Publicidade

Publicidade

31/05/2011 - 17:11

Joana d’Arc de Schiller é apresentado pela primeira vez no Brasil

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Teatro do Incêndio apresenta texto de Schiller inédito no Brasil

Joana D’Arc é citada na dramaturgia pela primeira vez, ao que parece, em uma das peças históricas de William Shakespeare. Depois disso, virou protagonista de um número incrível de autores. Para citar os mais conhecidos: Friedrich Schiller, Jean Anouilh, Jean Cocteau, Voltaire, George Bernard Shaw e Bertold Brecht.

Isso se deve à polêmica de que poderia ela ser uma farsante bem como uma iluminada. De um modo ou de outro ninguém discorda de que ela comandou as tropas dos franceses que acabaram vencendo os ingleses na guerra dos trinta anos (período medieval). A Igreja Católica só a canonizou em 1920, quinhentos anos após sua morte. Antecipando-se a isso, Schiller (1759-1805) escreveu uma peça em sua homenagem colocando-a não apenas como comandante dos exércitos vencedores, mas como comandada por Deus. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas, Matérias Tags: , , , , ,
17/05/2011 - 22:17

Inédito no Brasil, texto de Schiller conta a história de Joana D’Arc

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Liz Reis vive Joana D'Arc

A Cia. Teatro do Incêndio estreia texto inédito no Brasil do alemão Friedrich Von Schiller quarta-feira (18), 21h, no Teatro Bibi Ferreira. Com direção de Marcelo Marcus Fonseca, Joana D’ Arc tem Liz Reis como protagonista.

Joana D’Arc” conta a peculiar história da guerreira herética tornada santa e mito, que há séculos atrai multidões. O texto inédito, do alemão Friedrich Von Schiller, de 1801, foi traduzido por Mario Vitor Santos especialmente para esta encenação. A peça traz uma visão particular da trajetória da heroína francesa, cognominada de a “Virgem de Orleans”, que foi acusada, julgada e queimada viva por heresia. Na obra de Schiller, ela é perdoada em vida e tem uma morte gloriosa no campo de batalha. O autor recria poeticamente a história para fazer uma reflexão sobre guerra, paz, fé e amor. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags: , , , , ,
Voltar ao topo