Publicidade

Publicidade

24/09/2012 - 19:04

Eclipse, do Grupo Galpão, estreia no SESC Vila Mariana

Compartilhe: Twitter

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (nanda@aplausobrasil.com)

"Eclipse" - Credito Bianca Aun

SÃO PAULO – Depois de finalizar as apresentações dos espetáculos Till, a saga de um herói torto, Romeu e Julieta e Tio Vânia, aos que vierem depois de nós, o Grupo Galpão estreia o inédito, na capital paulista, Eclipse na próxima quinta-feira (27), no Teatro do SESC Vila Mariana.

O diretor Jurij Alschitz assina a direção, dramaturgia, cenografia e figurinos. Olga Lapina é a responsável pela preparação vocal e assistência de direção. Diego Bagagal faz a assistência de direção e figurinos. Ernani Maletta, parceiro do Grupo Galpão em diversos projetos, assina a direção musical e arranjos. A iluminação é de Chico Pelúcio e Bruno Cerezoli.

"Eclipse" - Credito Bianca Aun

A temporada paulistana, que teve início em 28 de julho, com a apresentação de Romeu e Julieta, no Parque da Juventude, faz parte das comemorações dos 30 anos do Galpão e conta com o apoio do SESC, o qual viabilizou a vinda do grupo com trabalhos de representatividade na sua trajetória.

Eclipse é a segunda montagem do Galpão baseada na obra de Antón Chékhov. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, DESTAQUE, Matérias, MICHEL FERNANDES RECOMENDA Tags: , , , , , , , ,
06/04/2012 - 12:26

O Tchekhov filosófico do Grupo Galpão

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes*, do Aplauso Brasil/ iG (michel@aplausobrasil.com)

Grupo Galpão estreia "Eclipse"

CURITIBA – Ano passado, o Grupo Galpão apresentou a estreia nacional de Tio Vânia, de Tchekhov, em montagem delicada e concisa sob direção de Yara de Novaes, e durante a coletiva de imprensa realizada no Festival de Curitiba, um dos atores da trupe mineira, Eduardo Moreira, informou que outro núcleo do Grupo imergia em pesquisas sobre contos do autor russo. Esse estudo, coordenado pelo russo Jurij Alschitz, estreia hoje Eclipse no Festival, que completa o projeto Viagem a Tchekhov, lançado ano passado pelo Galpão.

O núcleo de atores de Eclipse passou por um processo de criação bastante inusitado em que o uso de tecnologias como teleconferências via Skype, protagonizaram a cena com o envio de cartas a Jurij nas quais explanavam os temas que gostariam de abordar no universo tchekhoviano. Inês Peixoto, uma das atrizes desse núcleo, escolheu abordar a infância presente em Tchekhov.

“Embora as peças de Tchekhov não abordem diretamente a infância, mesmo que se saiba que este período para o autor tenha sido de muito sofrimento e pobreza, os contos trazem esse tema, e, mesmo que a predominância final do tema que abordo seja o caos, em alguns trechos e frases do conto que trabalhei com a infância, estão dispostos no meu texto final.”, afirma Inês Peixoto.

Eclipse é uma conjunção  de cinco monólogos baseados em contos tchekhovianos, com dramaturgia e direção de Jurij Alschitz, em que cinco personagens discutem questões filosóficas presentes na obra de Tchekhov, enquanto esperam o final de um eclipse solar. Leia mais »

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , , , , ,
Voltar ao topo