Publicidade

Publicidade

25/08/2012 - 10:53

Livro registra a trajetória do Grupo LUME de teatro

Compartilhe: Twitter

0Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

SÃO PAULO – O Grupo Lume, que está em cartaz em São Paulo com o espetáculo Os Bem-Intencionados, lança o livro Lume Teatro 25 anos, na próxima terça-feira (4), às 18h30, na Livraria Cultura, do Conjunto Nacional.

O livro apresenta histórias,fotos e depoimentos que recuperam momentos importantes da carreira teatral do Lume.

Para marcar a data, além da noite de autógrafos, os sete atores do grupo circularão pela livraria encenando trechos do espetáculo Parada de Rua, que desde 1997 viaja pelo Brasil e já passou por diversos países, como Bolívia, México, Estados Unidos, França, Itália, Dinamarca, Noruega, Israel e Egito.

Sobre o Lume:

Foi fundado em 1985, por Luís Otávio Burnier, Carlos Simioni e Denise Garcia. O grupo, um dos mais reconhecidos centros de pesquisa teatral do Brasil, é vinculado à Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e desenvolve pesquisasfocadas no trabalho do ator, sua técnica e sua arte.

Cria montagens em espaços não convencionais e transmite seus métodos de treinamento físico e vocal através de oficinas, demonstrações de trabalho e projetos de intercâmbio.

Integrantes: Ana Cristina Colla, Carlos Simioni, Jesser de Souza, Naomi Silman, Raquel Scotti Hirson, Renato Ferracini e Ricardo Puccetti.

Serviço:

Lançamento do livro Lume Teatro 25 anos

Dia 04 de setembro (terça-feira), às 18h30

Livraria Cultura – Loja de Artes – Conjunto Nacional

Av. Paulista, 2.073 – São Paulo – SP – Fone: (11) 3170-4033

Preço: R$ 40,00 (na Editora e nas livrarias) e R$ 35,00 (na sede do LUME. fone: 19.3289-9869).

Sites: http://www.editora.unicamp.br/lume-teatro.html e http://www.lumeteatro.com.br

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Notas e Oportunidades Tags: ,
09/09/2010 - 15:25

Três preciosos livros sobre artes são lançados hoje na Funarte SP

Compartilhe: Twitter

EMichel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Capa do livro "Batalha da Quimera"

A Edições Funarte se coloca, mais uma vez, a favor da publicação e divulgação de reflexões e registro sobre o mais instigante do ideário artístico e, integrando o Circuito Interações Estéticas, lança hoje, a partir das 18h, três preciosos volumes, na área de convivência do Complexo Cultural Funarte São Paulo.

As publicações contemplam as artes cênicas (teatro adulto, dança e teatro infantil) em obras com abordagens e personagens distintos: Batalha da Quimera, de Sebastião Milaré (sobre a trajetória do dramaturgo Renato Vianna), Angel Vianna – sistema, método ou técnica?, organizado por Suzana Saldanha (ensaios de profissionais de várias áreas sobre o trabalho da bailarina, coreógrafa e pesquisadora; com a presença de ambas na noite de autógrafos), e I Catálogo Livre do Teatro Infantil de Karen Acioly (registro da história do teatro infantil brasileiro, sob a ótica de quem faz).

Capa do livro sobre Angel Vianna

A programação completa do Circuito Interações Estéticas – que acontece entre os dias 9 e 12 de setembro, das 9h30 às 22h, na Funarte São Paulo – está disponível no site www.funarte.gov.br.

Cabe um breve parênteses sobre a obra de Sebastião Milaré sobre Renato Vianna que, mesmo antes da geração TBC receber o título de precursora na inserção do teatro brasileiro na era Moderna, Vianna já realizava um tipo diferente daquele comum ao teatro nacional, centrado na figura de um grande ator (Procópio Ferreira, João Caetano, Dulcina de Moraes etc.). Certamente, Batalha da Quimera exigirá uma revisão na história do teatro brasileiro.

Capa do "I Catálogo Livre do Teatro Infantil"

Autor: - Categoria(s): Dança, Música e Cinema Tags: , , , , , ,
28/09/2009 - 06:49

Esse Tolentino do TAPA e suas crias incansáveis

Compartilhe: Twitter

Afonso Gentil, especial para o Aplauso Brasil (afonsogentil@aplausobrasil.com)  

 

Grupo Gattu apresenta <i>Doroteia</i>

Grupo Gattu apresenta Doroteia

 

Antes de ocupar-nos com as montagens de Doroteia , pelo Grupo Gattu. e de O Livro dos Monstros Guardados, pelo Núcleo Experimental, vale lembrar o quanto o teatro paulista deve, qualitativamente, ao diretor (carioca, pois é!) Eduardo Tolentino de Araújo, desde quando o Grupo TAPA (carioca, pois é!) por aqui aportou, sediando-se no Teatro Aliança Francesa.

Foram anos e anos de sucessivas montagens de grandes autores, nossos ou estrangeiros, obedecendo a um padrão estético rigoroso, que une a preocupação, digamos, apolínia do uso da cena, com decidido comprometimento social-político.

 Se boa parcela do público só tardiamente descobriu o TAPA, só agora lotando as platéias de qualquer canto da cidade, nós, da crítica, sempre estivemos atentos em reconhecer-lhe o mérito, cobrindo-o, em sua já longa trajetória, com incontáveis  troféus.

 A convivência de muitos jovens atores com os métodos conceptivos de Tolentino criou uma nova geração de diretores, conscientes, todos, da total entrega dos seus talentos para atingir a excelência do resultado. Basta lembrar os vigorosos espetáculos engendrados por André Garolli, Denise Weinberg e Brian Penido Ross, em diferentes grupos, aos quais juntam-se os nomes de Zé Henrique de Paula e Eloísa Vitz merecendo a atenção de todos, crítica e público.

      

Autor: - Categoria(s): Colaboradores, Críticas Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
22/09/2009 - 14:55

Cooperativa Paulista de Teatro comemora 30 anos e lança livro

Compartilhe: Twitter

Michel Fernandes, especial para o Último Segundo (michel@aplausobrasil.com)

 

Capa do livro de 30 anos da Cooperativa de Teatro

Capa do livro de 30 anos da Cooperativa de Teatro

 

Instituição apontada por muitos como exemplar, a Cooperativa Paulista de Teatro comemora suas três décadas como festival Teatro Nos Parques e o lançamento de um livro sobre seus 30 anos de atividades. Escrito por Alexandre Mate, Trinta anos da Cooperativa Paulista de Teatro: uma história de tantos (ou mais quantos, sempre juntos) trabalhadores fazedores de teatro, tem lançamento oficial nesta quarta (23), 19h30, no SESC Pinheiros.

 

 

As atrizes Bete Dorgam e Dani Biu serão as mestres de cerimônias do lançamento que, além do autor do livro, terá a presença dos atores Paulo Betti, Ney Piaccentini e Luiz Amorim, entre outros, além de performances da Nau de Ícaros, Caixa de Imagens e As Meninas do Conto.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre o evento.

 

Trinta anos da Cooperativa Paulista de Teatro
Dia: 23/09 • Quarta, às 19h30
Local: Sala de Leitura, 2º andar.
Vagas: 200
Livre para todos os públicos
Retirada de ingressos pelo sistema INGRESSOSESC – em todas as unidades do SESC a partir do dia 1º de setembro.
Grátis.

 
SESC Pinheiros
Endereço: Rua Paes Leme, 195
Horário de funcionamento da Unidade – Terças a sextas, das 13 às 22 h. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 19h.
Tel. para informações: 11 3095.9400
ESTACIONAMENTO – COM MANOBRISTA – VAGAS LIMITADAS – Veículos, motos e bicicletas – Terças a sextas, das 7h às 22h; Sábados, domingos e feriados, das 10h às 19h. Taxas: Matriculados no SESC: R$ 5,00 as três primeiras horas e R$0,50 – a cada hora adicional // Não matriculados no SESC: R$7,00 as três primeiras horas e R$1,00 – a cada hora adicional. Informações sobre outras programações ligue 0800 118220 ou consulte o site: www.sescsp.org.br

 

Autor: - Categoria(s): Matérias Tags: , , , , , ,
Voltar ao topo