Publicidade

Publicidade

04/09/2012 - 23:33

Segunda edição do Mirada começa nesta quarta

Compartilhe: Twitter

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

México é país homenageado da 2ª edição do MIRADA

SANTOS – O litoral paulista recebe a partir desta quarta-feira (5), até o dia 15, o Mirada – Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas, realizado pelo SESC São Paulo. Nesta segunda edição, serão apresentados 38 espetáculos. Produções nacionais e internacionais ocuparão teatros, praças e ruas de Santos e de cidades vizinhas, como Praia Grande, Bertioga, Cubatão, Guarujá e São Vicente.

Mundana Companhia de Teatro faz pré-estreia de "Pais e Filhos" - foto de Camila Marquez

O público terá a oportunidade de conferir espetáculos de países como Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Cuba, Espanha, Portugal e México (país homenageado).  Entre os participantes, internacionais, destaque para as produções mexicanas das companhias Teatro Línea de Sombra,  Compañía Tapioca Inn, Por Piedad Producciones, Compañia Nacional de Teatro, Teatro El Farfullero, Artilleria Producciones,  El Milagro e Carretera 45 Teatro.

O Mirada sediará a pré-estreia nacional do espetáculo Pais e Filhos, da Mundana Companhia de Teatro, com direção do russo Adolf Shapiro. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, festivais, Matérias Tags: , , , , , , , , ,
12/06/2012 - 22:48

Festival Cena Brasil Internacional chega a São Paulo nesta quarta

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/iG (Michel@aplausobrasil.com)

Gilberto Grawonski será o artista-residente da etapa paulistana

SÃO PAULO – Trazendo na bagagem de sua premiére brasileira, a temporada carioca, de 1º a 11 de junho, o Festival Cena Brasil Internacional chega a capital paulista nesta quarta-feira (13) e, simultaneamente, à cidade de Lorena.

Idealizado pelo produtor Sérgio Saboya, curadoria de Celso Curi e Dane de Jade, o Festival Cena Brasil Internacional deseja oferecer um breve panorama do que é produzido, dentro e fora do país, no universo das artes cênicas, além de promover o intercâmbio entre os artistas seja por meio das apresentações, seja pelos workshops que eles realizaram (CONFIRA PROGRAMAÇÃO COMPLETA AO FINAL DESSA MATÉRIA).

Um aspecto do Cena Brasil Internacional, cujos espetáculos internacionais terão legenda em português, diferencial é a espécie de convênio que o Festival fez com dois dos mais relevantes festivais de teatro do mundo, o de Avignon, na França, e o de Edimburgo, na Escócia: seis produções nacionais das residências artísticas (quatro do Rio e duas de São Paulo) serão selecionadas para apresentações nos festivais de Avignon (França) e Edimburgo (Escócia).

Esta iniciativa tem o propósito de realizar uma Mostra Teatral Brasileira dentro das duas feiras de cultura em 2013. A curadoria nacional e internacional é do crítico de teatro, diretor e ator Celso Curi e da produtora Dane de Jade.

Em entrevista exclusiva  ao Aplauso Brasil/ iG, Celso Curi fala mais sobre o Festival Cena Brasil Internacional.

Aplauso Brasil/ iG – Qual o objetivo principal de promover o intercâmbio entre as companhias internacionais e brasileiras para este Festival Cena Brasil Internacional? Leia mais »

Autor: - Categoria(s): DESTAQUE, festivais, Matérias Tags: , , , , , , , , , ,
20/04/2012 - 15:39

Confira programação da VII Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (Michel@aplausobrasil.com)

"Kamouraska" - Cia Inversa Teatro

Organizada pela Cooperativa Paulista de Teatro e, mais uma vez com patrocínio da Petrobrás, a sétima edição da Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo começa na próxima terça-feira (24) na Oficina Cultural Oswald de Andrade que divide a programação, toda ela gratuita, com o SESC Bom Retiro

SÃO PAULO – De 24 (terça-feira) a 29 de abril (segunda-feira), a Oficina Cultural Oswald de Andrade e a unidade Bom Retiro do SESC São Paulo serão palco para as dez atrações latino-americanas e duas espanholas que compõem a grade de programação da VII Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo, cujas atividades são gratuitas e a realização é da Cooperativa Paulista de Teatro e do Instituto Internacional de Teatro da UNESCO no Brasil (ITI- Brasil), e tem como eixo “a mulher na produção teatral da América Latina”.

"As Três Irmãs" - Cia Traço de Teatro - credito Nassau Souza


A peça de abertura da Mostra, que já faz parte do calendário teatral da cidade de são Paulo, terá o coletivo mexicano La Reina Chulas instalando seu cabaré La Banda de Las Recodas – sarcástico painel da sociedade mexicana e suas semelhanças com outros países latino-americanos. Os cubanos do Teatro de La Luna colocarão em relação dois ídolos de Cuba: Célia Cruz e Benny Moré, que se encontram imaginariamente no lendário piano-bar Delirio Habanero. As recifenses Loucas de Pedra Lilás prometem agitação e propaganda em torno dos problemas da mulher com seu As Dom QuiXotas em Defesa dos Direitos Humanos Enfrentando os Cafuçus, e as florianopolitanas da Traço Cia de Teatro exibirão uma singela versão de As Três Irmãs, de Chekhov. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
17/04/2012 - 18:37

7º Festival Palco Giratório começa em maio

Compartilhe: Twitter

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Festival Palco Giratório abre vendas dia 23

PORTO ALEGRE – O Festival Palco Giratório SESC/POA chega a sua sétima edição este ano, trazendo à capital gaúcha mais de 100 ações culturais entre espetáculos, atividades formativas, palestras e exposições. Serão 46 espetáculos de 41 grupos, 81 sessões e a vinda de artistas de 11 estados brasileiros e três países.

O evento, que já se tornou um marco do calendário cultural de Porto Alegre, acontece entre os dias 04 e 27 de maio e vai movimentar a cena cultural da cidade, promovendo um intercâmbio entre artistas de 11 estados brasileiros, além do elo cultural com a Dinamarca, que estará presente no Festival por meio da participação do Odin Teatret.

Cia. baiana apresenta "Pólvora e Poesia", de Alcides Nogueira e direção de Fernando Guerreiro

Entre os destaques desta edição estão dois espetáculos do grupo dinamarquês: As Grandes Cidades sob a Lua e Ode ao Progresso , o monólogo Depois do Filme, que marca a volta aos palcos do diretor Aderbal Freire Filho, as premiadas encenações Oxigênio, da Cia Brasileira de Teatro, e Luis Antônio Gabriela, da Cia Mungunzá. Também chegará na programação do circuito a encenação baiana de Pólvora e Poesia, primoroso texto de Alcides Nogueira, que recebeu a direção de Fernando Guerreiro e está há dois anos em cartaz, sendo  considerada como uma das grandes montagens do teatro baiano dos últimos anos.

Haverá na programação do evento a Residência Artística com o consagrado  Odin Teatret e uma palestra  sobre A Organização e Cultura do Odin Teatret, com Anne Savage.

A programação completa do 7º Festival Palco Giratório SESC/POA pode ser conferida no site www.sesc-rs.com.br/palcogiratorio.

INGRESSOS:

Venda de ingressos antecipados de 23/04 a 27/05

Ponto de Venda para Ingressos Antecipados: SAC (Setor de Atendimento ao Cliente) Unidade Sesc Centro – Av Alberto Bins,665

Nas bilheterias dos espaços, conforme disponibilidade, no dia da apresentação, com 1 hora de antecedência.

Atendimento: segunda a sexta das 8h às 19h45 e até às 12h para a *apresentação do dia.

Atendimento para Apresentação do Dia: Após às 12h e havendo ingressos disponíveis, a venda ocorre somente no local de cada apresentação uma hora antes do início do espetáculo.

* Para o espetáculo Breves Entrevistas com Homens Hediondos – Venda somente nos dias e no local das apresentações

Valores: R$ 5 a R$ 20

R$ 20,00 público em geral

R$ 10,00 para estudantes, maiores de 60 anos, classe artística e empresários com cartão SESC

R$ 5,00 para COMERCIÁRIOS e dependentes*

*COMERCIÁRIOS (titulares e dependentes): mediante apresentação do cartão SESC e somente um ingresso por espetáculo para cada cartão.

Formas de pagamento na compra antecipada:

Dinheiro

Cheque à vista, cartão débito ou crédito (visa; mastercard e amex)

Formas de pagamento para compra na hora: somente pagamento em dinheiro

Informações sobre a venda de ingressos e de toda a Programação do Festival: (51) 3284 2070.

ESPETÁCULOS COM ENTRADA FRANCA: Acesso mediante distribuição de senhas somente no local e no dia do evento, uma hora antes de cada apresentação.

Atenção: Acesso a espetáculos em Escolas Públicas é necessário agendamento prévio.

ACESSO PALESTRAS, MESAS REDONDAS E SESSÕES DE FILMES:

Acesso livre conforme ordem de chegada e sujeito a lotação do espaço. (abertura de portas 30 minutos de antecedência)

*Atenção: para a Palestra com o Eugênio Barba ocorrerá distribuição de senhas somente no local e no dia do evento, uma hora antes da atividade.

Oficinas:

Para Oficina de Montagem Abre-Alas (Lume Teatro):

50 vagas disponíveis

Período de envio: de 23/04 a 15/05, seleção por ordem de envio.

Acesso a oficinas:

Inscrições gratuitas de 23/04 até 07 de Maio. Os interessados devem enviar e-mail para festival@sesc-rs.com.br , com as seguintes Informações: Nome Completo, Endereço, Telefone, E-mail e breve currículo ou carta de intenção para análise.

Aguardar retorno de confirmação, por e-mail, até 2 dias anteriores a atividade. O envio da Inscrição não garante a participação nas atividades, somente o e-mail de confirmação enviado pela produção do Festival.

Conferências, Palestras e oficinas:

Acesso livre, conforme lotação do espaço.

Locais de realização:

* Teatro Sesc Centro: Av. Alberto Bins, 665 (Fone: 51 3284-2070)

* Café Sesc Centro: Av. Alberto Bins, 665 (Fone: 51 3284-2070)

* Theatro São Pedro: Praça Marechal Deodoro, s/n – (Fone: 51 3227-5100)

* Teatro Renascença: Av. Érico Veríssimo, 307 (Fone: 51 3289-8066)

* Sala Álvaro Moreyra: Av. Erico Veríssimo, 307 (Fone: 51 3289-8066)

* Teatro de Câmara Túlio Piva: R. da República, 575 (Fone: 51 3289-8093)

* Sala Carlos Carvalho – Casa de Cultura Mário Quintana: R. dos Andradas, 736

* Teatro do Museu: Rua Dos Andradas, 230 (Fone: 3227 5196)

* Sala Alziro Azevedo – UFRGS: R. General Vitorino, 255 (Fone: 3308 4374)

* Casa de Teatro: R. Garibaldi, 853 (Fone: 3029 9292)

* CMTE Paulo Freire: R. Santa Terezinha, 572 – Santana

* Escola Municipal Grande Oriente: R. Wolfran Metzler, 600 – Rubem Berta (Fone: 3366 1602)

* Circo Girassol: R. Doutor Sinval Saldanha, 286 – Bom Jesus (Fone: 3387 8595)

* Largo Glênio Peres

* Rua dos Andradas

* Estacionamento da Usina do Gasômetro

* Esquina Democrática

* Largo Zumbi dos Palmares

* Parque Farroupilha

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
11/04/2012 - 22:49

Cia. Hiato chega ao rol dos melhores coletivos de teatro

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes*, do Aplauso Brasil/ iG (michelfernandes@superig.com.br)

"O Jardim" - foto de Annelize Tozetto

CURITIBA – Desde 2008, com seu primeiro trabalho – Cachorro Morto –, a renomada crítica teatral Mariangela Alves de Lima chamou minha atenção para essa jovem Cia. Hiato, destacando que o grupo “apresentava um trabalho bastante interessante”, à procura de uma dramaturgia que dialogasse com a cena que desejavam realizar. Assisti ao espetáculo e me encantei pelo que vi: jovens talentosos e com muita disciplina na realização do trabalho. Por questões que não interessam ser abordadas aqui, perdi Escuro, segundo trabalho do grupo, e graças ao Festival de Curitiba, tive o prazer de assistir O Jardim, texto e direção de Leonardo Moreira, que estreou ano passado e, sem dúvidas, se a tivesse assistido seria voto certo no prêmio em que sou jurado, o APCA.

"O Jardim" - foto de Annelize Tozetto


Conteúdo e forma são aliados em O Jardim que traz um delicado, comovente, hilário e tenso exercício de memórias esparsas, de épocas diferentes e cruzadas, da vida de um senhor, preso na catatonia de seu Mal de Alzheimer e prestes a ser levado a um asilo. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags: , , , , , , , , , ,
11/04/2012 - 18:21

O Grupo Galpão é ensemble sem medo de ousar

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes*, do Aplauso Brasil/ iG (Michel@aplausobrasil.com)

Grupo Galpão apresentou "Eclipse" no Festival de Curitiba

CURITIBA – Que o Grupo Galpão, sediado na capital mineira, é dos coletivos teatrais de maior inquietude e seriedade, não há o que objetar. Mesmo ao chegar a seu 30º aniversário, a coragem da trupe continua sua característica principal e, em Eclipse, que estreou no 21º Festival de Curitiba, eles se atiraram vendados e sem medo num terreno que não lhes é habitual, o intimismo filosófico, para trazer à cena discussões  presentes em contos de Checkov, sob direção do russo Juirij Alschitz, quem também assina o roteiro do espetáculo.

Cinco dos atores que compõem o ensemble Galpão – a palavra ensemble, segundo a concepção de Jurij trata-se de um coletivo de atores reunidos e dispostos a pesquisar a arte de interpretar, definição que cai feito luva na mão dos artesãos dessa trupe –, Chico Pelúcio, Inês Peixoto, Júlio Maciel, Lídya Del Picchia e Simone Ordones estão em cena para apreciar um eclipse solar quando, como por magia, a porta do espaço em que estão confinados se tranca e eles ficam presos por lá. E nesse ínterim, divagam em temas como fé, pecado , caos, talento etc. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Críticas Tags: , , , , , , , , ,
09/04/2012 - 20:47

Parlapatões abrem o 54º Festival Santista de Teatro

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Parlapatões apresentam "Ridículos Ainda e Sempre"

SANTOS – Entre os dias 13 e 21 de abril, acontece na cidade de Santos, litoral paulista, o Festa 54 (Festival Santista de Teatro). Durante os nove dias de programação, a cidade terá sessões de teatro adulto, teatro infantil, teatro de rua, Mostra Paralela, oficinas, debates, shows e saraus. A abertura será na próxima sexta-feira (13), 20h, no Teatro Municipal Braz Cubas com o espetáculo Ridículos Ainda e Sempre, dos Parlapatões.

Patrícia Galvão, mais conhecida como Pagu, realizou a primeira edição do Festa em 1958 com o objetivo de estimular a cultura na cidade e colocá-la no mapa das artes cênicas do país. O Festa é considerado o festival de teatro mais antigo em atividade do Brasil. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , , , ,
06/04/2012 - 12:26

O Tchekhov filosófico do Grupo Galpão

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes*, do Aplauso Brasil/ iG (michel@aplausobrasil.com)

Grupo Galpão estreia "Eclipse"

CURITIBA – Ano passado, o Grupo Galpão apresentou a estreia nacional de Tio Vânia, de Tchekhov, em montagem delicada e concisa sob direção de Yara de Novaes, e durante a coletiva de imprensa realizada no Festival de Curitiba, um dos atores da trupe mineira, Eduardo Moreira, informou que outro núcleo do Grupo imergia em pesquisas sobre contos do autor russo. Esse estudo, coordenado pelo russo Jurij Alschitz, estreia hoje Eclipse no Festival, que completa o projeto Viagem a Tchekhov, lançado ano passado pelo Galpão.

O núcleo de atores de Eclipse passou por um processo de criação bastante inusitado em que o uso de tecnologias como teleconferências via Skype, protagonizaram a cena com o envio de cartas a Jurij nas quais explanavam os temas que gostariam de abordar no universo tchekhoviano. Inês Peixoto, uma das atrizes desse núcleo, escolheu abordar a infância presente em Tchekhov.

“Embora as peças de Tchekhov não abordem diretamente a infância, mesmo que se saiba que este período para o autor tenha sido de muito sofrimento e pobreza, os contos trazem esse tema, e, mesmo que a predominância final do tema que abordo seja o caos, em alguns trechos e frases do conto que trabalhei com a infância, estão dispostos no meu texto final.”, afirma Inês Peixoto.

Eclipse é uma conjunção  de cinco monólogos baseados em contos tchekhovianos, com dramaturgia e direção de Jurij Alschitz, em que cinco personagens discutem questões filosóficas presentes na obra de Tchekhov, enquanto esperam o final de um eclipse solar. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , ,
04/04/2012 - 17:43

Homenagem a Goethe do Festival de Curitiba ao Auditório Ibirapuera

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes*, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Wagner Antonio, Caetano Vilela e Germano Melo em coletiva de "Licht+Licht"

Com o núcleo paulistano da Cia. De Ópera Seca, o espetáculo Licht+Licht se apresenta, hoje e amanhã, na capital paranaense e dias 11 e 11 de abril, quarta e quinta-feira, em São Paulo

CURITIBA – Com direção de Caetano Vilela, o novo espetáculo do núcleo paulista da Cia. De Ópera Seca, Licht+Licht (Luz, Mais Luz), tem estreia nacional hoje na 21ª edição do Festival de Curitiba e nas próximas quarta (11) e quinta-feira (12) se apresenta no Auditório Ibirapuera que, devido à parceria entre o Itaú Cultural e o Festival, apresentará algumas produções que participaram da Mostra Oficial deste ano.

Em 2012, 180 anos após a morte do escritor alemão Johann Wolfgang von Goethe, o diretor Caetano Vilela concebeu um espetáculo que traz à cena, após o autor suas últimas palavras antes de morrer: “Licht mehr Licht” (Luz, mais Luz), um delírio em que vê seus personagens (Fausto/Mephisto, Werther/Willelm Meister e Margarida/Charlotte) em relações bem diferentes das imaginadas por ele.

O diretor conta que se baseou no ‘romance de formação’ do autor de Fausto, obra-prima de Goethe, pouco lido no Brasil Os Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister para montar o texto e, também, se inspirou no universo operístico que lhe é familiar – além de assinar a iluminação de diversas óperas, ano passado dirigiu La Bohème, de Puccini. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
03/04/2012 - 00:58

Passagem pelo Festival de Curitiba e re-inauguração do Teatro Folha marcam trajetória de Equus

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Equus", de Peter Schafer, direção de Alexandre Reinecke

Clássico do inglês Peter Schaffer fica em cartaz até quarta-feira (4) no Festival d Curitiba  e sexta-feira (6) re-inaugura o Teatro Folha

SÃO PAULO – Após reforma, o Teatro Folha será re-inaugurado nesta sexta-feira (6) com a estreia do espetáculo Equus (até quarta na 21ª edição do Festival de Curitiba. No elenco estão os atores Elias Andreato, Leonardo Miggiorin, Patrícia Gasppar, Jorge Emil, Mara Carvalho, Léo Steinbruch, Gustavo Malheiros, Bruna Thedy e Fernanda Cunha. A peça fez temporada em Campinas e ficará na capital paulista até1º de julho. A direção é de Alexandre Reinecke.

O texto, de Peter Shaffer, é um clássico do teatro mundial. A ideia para a obra surgiu a partir do relato feito por um amigo do autor, que lhe revelou, durante uma viagem que realizavam pela Inglaterra, um fato de repercussão na sociedade local.

O amigo faleceu pouco tempo depois sem relatar o lugar, o tempo ou os protagonistas do fato, mas a história chamou a atenção de Shaffer e este resolveu transformá-la em ficção. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , ,
Voltar ao topo