Publicidade

Publicidade

09/09/2011 - 14:51

Ajuste de contas entre mãe e filho em Conversando com Mamãe

Compartilhe: Twitter

Mauricio Mellone* (aplauso@gmail.com)

Beatriz Segall e Herson Capri vivem mãe e filho em "Conversando Com Mamãe"

Beatriz Segall e Herson Capri vivem mãe e filho em peça do argentino Santiago Carlos Oves, com direção de Susana Garcia. O espetáculo fica em cartaz até dezembro no Teatro Folha

Sempre se fala que nós brasileiros olhamos pouco para nossos vizinhos da América do Sul. No entanto, cada vez mais produções culturais dos países vizinhos chegam até nós e, invariavelmente, fazem muito sucesso. Filmes da Argentina e do Uruguai já são bem conhecidos dos brasileiros. E agora o teatro desses países também começa a ser encenado por aqui. É o caso de Conversando com Mamãe, peça do argentino Santiago Carlos Oves, que a diretora Susana Garcia tomou conhecimento primeiramente na versão cinematográfica e resolveu montá-la no Brasil. Com a versão do dramaturgo espanhol Jordí Galcerán e tradução de Pedro Freire, a peça chega a São Paulo (em cartaz no Teatro Folha até dezembro) depois de temporada de êxito entre os cariocas, com atuação brilhante de Beatriz Segall e Herson Capri.

Como uma mãe reage ao pedido do filho que quer vender o apartamento onde ela vive para resolver suas dificuldades financeiras? Esse é o mote inicial de Conversando com Mamãe, mas a trama proposta pelo autor é mais profunda. Em função da crise emocional e profissional em que se encontra — acaba de perder o emprego e seu casamento não anda bem das pernas — Jaime vê como solução de seus problemas a venda do apartamento em que sua mãe vive. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , , , , ,
Voltar ao topo