Publicidade

Publicidade

19/09/2012 - 13:20

Isso É O Que Ela Pensa re-estreia em São Paulo

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (nanda@aplausobrasil.com)

"Isso é o Que Ela Pensa" volta no Viga Espaço Cênico

SÃO PAULO – A peça, que já esteve em cartaz na capital paulista e passou por Brasília, volta em curta temporada, no Viga Espaço Cênico. A re-estreia é nesta quinta-feira (20), às 21h, no Viga Espaço Cênico. A direção é de Alexandre Tenório e no elenco estão os atores Denise Weinberg, Clarissa Rockenbach, Maristela Chelala, Eduardo Muniz, Francisco Brêtas, Flavio Faustinoni, Mário César Camargo e Mário Borges.

Isso É O Que Ela Pensa, do escritor inglês Alan Ayckbourn, é considerado um dos seus trabalhos mais polêmicos do escritor, que trata de loucura, fé e desintegração familiar.

A montagem gira em torno da história de Susan, uma mulher de meia idade que vai se distanciando aos poucos da realidade. A protagonista, vivida pela atriz Denise Weinberg, sonha com uma família que lhe dê atenção, já que na vida real ela convive com pessoas depressivas e envolvidas com os problemas e interesses pessoais. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , ,
31/08/2012 - 16:17

Peça com Denise Fraga encerra temporada com apresentações gratuitas

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Denise Fraga e Kiko Marques dividem o palco em "Sem Pensar"

SÃO PAULO – Depois de temporada na capital paulistana e viagens pelo Brasil, Sem Pensar faz três apresentações gratuitas no Memorial da América Latina, dias 05, 06 e 07 de setembro.  Para conferir as sessões basta levar 1 kg de feijão, arroz ou 01 lata de leite em pó. A troca de ingressos no Memorial será a partir do dia 04 de setembro, terça, das 14 às 20h.

Denise Fraga e Kiko Marques em "Sem Pensar"

A montagem é estrelada por Denise Fraga e dirigida por Luiz Villaça, cineasta e marido da atriz, que estreia na direção teatral. Além de Denise, estão no elenco: Kiko Marques, Julia Novaes, Kauê Telloli e Virgínia Buckowski, Verônica Sarno, Isabel Wolfenson e Paula Ravache.

A peça, escri tapela jovem escritora britânica, Anya Reiss, aos 17 anos, fala sobre a falta de percepção de si e do outro no cotidiano de uma família. Apresenta um relacionamento familiar em que reina o amor, mas que devido à falta de comunicação os conflitos são constantes. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, DESTAQUE, Matérias, Notas e Oportunidades Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
02/04/2012 - 14:57

Mais um espetáculo brilhante protagonizado por Denise Weimberg

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias*, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Elenco de "Isso é o Que Ela Pensa", dirigido por Alexandre Tenório

Além de elenco de altíssimo nível, arrasando,  texto de Isso é o que ela pensa bem como sua direção são surpreendentes

SÃO PAULO – A protagonista é simplesmente Denise Weinberg que envolve todo o mundo o tempo todo.  Clara Carvalho, mais chique do que a patroa, faz sua empregada. Contracenam também muitos atores conhecidos como Francisco Brêtas, José Roberto Jardim e, ainda, Eduardo Muniz, Mário Borges, Mário Cesar Camargo e Clarissa Rockenbach. Todos dirigidos com a firmeza e competência de sempre de Alexandre Tenório.

Isso e o que ela pensa, do britânico Alan Ayckbourn (A Serpente no Jardim), tem de original o fato de tratar um surto como doença, mas como única saída (exceto o suicídio) para quem vive uma decepção profunda com algo muito importante para si, e que, como não tem poder para mudar sozinho, cria uma fantasia (que não percebe como tal) para poder aguentar a situação. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
20/03/2012 - 12:58

Denise Weinberg faz mergulho na mente feminina

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, editor do Favo do Mellone site parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Denise Weinberg protagoniza "Isso é o Que Ela Pensa"

Isso é o Que Ela Pensa, peça do britânico Alan Ayckbourn, dirigida por Alexandre Tenório traz Denise Weinberg na pele de Susan, uma mulher de meia-idade que após uma queda passa a viver entre a fantasia e a realidade

SÃO PAULO – Ao entrar no Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Sao Paulo, o público já é surpreendido: parte das pessoas é encaminhada para o palco e o restante é conduzido ao balcão superior. Tive o prazer de sentar-me na pequena arquibancada montada no palco, como se fizesse parte do cenário do espetáculo. Tudo isto tem uma razão de ser: o público por quase dividir a cena com os atores, torna-se cúmplice do drama vivido por Susan, a personagem central de Isso É o que Ela Pensa, peça escrita em 1985 pelo dramaturgo britântico Alan Ayckbourn e pela primeira vez montada no país.

Após uma pequena queda no jardim de sua casa, Susan — brilhantemente interpretada por Denise Weinberg — começa a conviver entre a fantasia, em que ela cria uma família ideal e harmoniosa, e a realidade, em que os familiares são distantes, frios e egoístas. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
21/08/2011 - 17:19

Denise Stoklos em novo espetáculo no SESC Consolação

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Denise Stoklos apresenta "Preferiria Não?" no Teatro Anchieta

No início de abril, durante o Festival de Curitiba, Denise Stoklos realizou a estreia mundial de seu novo solo, Preferiria Não?, com sessões concorridas e um Teatro Guairinha abarrotado de espectadores. Agora o Teatro Anchieta (SESC Consolação) é a casa paulistana do espetáculo em que Denise assina a direção, adaptação e atuação.

Seguindo sua vocação de “narrado/ autor”, Stoklos se apropria da peça  Bartlebay, O Escriturário, de Hermam Melville, intencionando transformar a interpretação dos papéis em narrativa dos fatos, evocando um olhar crítico do narrador que atua em cena.

Preferiria não?

FICHA TÉCNICA
Direção, texto, adaptação, coreografia, sonoplastia e interpretação solo:
Denise Stoklos
Pesquisa, consultoria sobre o texto e supervisão: Dayse Stoklos Malucelli Iluminação:Marcel Gilber
Fotografia e vídeo: Thais Stoklos
Operação de som: Viviane Fontes
Assistência de Direção, Produção e Participação : Patrícia Torres
Duração: uma hora e vinte minutos.
Até 18 de setembro. Sextas e sábados, às 21h. Domingos, às 19h. Duração: 1h20
Não haverá apresentação nos dias 26/8, sexta, e 11/9, domingo.
Sessão extra no dia 16/9, terça, às 15h.
Não recomendado para menores de 14 anos
R$ 32,00 (inteira); R$ 16,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 8,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).
Teatro Anchieta. 280 lugares

Teatro Anchieta do SESC Consolação
Rua Dr. Vila Nova, 245
Tel: 3234-3000

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags: ,
04/08/2011 - 14:29

Sem Pensar revela atriz

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Cena de "Sem Pensar"

É claro que não se trata de Denise Fraga – há bastante tempo admirada pelo público – e sim de uma jovem atriz, Júlia Novaes, que interpreta Delilah, a filha dela na peça.  Formada pelo Teatro- Escola Célia Helena, a mocinha domina o palco tanto em cenas divertidas como nas mais tocantes. E seu talento sobressai sobre tudo o mais em Sem Pensar.

A peça, que está em cartaz desde maio com casa lotada, acaba de prorrogar a temporada até outubro. Escrita por uma inglesa, Anya Reiss, tem como novidade mostrar o absurdo na vida comum das pessoas que não se respeitam e vivem com pressa. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
09/05/2011 - 20:20

Denise Fraga volta à cena em peça de inglesa de 17 anos

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Logotipo de "Sem Pensar"

Quando esteve em Londres para um festival de cinema,  Luiz Vilaça, cineasta que estreia na direção teatral com Sem Pensar (na próxima sexta-feira (13), no TUCA) se interessou por uma peça que estava em cartaz no Royal Court Theater escrito por uma jovem inglesa. Depois de ver e se apaixonar pela peça soube que a autora era mais jovem do que ele imaginava: “quando ela escreveu o texto tinha apenas 17 anos”. Como o assunto o interessava também, resolveu comprar a peça que traz Denise Fraga, com quem é casado, encabeçando o elenco.

Sem Pensar (Spur of the Moment) é uma comédia dramática que expõe os conflitos de uma família cercada pela difícil comunicação interpessoal, meio a uma sociedade que encontra mais facilidade na comunicação midiática. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Notas e Oportunidades Tags: , , ,
09/05/2011 - 17:14

Making of de Sem Pensar em seis episódios

Compartilhe: Twitter

Making of “SEM PENSAR” – Episódio 1 – Como tudo começou
<a href="“>
Making of “SEM PENSAR” – Episódio 2 – Seleção<a href="“>
Making of “SEM PENSAR” – Episódio 3 – Vicky
<a href="“>
Making of “SEM PENSAR” – Episódio 4 – Nick<a href="“>
Making of “SEM PENSAR” – Episódio 5 – Delilah<a href="“>
Making of “SEM PENSAR” – Episódio 6 – As Meninas<a href="“>

Autor: - Categoria(s): Multimídia Tags: , , , , ,
23/11/2010 - 16:44

“O Pelicano”, clássico de Strindberg, em temporada popular

Compartilhe: Twitter

Maurício Mellone, para o site Favo do Mellone parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

A  premiada atriz  Denise Weinberg assina a direção do texto do

"O Pelicano" (foto de Ronaldo Gutierrez)

dramaturgo sueco, que põe a nu as relações de uma tradicional família burguesa

Em sua terceira temporada, a Cia. Mamba de Artes traz, a preços populares, no Viga Espaço Cênico, até 19 de dezembro, o clássico “O Pelicano”, do dramaturgo sueco August Strindberg.

Sob a direção da premiada atriz Denise Weinberg, cofundadora do Grupo Tapa, a peça revela a característica mais marcante do autor: de desvendar e pôr a nu as relações do núcleo central da família. Suas peças discutem o drama intimista entre o casal e demais familiares.

Em “O Pelicano”, essa marca autoral é evidente: com a morte do pai, a família entra em decadência financeira e a matriarca, vivida por Sheila Gonçalves, resolve fazer com que todos voltem a morar juntos.

No entanto, os podres da família começam a vir à tona: Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Artigos, Resenhas e Crônicas, Colaboradores Tags: , , , ,
16/10/2010 - 18:58

Strindberg era contra as mulheres?

Compartilhe: Twitter

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"O Pelicano", de Strindberg

Em vida foi chamado de misógino. Isso na maravilhosa segunda metade do século 19. Maravilhosa porque sucedia o Romantismo (da primeira metade do mesmo século) que se deu conta da situação de inferioridade com que as mulheres eram tratadas pela sociedade, dando origem ao movimento feminista, já na época do Naturalismo. Em matéria de Naturalismo, os principais autores de teatro foram os nórdicos: Henrik Ibsen (Norueguês) e August Strindberg (sueco). Não houve mulheres como na literatura. E é da peça do autor sueco que falarei.

Strindberg além de top do Naturalismo influenciou o expressionismo e o surrealismo. Mas teve uma mãe como a que aparece na peça “O Pelicano”, em cartaz no teatro Viga, apenas aos sábados (21h) e domingos (19h), insuperável. Não deixe de assistir, pois tem excelente direção de Denise Weinberg. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , ,
Voltar ao topo