Publicidade

Publicidade

23/04/2012 - 17:46

T4F traz O Rei Leão em 2013

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (Michel@aplausobrasil.com)

Musical inspirado em filme da Disney estreia em março do ano que vem

SÃO PAULO – Aos inimigos do teatro musical vai um aviso: não adianta mais torcer o nariz, esse gênero é algo a se prestar a atenção, na formação de novos artistas, por se fixar no escasso mercado de trabalho teatral. Prova disso é que a Time For Fun (T4F) anuncia a produção que trará ao Teatro Abril em 2013: a aguardada versão brasileira de O Rei Leão.

Produzido pela Disney Theatrical Productions, a versão musical do desenho homônimo, também da Disney, estreou na Broadway, onde em 1998 conquistou seis prêmios Tony (espécie de Oscar dos musicais), e nesses quinze anos de sucesso e recordes – é o título de maior bilheteria da história da Broadway – alcanço os cinco continentes e 15 montagens por todo o mundo. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias, Multimídia Tags: , , , , , , , , , ,
18/04/2012 - 01:44

Antonio e Bruno Fagundes juntos no teatro

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Jorge Takla assina a direção e cenografia do espetáculo em que pai e filho dividem a cena - foto de João Caldas

SÃO PAULO – Vermelho, de John Logan, sob direção de Jorge Takla, em cartaz no recém-inaugurado Teatro Geo, apresenta o relacionamento profissional de um pintor de talento reconhecido e o seu aprendiz. Em seu ateliê, em Nova York, em 1958, Mark Rothko recebe o seu assistente, Ken. É a primeira cena da peça e, a partir daí, o público é brindado com diálogos inteligentes que colocam em questão as atitudes humanas e a arte.

A peça nos coloca diante de um homem que questiona os próprios valores. Um criador que vê a arte como um meio de levar o espectador ao deslumbre e à reflexão, mas que acaba aceitando uma encomenda de telas para um restaurante, para satisfazer o seu ego e atraído pelo alto valor do cachê.

Rothko é um homem rude e o relacionamento com Ken se restringe ao ambiente de trabalho. Não se sabe se isso acontece por egocentrismo ou medo de se mostrar ao outro, com suas falhas e qualidades.

O relacionamento pintor/aprendiz apresenta, portanto, uma aparente superficialidade, mas a vida dessas pessoas se transforma com a convivência.

Ken obviamente tem a oportunidade de conhecer um dos grandes nomes da pintura e Rothko entra em contato com um espírito crítico, cheio de esperança. É aí que consegue mostrar a sua conduta errônea no caso dos painéis para o restaurante, um lugar que certamente é frequentado por pessoas que não saberão dar às obras o seu verdadeiro valor. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , , , ,
29/03/2012 - 00:59

Antonio Fagundes e seu filho, Bruno Fagundes, estão juntos em Vermelho

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Vermelho" - Foto de Ivan Abujamra

Protagonizada por Antonio Fagundes e por seu filho, Bruno Fagundes, Vermelho tem tradução de Rachel Ripani, figurinos de Fabio Namatame, produção de Antonio Fagundes e Jorge Takla

SÃO PAULO – Marcando a inauguração do Teatro Geo, Vermelho apresenta o encontro com o consagrado artista Mark Rothko e o seu jovem assistente Ken. Dirigida por Jorge Takla, Vermelho, de John Logan (roteirista de A Invenção de Hugo Cabret), estreia na próxima sexta-feira (30), 21h30.

O desejo de montar a peça ocorreu de for ma bastante interessante: Antonio e Bruno se encantaram pelo texto, que conheceram através de amigos e, numa conversa, ao comentarem sobre esse encantamento, descobriram que estavam falando da mesma obra, Vermelho.

A peça se passa entre 1958 e 1959, momento em que o pintor russo naturalizado norte-americano, Mark Rothko, está criando paineis para o restaurante Four Seasons, em Nova York.

Famoso por encabeçar o Expressionismo Abstrato, o artista aceitou a encomenda porque o pagamento oferecido era de grande valor. Para ajudá-lo no trabalho, necessita de um novo assistente. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Matérias Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
26/03/2012 - 23:48

Antonio e Bruno Fagundes juntos em Vermelho

Compartilhe: Twitter

"Vermelho" - Foto Ivan Abujamra

SÃO PAULO – Neste trecho da entrevista coletiva de Vermelho, texto de John Logan sob direção de Jorge Takla, Antonio e Bruno Fagundes falam da coincidência falam da coincidência que levou aos dois interessar-se pelo texto de John Logan e sobre a tradução assinada por Rachel Ripani.

Equipe técnica:

Elenco: Antonio Fagundes e Bruno Fagundes
Direção: Jorge Takla
Texto: John Logan
Tradução: Rachel Ripani
Figurinos: Fábio Namatame
Iluminação: Ney Bonfante
Cenário: Jorge Takla

Serviço

Vermelho
Estreia: 30 de março, às 21h30
Local: Teatro GEO – Rua Coropés, 88 – tel. 3728.4930 – (próximo ao metro Faria Lima) – www.teatrogeo.com.br
Horários: quinta e sábado, às 21h; Sexta, às 21h30 e Domingos, às 18h.
Preços: Plateia R$ 120,00 e Balcão R$ 100,00
Duração: 80 minutos
Classificação Etária: 12 anos
Estacionamento: Valet c/ manobrista = R$ 25,00
Horário de funcionamento da bilheteria: terça, quarta e domingo das 12 às 20h; quinta, sexta e sábado, das 12 às 21h. As vendas para o espetáculo do dia serão encerradas 15 minutos antes do início do espetáculo.
<a href="“>

Autor: - Categoria(s): Multimídia Tags: , , , , , , , ,
Voltar ao topo