricon retoma trilogia sobre obra de Petrônio

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (Michel@aplausobrasil.com)

Projeto Satyros Satyricon está de volta

SÃO PAULO – Atendendo a pedidos do público, a partir de hoje, está de volta o projeto Satyros Satyricon cuja proposta propõe um mergulho sobre a obra de Petrônio por meio da trilogia Trincha, Satyricon, a Peça e Suburra (CONFIRA O SERVIÇO AO FINAL DA MATÉRIA).

Em entrevista concedida ao Aplauso Brasil, Rodolfo García Vázquez fala mais sobre a trilogia.

Aplauso Brasil – Como surgiu a ideia de encenar Petrônio?

Rodolfo García Vázquez – Na verdade, desde a fundação do grupo tínhamos a questão do Satyricon. Logo em um dos nossos primeiros trabalhos, Saló Salomé, um crítico havia dito que a atmosfera do espetáculo lembrava o Satyricon de Fellini. Três anos atrás, durante uma temporada nossa no Rio de Janeiro, um espectador carioca nos lançou uma provocação. Ele comentou que a obra de Petrônio dialogava profundamente com algumas questões presentes no trabalho do grupo. Achamos interessante o desafio e começamos a encontrar a nós mesmos em Petrônio. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, Matérias, MICHEL FERNANDES RECOMENDA Tags: , ,
10/08/2012 - 17:13

Bibi Ferreira canta e conta histórias de seus 90 anos de vida

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, especial para o Aplauso Brasil/ iG (Michel@aplausobrasil.com)

"Bibi Ferreira - Histórias e Canções"

SÃO PAULO – Na última terça-feira, no Programa do Jô, TV Globo, desfrutamos de belíssima homenagem à Bibi Ferreira, que ganhou todos os blocos do programa só para ela, recebendo ilustres depoimentos de figuras ímpares da arte brasileira como Antunes Filho e Chico Buarque. Mais que merecida celebração para receber a breve temporada de Bibi – Histórias e Canções que estreia hoje e fica em cartaz, no Teatro Frei Caneca (Shopping Frei Caneca), até 30 de setembro.

"Bibi Ferreira - Histórias e Canções"

Filha do grande ator cômico Procópio Ferreira, Bibi, acompanhada por orquestra composta por 21 músicos regidos pelo Maestro Flávio Mendes, canta canções de espetáculos antológicos de sua carreira como Gota D’ Água, Piaf, a Vida de Uma Estrela da Canção e Bibi Ferreira Vive Amália Rodrigues, entre tantos outros que permeiam os 90 anos de vigorosa vida que, ao lado de célebres solilóquios que interpretou, costuram o espetáculo que traz em seu repertório canções de clássicos da música  brasileira, trechos de óperas etc.

O espetáculo abre, em novembro, o Ano do Brasil em Portugal, e no dia 21 do mesmo mês segue para Nova Iorque, onde se apresenta no Lincoln Center. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema, DESTAQUE, Matérias, MICHEL FERNANDES RECOMENDA Tags: , , , , , , , ,
02/08/2012 - 23:41

SESC Santo André recebe o grupo Clowns de Shakespeare

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Sua Incelença, Ricardo III"

SANTO ANDRÉ – O grupo teatral potiguar apresenta Sua Incelença, Ricardo III, adaptação e direção de Gabriel Villela de Ricardo III, de Shakespeare, neste sábado (4) e domingo (5) no SESC Santo André.

A montagem dos Clowns de Shakespeare  apresenta o clássico do bardo inglês sobre o ambicioso Ricardo que comete terríveis assassinatos para conquistar a coroa meio ao sertão nordestino. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, MICHEL FERNANDES RECOMENDA, Multimídia, Notas e Oportunidades Tags:
28/07/2012 - 17:45

Dinastia Fagundes reina com brilho em Vermelho

Compartilhe: Twitter
Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (michel@aplausobrasil.com)

Antonio e Bruno Fagundes contracenam em "Vermelho", de John Logan

SÃO PAULO – Assisti Vermelho anteontem, texto de John  Logan, direção de Jorge Takla e com os atores Antonio Fagundes e Bruno Fagundes – guardem bem esse nome, ele surpreende em  cena ao lado do pai, um veterano ator que passou seus genes de perspicácia, seriedade e talento ao filho – num espetáculo que, mais que o prazer em assistir sua riqueza sensorial, nos estimula a mergulhar mais e mais no universo das artes plásticas e filosofia, por exemplo.

Corra porque essa primeira temporada paulistana acaba amanhã no Teatro GEO, depois parte em visgens. Vamos torcer pelo breve retorno na capital paulista e, ano que vem Vermelho, com primorosa tradução da atriz Rachel Ripani, chega ao Rio de Janeiro.

Roteiro:

Vermelho. Texto: John Logan. Tradução: Rachel Ripani. Direção e cenografia: Jorge Takla. Elenco: Antonio Fagundes e Bruno Fagundes. Iluminação: Ney Bonfante e Jorge Takla. Figurino: Fabio Namatame. Fotografia João Caldas.

Serviço:
Teatro GEO (627 lugares), Rua Coropés, 88 (próximo ao metro Faria Lima), tel. 3728.4930 Horários: quinta e sábado, às 21h; sexta, às 21h30 e domingos, às 18h.Ingressos: Platéia R$ 120,00 e Balcão R$ 100,00. Duração: 80 minutos. Classificação:12 anos. Estacionamento: valet c/ manobrista. Horário da bilheteria: terça, quarta e domingo das 12 às 20h; quinta, sexta e sábado das 12 às 21h.  Vendas para o dia do espetáculo serão encerradas 15 minutos antes do inicio. Vendas: na bilheteria, aceitam-se cartões de crédito e débito ou dinheiro; ou pelo site: www.showcard.com.br . Venda para grupos: grupos@takla.com.br ou tel. (11) 7571.353

Autor: - Categoria(s): MICHEL FERNANDES RECOMENDA Tags: , , , , , , , , , , , ,
22/07/2012 - 17:48

Gabriel Villela encena três textos de William Shakespeare em São Paulo

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Sua Incelença, Ricardo III", direção de Gabriel Vilella para peça de Shakespeare

SÃO PAULO – Entre julho e agosto o diretor Gabriel Villela estará com três peças de Shakespeare em cartaz em SP. Dia 25 de julho estreia Sua Incelença Ricardo III, No SESC Belenzinho (20h30). Depois é a estreia de Romeu e Julieta, direção Gabriel Villela, dia 28 de julho, às 15h00, no Parque da Juventude e logo em seguida faz temporada no SESC Belenzinho. Macbeth, que fica até 19 de agosto no Teatro Vivo.

Romeu e Julieta, com o Grupo Galpão de Belo Horizonte, transporta a tragédia dos jovens de Verona para o sertão mineiro e tem o universo do circo como inspiração para as cenas, figurinos e maquiagem. As cenas primam pela poesia e romantismo, com momentos de drama e muitas pitadas de humor.

A trilha é especial com músicas do nosso cancioneiro popular, cantadas e tocadas ao vivo. O destaque fica para a encenação em cima, ao redor e dentro de uma veraneio. Além da interpretação em cima de pernas de pau. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, DESTAQUE, Matérias, MICHEL FERNANDES RECOMENDA Tags: , , , , ,
18/07/2012 - 18:25

Macbeth, com Marcello Antony, permanece em cartaz até agosto

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Marcelo Antony protagoniza "Macbeth"

SÃO PAULO – O espetáculo Macbeth, em cartaz no Teatro Vivo, terá a sua temporada ampliada até o dia 19 de agosto. A tradução é de Marcos Daud. A direção e adaptação são de Gabriel Villela.

A versão do clássico de Shakespeare apresenta a história do ambicioso Macbeth (Marcello Antony), que com a ajuda da mulher, Lady Macbeth (Claudio Fontana), elabora um plano para assumir o trono. A ânsia pelo poder leva Macbeth e sua esposa a cometerem atrocidades. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas, MICHEL FERNANDES RECOMENDA Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
18/07/2012 - 15:20

Testes, editais e outras oportunidades

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (michel@aplausobrasil.com)

Logotipo do Aplauso Brasil criado por Rogério Trajano há mais de 9 anos

Conforme explicado em posts anteriores, resolvemos fundar a Comunidade Aplauso Brasil, do Facebook, para divulgar testes, editais, workshops e outras oportunidades com o objetivo de concentrar algumas dicas num só espaço em que os próprios assinantes podem deixar suas dicas e promoções.

Entre os destaque desta semana estão as últimas apresentações do belíssimo solo Nise da Silveira – Senhora das Imagens, até o próximo dia 27  no aconchegante Teatro Eva Herz (quintas e sextas às 21h), vídeos dos espetáculos da Cia. PicNic direcionado às crianças e de Natal em Hiroshima, de Ygor Fiori, aviso de seleção para as Fábricas de Cultura, além de diversas oportunidades para os cariocas.

CLIQUE AQUI se deseja acessar o conteúdo..

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, MICHEL FERNANDES RECOMENDA, Notas e Oportunidades Tags:
13/07/2012 - 20:18

Humor e elegância são manipulados com exatidão em comédia dirigida por Jô Soares

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (Michel@aplausobrasil.com)

"Atreva-se" - foto de Priscila Prade

SÃO PAULO – A elegância das mansões soturnas, lares de seres ambíguos e cercados por mistério, sai das telas de cinema, sobretudo dos filmes noir que fizeram história na década de 1940, e ganham contornos farsescos na hilária comédia Atreva-se, de Maurício Guilherme, sob primorosa direção de Jô Soares, em cartaz no Teatro das Artes (Shopping Eldorado).

Uma música cheia de pompa, feito aquelas que, no cinema, anunciam que a película vai começar, é a deixa para que a personagem de Mariana Santos, uma espécie de lanterninha que conduz  a história, com seus flashbacks que darão o sentido final da trama, conquiste a cumplicidade da plateia.

Mariana conduz com segurança, agilidade de raciocínio, carisma e talento insuspeitos que demonstram que a comédia, pelo menos a de maior gabarito, é alicerçada pelo saudável exercício da razão. E os elementos que mesclam a espinha dorsal desta ficção de Maurício Guilherme mixados  aos fatos cotidianos e a interação da atriz com a plateia exigem a participação ativa do espectador que, certamente, diverte-se bastante.

Os excelentes atores-comediantes Marcos Veras, Júlia Rabello e Carol Martini completam o elenco de Atreva-se, dando vida aos personagens que percorrem os diferentes períodos da trama. Será que tais personagens tem, entre si, alguma ligação? Será que as historias das pessoas que viveram na mansão tem conexão? Será que os vivos e os mortos realmente são o que são? Essas perguntas deixo a você, leitor que tiver o privilegio de assistir a este espetáculo, o sabor de descobrir as respostas.

Só adianto que Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Críticas, MICHEL FERNANDES RECOMENDA Tags: , , , , , , , , , , , ,
13/07/2012 - 16:01

Sonhos Para Vestir volta ao cartaz no Rio de Janeiro

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Sara Antunes apresenta "Sonhos para Vestir"

RIO DE JANEIRO – Considerada pela crítica como uma das melhores peças do Festival de Curitiba de 2011, Sonhos para Vestir tem a sua dramaturgia construída a partir da relação da autora com o seu pai, que faleceu há cinco anos.

Através de palavras e sonhos, numa troca constante com o espectador, o texto estabelece um diálogo entre o vivido e o sonhado, o dia e a noite, a vida e a morte.

É possível materializar um sonho? A partir do diálogo com o público, que é delicadamente convidado a entrar no jogo, Sara Antunes conduz o espetáculo, costurando um novo roteiro a cada apresentação. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias, MICHEL FERNANDES RECOMENDA Tags: , , , , , , , , ,
12/07/2012 - 19:40

Sai a lista dos textos vencedores da primeira etapa do Dramaturgias Urgentes

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (michel@aplausobrasil.com)

Dramaturgias Urgentes

SÃO PAULO – Já está disponível no site do projeto Dramaturgias Urgentes os ganhadores da primeira etapa, cujo tema das peças curtas era A nova classe média brasileira: os emergentes.

Os seis textos escolhidos pela comissão de pareceristas – Alessandro Toller, Leonardo Cortez e Noemi Marinho – para as Leituras Dramáticas pelo elenco da Cia. Elevador de Teatro Panorâmico, sob direção de Marcelo Lazzaratto, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo representam três estados brasileiros: Amapá (Macapá), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro) e São Paulo (São Paulo).

Doa 95 textos 30 recebem pareceres técnicos, sendo o tema da segunda etapa do Dramaturgias Urgentes na próxima quinta-feira (19).

CLIQUE AQUI para saber mais.

LEIA TAMBÉM

Novo projeto pretende agitar a dramaturgia brasileira contemporânea

Autor: - Categoria(s): festivais, MICHEL FERNANDES RECOMENDA, Notas e Oportunidades Tags: , , ,
Voltar ao topo