Publicidade

Publicidade

25/05/2012 - 16:50

Caco Ciocler novamente é dirigido por Roberto Alvim

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Amante", livremente inspirado em romance de Marguerite Duras

SÃO PAULO – Pela terceira vez consecutiva, o ator Caco Ciocler sobe aos palcos sob direção de Roberto Alvim, do cletivo teatral Club Noir, em Amante, livremente inspirado na obra A Amante Inglesa, de Marguerite Duras. A produção que se apresenta no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo até o dia 1º de julho é do Club Noir e traz no elenco, também, Juliana Galdino e Bruno Ribeiro.

Em Amante, uma mulher comete um assassinato e corta o corpo da vítima em pedaços. Para tentar esclarecer o fato, um investigador realiza entrevistas com o marido e a mulher. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, DESTAQUE, Matérias Tags: , , , , , , , , ,
24/02/2012 - 01:23

Caco Ciocler dá tom certo a Kafka

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias*, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Roberto Alvim volta a dirigir Caco Ciocler

SÃO PAULO – Essa é a sensação do espectador que se senta na plateia para assistir  A Construção, em cartaz no SESC Pompéia, às sextas e sábados às 21h e aos domingos às 19h até 25 de março.

O monólogo, como tudo escrito pelo autor de A Metamorfose, tem a marca de um dos maiores escritores do século 20, e não apenas em língua alemã, embora seja Tcheco. Coisas do Império Austro-Húngaro que só acabou mesmo no final de primeira grande guerra. Kafka (1883/1924) foi o pai do expressionismo alemão que acabou por influenciar todo o mundo, tendência que se baseou também em Freud (1856/1939), mais velho do que Kafka, mas da mesma região, ambos judeus e, como tais, ameaçados pelo nazismo.

O brilho do texto que se acompanha pela interpretação perfeita e surpreendente de Caco Ciocler – um ótimo ator que tem feito pouco teatro – se deve também pela tradução, adaptação e direção de Roberto Alvim. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , ,
15/02/2012 - 16:55

A Construção de Caco Ciocler

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, editor do Favo do Mellone site parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Peça é adaptação de conto de Kafka

Sob a direção de Roberto Alvim, o ator vive o personagem atormentado do conto de Franz Kafka que resolve construir sua casa debaixo da terra, num buraco para se refugiar dos perigos do mundo

SÃO PAULO – Nada estranho em se tratando de Franz Kafka, considerado o maior escritor de língua alemã do século XX. Para quem criou o personagem que, num belo dia, acorda no corpo de uma barata (A Metamorfose, de 1915), viver num buraco, longe de todos e do mundo, parece “normal” dentro deste universo.

A Construção — em cartaz até final de março no Espaço Cênico do SESC Pompeia — é uma adaptação inédita para o teatro do conto homônimo do escritor tcheco que o diretor Roberto Alvim traduziu e criou especialmente para a performance de Caco Ciocler.

A trama, publicada em 1923, está intimamente ligada ao momento que o escritor vivia: turberculoso e pressentindo a ascensão do nazismo, Kafka escreveu o conto meses antes de sua morte. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , , , , , , ,
03/01/2012 - 16:09

Caco Ciocler Camaleão

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

O ator Caco Ciocler

SÃO PAULO – O ator Caco Ciocler começa 2012 cheio de novidades. Em janeiro, sobe aos palcos de São Paulo no monólogo A Construção, de Franz Kafka, com direção de Roberto Alvim. Em cena, Caco é personificação do autor atormentado, introspectivo, fechado em seu mundo interior. Para viver o personagem vai cortar os cabelos e raspar a barba. O ator pode acrescentar Camaleão a seu sobrenome, pois a cada novo trabalho transforma-se, também, fisicamente.

Idealizador do Projeto, Caco renova a parceria com Alvim, que começou com a peça 45 Minutos.

Na telinha, aparece em um episódio da série As Brasileiras, da Globo, prevista para ir ao ar no começo do ano. Na telona, poderá ser visto em três filmes diferentes. Dois Coelhos, de Afonso Poyart, tem previsão para estrear em janeiro; Disparos, de Juliana Reis, entra em circuito até o final do ano, e a adaptação para o cinema de Meu Pé de Laranja Lima, dirigido por Marcos Bernstein, tem lançamento previsto para o primeiro semestre do ano que vem.

Há rumores – e onde há fumaça há fogo – que outra parceria a ser renovada por Caco será com o diretor Marco Antonio Rodrigues, com quem trabalhou em Casting, na montagem de Ricardo III, de William Shakespeare.

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags: , , , , , ,
18/11/2010 - 17:14

Última semana de “Casting”

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

"Casting" - da esquerda para direita - Caco Ciocler, Bete Dorgam, Aline Moreno, Natalia Gonsales e Bia Toledo - crédito - Bianchi Jr.

Em cartaz no Teatro Nair Bello (no 3º andar do Shopping Frei Caneca), o espetáculo “Casting”, do russo Aleksander Gálin, dirigido por Marco Antonio Rodrigues, encerra temporada no próximo domingo (28). Reproduzo abaixo a crítica que escrevi sobre essa deliciosa comédia que, entre outros, traz Bete Dorgan, Caco Ciocler, Nani de Oliveira, Nicolas Trevijano e Selma Luchesi no elenco.

Quando a luz cai ao final do segundo ato de “Casting”, de Aleksander Gálin, autor russo contemporâneo montado pela primeira vez no país, o riso que tomava conta da plateia desloca-se para o lamento poético da melodia do acordeon de Tamara (Nani de Oliveira, em delicada performance). Há, meio ao absurdo da situação, uma urgência desesperada em acreditar num porvir redentor.

Um anúncio no jornal recrutando mulheres a participarem de um concurso de talentos artísticos recebe, entre as inúmeras candidatas, algumas mulheres “velhas e feias” para terem a chance de exibirem seus dotes artísticos durante o concurso. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo