Publicidade

Publicidade

05/10/2012 - 14:26

Cabeça de Papelão: de volta para comemorar 15 anos da Cia da Revista

Compartilhe: Twitter

Artigo de Maurício Mellone, editor do Favo do Mellone site parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Baseada no conto de João do Rio, a peça mostra um homem que para se adaptar à sociedade troca sua cabeça por uma de papelão. Direção de Kleber Montanheiro e dramaturgia de Ana Roxo

Cia da Revista comemora 15 anos com "Cabeça de Papelão"

SÃO PAULO – Para celebrar 15 anos de atividades e três da nova sede, o MINITEATRO, a premiada Cia da Revista re-estreou passada a comédia Cabeça de Papelão, inspirada no conto O Homem da Cabeça de Papelão do jornalista carioca João do Rio. Com dez atores e dois músicos em cena, a montagem retrata a trajetória de vida de Antenor, um homem que se sente excluído da sociedade em que vive, o País do Sol, justamente por dizer sempre a mais pura verdade. Ele tem problemas amorosos, profissionais, financeiros e morais por praticar o bem e dizer o que sente. Descobre que para se adaptar às imposições do mundo é preciso mudar de cabeça: vai ao relojoeiro e deixa sua cabeça para consertar e leva uma de papelão. Antenor, depois desta troca, é reconhecido pela sociedade e conquista dinheiro, poder, amor e fama. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores, DESTAQUE Tags: , , , , , , , ,
31/08/2012 - 16:17

Peça com Denise Fraga encerra temporada com apresentações gratuitas

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Denise Fraga e Kiko Marques dividem o palco em "Sem Pensar"

SÃO PAULO – Depois de temporada na capital paulistana e viagens pelo Brasil, Sem Pensar faz três apresentações gratuitas no Memorial da América Latina, dias 05, 06 e 07 de setembro.  Para conferir as sessões basta levar 1 kg de feijão, arroz ou 01 lata de leite em pó. A troca de ingressos no Memorial será a partir do dia 04 de setembro, terça, das 14 às 20h.

Denise Fraga e Kiko Marques em "Sem Pensar"

A montagem é estrelada por Denise Fraga e dirigida por Luiz Villaça, cineasta e marido da atriz, que estreia na direção teatral. Além de Denise, estão no elenco: Kiko Marques, Julia Novaes, Kauê Telloli e Virgínia Buckowski, Verônica Sarno, Isabel Wolfenson e Paula Ravache.

A peça, escri tapela jovem escritora britânica, Anya Reiss, aos 17 anos, fala sobre a falta de percepção de si e do outro no cotidiano de uma família. Apresenta um relacionamento familiar em que reina o amor, mas que devido à falta de comunicação os conflitos são constantes. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, DESTAQUE, Matérias, Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
07/07/2012 - 12:29

A Doença da Morte faz um check-up na relação amorosa

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, editor do Favo do Mellone site parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"A Doença da Morte"

Peça de Marguerite Duras dirigida por Marcio Aurelio retrata o embate do amor entre um homem e uma mulher. No elenco, Paula Cohen e Eucir de Souza

SÃO PAULO – Texto escrito há 30 anos e que traz em seu posfácio o desejo da escritora Marguerite Duras em vê-lo transposto ao palco, A Doença da Morte acaba de estrear no Teatro Augusta e é extremamente contemporânea, pois põe a nu o amor entre um homem e uma mulher. Num momento em que se vê as pessoas evitando qualquer tipo de vínculo mais íntimo, não se permitindo amar, a peça de Duras vem para questionar ainda mais este tipo de atitude egoísta.

Com tradução de Vadim Nikitin,  direção e iluminação assinadas por Marcio Aurelio, a montagem começa com o casal separado fisicamente: o homem, interpretado por Eucir de Souza, está no palco, sentado numa cadeira colocada em cima de uma grande mesa e a mulher, vivida por Paula Cohen, está na extremidade oposta, no final da plateia.

Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores, DESTAQUE Tags: , , ,
19/06/2012 - 17:00

Dramaturga inglesa realiza atividades gratuitas na capital

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

A dramaturga inglesa Nina Reine

Pela primeira vez no Brasil, a autora inglesa Nina Raine participa de atividades que antecedem a estreia da peça Rabbit, montagem inédita da Companhia Delas, com direção de Eric Lanate. Formada em Oxford, Nina Raine é filha do poeta Craig Raine e ocupa lugar de destaque na dramaturgia britânica da atualidade

SÃO PAULO – Com o propósito de recepcionar festivamente a dramaturga inglesa Nina Raine, autora da nova montagem da Companhia Delas, Rabbit, dirigida por Eric Lenate, o espetáculo faz ensaios abertos nesta quinta (21) e sexta-feira (22) no Teatro da Cultura Inglesa.

A programação de Nina Raine inclui, ainda, bate-papo sobre dramaturgia nesta quarta-feira (20) SESI e um workshop para atores com exercícios e técnicas utilizadas pela Royal Shakespeare Company, sábado (23), no Teatro Cultura Inglesa. Todas as atividades têm entrada gratuita.

Rabbit tem direção de Eric Lenate e tradução de Ricardo Estevam para o primeiro texto da jovem autora e diretora inglesa, um dos grandes nomes da dramaturgia britânica contemporânea, escrito em 2006. No elenco, Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , ,
13/06/2012 - 18:58

Teatro da Vertigem convida público para caminhada pelo Bom Retiro

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

"Bom Retiro 958 metros"

SÃO PAULO – Há pouco mais de duas décadas um grupo de jovens oriundos da ECA/ USP iniciou pesquisas relacionadas à temas da física e suas possíveis interações com o ato cênico. Mesmo que o coletivo de artistas-pesquisadores não priorizassem a criação de um espetáculo – eles, inclusive, negavam tal possibilidade –, as trombetas de Dionísio soaram atraentes demais e, do núcleo fez-se o Teatro da Vertigem que, definitivamente, marca a cena teatral contemporânea. À partir desta sexta-feira (15), ocupa diferentes pontos do bairro que dá nome ao seu novo  trabalho, Bom Retiro 958 metros, com dramaturgia de Joca Reiners Terron e direção de Antonio Araújo.

Na inesquecível trilogia bíblica – O Paraíso Perdido (1992), O Livro de Jó (1995) e Apocalipse 1,11 (1999) – que marca sua entrada no universo teatral com merecidos aplausos e dedicada atenção, o Teatro da Vertigem sempre manteve em seus espetáculos espaço determinante no diálogo entre o ambiente em que se encena e o quê é encenado. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, Matérias Tags: , , , , , ,
01/06/2012 - 18:30

Autor de Blackbird volta em Facas nas Galinhas

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (michel@aplausobrasil.com)

Francisco Medeiros dirige "Facas nas Galinhas", do escocês David Harrower

SÃO PAULO – Após arrebatar a plateia paulistana com Blackbird, sua estreia no Brasil, o dramaturgo escocês David Harrower tem seu texto Facas nas Galinhas encenado por Francisco Medeiros. Produzido pelo Barracão Cultural, o espetáculo estreia hoje no Espaço da Companhia do Feijão.

Eloísa Elena (em memorável interpretação n’A Mulher Que ri) é uma jovem mulher que vive em uma aldeia qualquer num tempo indefinido. Casada com um camponês opressor adúltero, ela tem um encontro com o odiado moleiro (dono do moinho) local que a impulsiona no percurso da descoberta de si mesma.

Segundo o diretor Francisco Medeiros, Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
23/05/2012 - 22:43

Cia. Teatro da Cidade abre processo de criação

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com

Ano passado, a companhia que é dirigida por Claudio Mendel,estreou "Um Dia Ouvi a Lua"

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS – O autor russo Antón Chekov (1860-1904), um dos principais nomes da dramaturgia mundial, terá sua vida e obra (além de obras-primas como as peças A Gaivota e As Três Irmãs, escreveu centenas de contos) como tema de pesquisa da Cia. Teatro da Cidade, de São José dos Campos, que, graças ao apoio do SESC, realiza, até o dia 12 de agosto, uma série de palestras e oficinas abertas ao público objetivando compartilhar o processo de criação.

Completando 22 anos de idade, a Cia. De Teatro da  Cidade traz o projeto Almas Abaixo de Zero que terá a orientação teórica da professora russa Elena Vássina para a criação de cenas, cuja dramaturgia final será de Samir Yazbek.

É possível acompanhar o trabalho do grupo através do blog http://doc-tchecov.blogspot.com.br/.

Maio

Palestras

22 – “A Obra de Anton Tchekhov e o teatro contemporâneo”, com Elena Vássina

29 -“A cenografia para as encenações de Anton Tchekhov”, com Fausto Viana

Horário das palestras: 19h

Oficina

Paisagens sonoras, com Beto Quadros

Dias 26 e 27 (sábado e domingo)

Horário: das 14h às 18h

20 vagas

Junho

Palestra

12 – “O Universo de Tchekhov e a dramaturgia”, com Samir Yazbek

Horário: 19h

Agosto

Oficina

Criação Atoral, com Claudio Mendel e atores da Cia Teatro da Cidade

Dias 11 e 12 (sábado e domingo)

Horário: das 14h às 18h

Serviço:

Almas Abaixo de Zero

Abertura de processo de pesquisa e montagem de novo espetáculo da Cia Teatro da Cidade sobre vida e obra de Anton Tchekhov.

SESC – av. Adhemar de Barros, 999. São José dos Campos/SP.

Telefone para informações: (12) 3941-7631

www.ciateatrodacidade.com.br

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , ,
15/05/2012 - 20:40

Grupo Dragão 7 representa o Brasil em Festival angolano

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Grupo Dragão 7 leva "O Auto da Barca do Inferno" à Luanda

LUANDA – Depois de turnê por diversas cidades brasileiras e apresentações na Europa e África, o espetáculo Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente, fará apresentações no Festival de Teatro e Artes, em Angola. O festival, que acontecerá entre quinta-feira (17) e 31 de Maio em Luanda, é organizado pelo Elinga Teatro, em parceria com o Ministério da Cultura de Angola e o Governo Provincial de Luanda.

Os artistas do Grupo Dragão 7, que tem a direção de Creusa Borges, terão a oportunidade de estabelecer intercâmbio com países lusófonos. Grupos de Angola, Cabo Verde, Moçambique e Portugal estarão presentes nesta segunda edição do evento.

Em Auto da Barca do Inferno, escrita em 1517, personagens estão num lugar imaginário e ao morrerem procuram pela barca que julgam merecer por direito: A do Céu ou do Inferno. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , ,
05/04/2012 - 01:13

Projeto Violas e Repentes divulga a poesia da cultura popular

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Projeto Violas e Repentes

SÃO PAULO – O projeto Violas e Repentes, idealizado pela Associação Raso da Catarina, conta com as participações de Assis Ângelo, Titico Caetano e Vicente Reinaldo e tem como objetivo difundir a arte do repente na Vila Madalena e em toda a capital paulista. Será apresentado sábado (7), 15h.

Conduzidas pelo mestre de cerimônias, o pesquisador cultural e jornalista Assis Ângelo, as apresentações acontecem sempre no primeiro Sábado de cada mês, no espaço Gam Yoga, que fica na Rua Fradique Coutinho, 1004, na Vila Madalena, Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Notas e Oportunidades Tags: , , , , ,
04/04/2012 - 20:23

Leo Lama assina texto de Grande Espírito da Intimidade

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Clovys Tôrres e Adriana Lodoño re-estreiam "Grande Espírito da Intimidade"

SÃO PAULO – Depois de temporada no Espaço Cultural Capobianco, Grande Espírito da Intimidade re-estreia nesta sexta-feira (6) no Teatro Studio SP da Vila Madalena. O texto de autoria de Leo Lama, filho do dramaturgo Plinio Marcos e da atriz Walderez de Barros, traz como protagonistas os atores Adriana Londoño e Clovys Torres. A direção é de Andréah Dorim.

A peça aborda a intimidade da natureza humana tendo como metáfora a discussão de um casal em crise. Ela (Adriana Londoño) o ama profundamente e está com medo de perdê-lo. O homem está bêbado de cauim, bebida fermentada indígena, ouve vozes e cantos indígenas, enquanto ela prepara um misterioso ensopado. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , ,
Voltar ao topo